Siga-nos

Perfil

Expresso

projeto saude 2025

Diretamente do coração para o smartphone

  • 333

INFORMAÇÃO: Objetivo é que a aplicação funcione como um diário digital de indicadores físicos

D.R.

Os mais recentes dispositivos da Samsung incluem um sensor para medir o batimento cardíaco a partir da app de saúde SHealth.

Pensar que o seu telemóvel poderia tornar-se um centro de análise de indicadores de saúde era impensável há uns anos, mas é agora uma das principais tendências das mudanças no campo da análise médica. Veja-se o caso do sensor que a Samsung incluiu nos seus dispositivos móveis recentes para medir batimentos cardíacos. Ter utilizadores mais conscientes é o objetivo.

A ferramenta insere-se na app SHealth, que a empresa tem vindo a disponibilizar no sistema operativo Android. "Da mesma forma que consultamos o boletim meteorológico antes de sairmos de casa, para nos prepararmos para o dia e sabermos se devemos levar o guarda-chuva ou os óculos de sol, esta aplicação ajuda-nos a fazer as melhores opções para atingirmos os objectivos a que nos propomos", explica Jorge Fiens, do Corporate Marketing da tecnológica.

O objetivo é criar um agregador de informação sobre o nosso bem-estar e exercício físico que inclua os mais diversos dados e indicadores para dar mais poder de decisão ao utilizador, com toda a minúcia.

"Podemos medir o nível de stresse, a quantidade de oxigénio no sangue, contar os passos que damos ao longo do dia ou inserir dados relativos às calorias dos alimentos e bebidas que ingerimos, chegando mesmo ao detalhe de selecionar alimentos de marcas específicas, disponíveis em Portugal", revela o responsável da Samsung.

Juntar dados para a Saúde 

A empresa mostra-se muito satisfeita com o feedback que a aplicação SHealth tem recebido e a crença é que recorrer a este diário digital de indicadores físicos se torne um hábito e que continue a ganhar novos utilizadores.

Um dos campos dessa expansão é em Portugal, onde Jorge Fiens revela que foi assinado recentemente um "protocolo com os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, com o objectivo de identificar áreas em que os equipamentos móveis da Samsung possam ajudar na agregação de dados sobre os utentes passíveis de serem usados para benefício dos mesmos."

Atualmente, a app já se encontra disponível em mais de 70 idiomas e o trabalho continua para aumentar ainda mais as suas potencialidades.

Conheça os grandes exemplos de inovação tecnológica na rubrica Estetoscópio todos os dias, no Expresso Diário e Online, até 22 de maio.