Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Jardim zoológico japonês pede desculpa por ter chamado Charlotte…a um macaco

  • 333

Os responsáveis do parque afirmam que o nome resultou de uma votação feita pelo público. Mas Charlotte há só uma: a princesa de Inglaterra e mais nenhuma.

O Parque Selvagem de Macacos Monte Takasaki viu-se forçado a pedir desculpa depois da onda de indignação gerada em torno do nome escolhido para uma nova cria de macaco. Foram várias as pessoas que consideraram insultuoso e desrespeitoso o facto de haver um macaco com o mesmo nome da nova princesa de Cambridge.

“Pedimos desculpa pelos incómodos causados com a escolha do nome da cria”, pode ler-se num comunicado publicado no site oficial da entidade. “Levamos estas opiniões a sério”, acrescentam afirmando que não receberam qualquer tipo de queixa por parte de cidadãos britânicos.

O nome da nova cria do jardim zoológico foi escolhido através de uma votação em que coube ao público o papel de decidir. Charlotte não tinha, até ao dia do nascimento da Princesa, conseguido um único voto, tornando-se popular assim que a Casa Real Britânica anunciou o nome do novo membro da família real.

O público escolheu e o funcionário do parque anunciou o nome da nova cria, na quarta-feira, longe de imaginar a indignação que viria a causar. No dia seguinte, chegaram ao Jardim Zoológico de Takasakiyama mais de 300 queixas por telefone e email, condenando a escolha do nome dado ao novo macaco.

A direção do Jardim Zoológico Natural Takasakiyama, um famoso destino turístico onde os visitantes podem alimentar macacos selvagens que vivem na área, já pediu desculpa e fez saber que a cria receberá em breve um novo nome.