Siga-nos

Perfil

Expresso

Pensar o País com Música de Fundo

1 ideia para compor o país: pois os tempos estão a mudar

  • 333

Ana Baião

Carlos Moedas é a 19ª personalidade da  Gestão, da Política e da Música que hoje responde à questão: que ideia tem para compor o país? Conheça a reflexão do comissário europeu da Investigação, Ciência e Inovação nesta rubrica do projeto Pensar o País com Música de Fundo, do Expresso e do Deutsche Bank, que pode acompanhar no site.

"Escrita por Bob Dylan no início da década de sessenta, "The Times They Are A-changing" tornou-se rapidamente num hino de contestação à ordem estabelecida nos Estados Unidos.

Dylan apela à união dos cidadãos antes que seja tarde, aconselhando a "começar a nadar antes que se afundem como uma pedra". Dirige-se aos decisores políticos para que não rejeitem as mudanças positivas e aos pais, para que não critiquem os filhos que lutam pelas liberdades. 

"For the times they are a-changing": ouvi esta frase numa conferência que assisti quando estava no governo. Era de facto relevante para o momento por que Portugal passava. A crise obrigou todos os Portugueses a mudanças dramáticas e urgentes. Atravessámos um longo e doloroso processo que pôs à prova a determinação dos portugueses e a capacidade reformista dos decisores políticos e dos nossos empresários. Por via de grandes sacrifícios, Portugal recuperou a sua credibilidade, completou o programa de ajustamento e retomou o crescimento.

Nos momentos em que a crise parecia interminável, em que todos os comentadores sabiam de ciência certa que teríamos um segundo resgate, em que de fora se olhava com desdém para Portugal – nesses momentos lembrava-me desta música. Pois acreditava que os tempos eram efetivamente de mudança e que como tal conseguiríamos sair da crise. Acreditava que a nossa multi-secular História de adversidades mostrava a capacidade de lidar com as crises. Acreditava que as crises são passageiras e que se hoje estávamos mal, e outros países bem, no futuro, poderíamos estar bem e outros países mal

Como dizia Dylan, "the slow one now will later be fast". 

Esta música continua comigo. Porque se há esperança na mudança, a mudança tem que ser contínua e positiva. Não pode haver complacência – o esforço reformador na Europa deve continuar "as the present now will later be past"."

  • 1 ideia para compor o país: Allegro e a Alegria de fazer avançar Portugal

    Mário Ferreira, CEO da Douro Azul, é o primeiro de trinta personalidades da Gestão, da Política e da Música que o Expresso convidou para responderem à questão: Que ideia tem para compor o país? Uma rubrica do projeto Pensar o País com Música de Fundo, do Expresso e do Deutsche Bank, que pode acompanhar no nosso site.

  • 1 ideia para compor o país: deixemo-nos embalar pela possibilidade de alternativas

    Gabriela Canavilhas é a terceira das 30 personalidades da Gestão, da Política e da Música que o Expresso convidou para responderem à questão: Que ideia tem para compor o país? Conheça a reflexão deputada e pianista, numa rubrica do projeto Pensar o País com Música de Fundo, do Expresso e do Deutsche Bank, que pode acompanhar no nosso site.

  • 1 ideia para compor o país: nem o silêncio se ouve

    Luís Represas é o quarto entre as 30 personalidades da Gestão, da Política e da Música que o Expresso convidou para responderem à questão: Que ideia tem para compor o país? Conheça a reflexão do músico, numa rubrica do projeto Pensar o País com Música de Fundo, do Expresso e do Deutsche Bank, que pode acompanhar no nosso site.

  • 1 ideia para compor o país: precisamos de “animar a malta”

    António Chainho é a quinta de 30 personalidades da Gestão, da Política e da Música que o Expresso convidou para responderem à questão: Que ideia tem para compor o país? Conheça a reflexão do virtuoso da guitarra portuguesa, numa rubrica do projeto Pensar o País com Música de Fundo, do Expresso e do Deutsche Bank, que pode acompanhar no nosso site.

  • 1 ideia para compor o país: não aceitar para Portugal nada menos do que merecemos

    Alexandre Soares dos Santos é a mais recente das 30 personalidades da Gestão, da Política e da Música que o Expresso convidou para responderem à questão: Que ideia tem para compor o país? Conheça a reflexão do gestor, numa rubrica do projeto Pensar o País com Música de Fundo, do Expresso e do Deutsche Bank, que pode acompanhar no nosso site.

  • 1 ideia para compor o país: a magia da música e das plataformas digitais

    DJ Ride é a sétima das 30 personalidades da Gestão, da Política e da Música que o Expresso convidou para responderem à questão: Que ideia tem para compor o país? Conheça a reflexão nesta rubrica do projeto Pensar o País com Música de Fundo, do Expresso e do Deutsche Bank, que pode acompanhar no nosso site.

  • 1 ideia para compor o país: o canto das sereias loucas

    Fernando Ribeiro é a mais recente das personalidades da Gestão, da Política e da Música que o Expresso convidou para responderem à questão: Que ideia tem para compor o país? Conheça a reflexão do vocalista dos Moonspell, nesta rubrica do projeto Pensar o País com Música de Fundo, do Expresso e do Deutsche Bank, que pode acompanhar no nosso site.

  • 1 ideia para compor o país: já chegámos ao refrão?

    Noiserv, vulgo David Santos, é a nona das 30 personalidades da Gestão, da Política e da Música que o Expresso convidou para responderem à questão: Que ideia tem para compor o país? Conheça a reflexão do músico, nesta rubrica do projeto Pensar o País com Música de Fundo, do Expresso e do Deutsche Bank, que pode acompanhar no nosso site.

  • 1 ideia para compor o país: combater o medo resgatando a identidade

    Miguel Velez é a décima personalidade da Gestão, da Política e da Música que o Expresso convidou para responderem à questão: Que ideia tem para compor o país? Conheça a reflexão do administrador das Pousadas de Portugal, nesta rubrica do projeto Pensar o País com Música de Fundo, do Expresso e do Deutsche Bank, que pode acompanhar no nosso site.

  • 1 ideia para compor o país: construir mudanças mudando de opções

    O líder parlamentar do PCP, João Oliveira, é o 11º de 30 personalidade da Gestão, da Política e da Música que o Expresso convidou para responderem à questão: Que ideia tem para compor o país? Conheça a reflexão do político, nesta rubrica do projeto Pensar o País com Música de Fundo, do Expresso e do Deutsche Bank, que pode acompanhar no nosso site.

  • 1 ideia para compor o país: estratégia de longo prazo

    Bernardo Meyrelles é a 12ª personalidade da Gestão, da Política e da Música que o Expresso convidou para responderem à questão: Que ideia tem para compor o país? Conheça a reflexão do presidente do Deutsche Bank em Portugal e da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã, nesta rubrica do projeto Pensar o País com Música de Fundo, do Expresso e do Deutsche Bank, que pode acompanhar no nosso site.

  • 1 ideia para compor o país: que os melhores deem o seu melhor por Portugal

    O presidente da WeDo Technologies, Rui Paiva, é o 13.º de 30 personalidades da Gestão, da Política e da Música que o Expresso convidou para responderem à questão: Que ideia tem para compor o país? Conheça a reflexão do gestor, nesta rubrica do projeto Pensar o País com Música de Fundo, do Expresso e do Deutsche Bank, que pode acompanhar no nosso site.

  • 1 ideia para compor o país: é realmente maçador mas é totalmente previsível

    António Pinto Leite é a 14ª personalidade da Gestão, da Política e da Música que o Expresso convidou para responderem à questão: que ideia tem para compor o país? Conheça a reflexão do advogado e coordenador do departamento de contencioso e arbitragem na Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados, nesta rubrica do projeto Pensar o País com Música de Fundo, do Expresso e do Deutsche Bank, que pode acompanhar no nosso site.

  • 1 ideia para compor o país: a volatilidade do ritmo de vida

    Valete é a 15ª figura da  Gestão, da Política e da Música que o Expresso convidou para respondere à questão: que ideia tem para compor o país? Conheça a reflexão do rapper, nesta rubrica do projeto Pensar o País com Música de Fundo, do Expresso e do Deutsche Bank, que pode acompanhar no nosso site.

  • 1 ideia para compor o país: apaixonarmo-nos por Portugal

    A diretora geral da Mary Kay Portugal, Sandra Silva, é a figura da  Gestão, da Política e da Música que hoje responde à questão: que ideia tem para compor o país? Conheça a reflexão da gestora, nesta rubrica do projeto Pensar o País com Música de Fundo, do Expresso e do Deutsche Bank, que pode acompanhar no nosso site.