Siga-nos

Perfil

Expresso

Nova Agricultura

Kiwis bebés que se portam como 'fruto grande'

Em termos nutricionais, os kiwis bebés não ficam atrás dos normais

IROZ GAIZKA

Não são ainda muito conhecidos em Portugal, mas a Mini-Kiwi Land quer mudar essa realidade e tornar os kiwis bebés nos preferidos dos portugueses. Para já produzem para fora

Rubina Freitas

"Não tem pelos, não é ácido, pesa entre 10 e 20 gramas, é todo comestível e ninguém o rejeita". A descrição de fazer crescer água na boca é de José Machado, o impulsionador da produção de baby kiwi em Portugal.

Apesar de ter origens ligadas à agricultura, até há pouco tempo só produzia vinho, como hobby. A vida profissional foi toda no setor dos combustíveis. Mas um dia começou a pensar que seria boa ideia investir num projeto agrícola. Inclinou-se para mirtilos, mas não conseguiu terreno. Travou conhecimento com engenheiros agrónomos fora de portas e foi assim que conheceu o fruto, ao qual não poupa elogios. Mandou vir seis variedades e adorou. Em 2012 fez a primeira plantação a título experimental, com 200 plantas, em Famalicão. "Ao ver o vigor das plantas, percebi que era esse o caminho", recorda. E porquê? "Foi também a pensar no futuro dos meus filhos, um deles seguiu Agronomia está agora a terminar o curso e a minha filha enveredou agora pela Nutrição", conta.

Em 2013, adquiriu o primeiro hectare de terreno e arrancou com uma plantação a sério. E não podia ter corrido melhor. "Este ano conto colher entre três a quatro toneladas", revela. "É bastante bom, tendo em conta que é o terceiro ano", resume.

Para já ainda não há procura no mercado interno e vai tudo para exportação. Criou uma página no Facebook, a Mini-Kiwi Land, para tentar atrair outros produtores da zona de Braga. "Juntei-me a um grupo e fizemos uma parceria com uma empresa alemã", revela. Mas também tem alternativa para o excedente através de transformação artesanal em licores, xaropes e compotas. "É um fruto único e viciante", elogia.

Garante ainda que em termos nutricionais não fica aquém dos kiwis normais. "Tem ainda mais nutrientes", assegura, citando estudos norte-americanos. Para prová-lo, José Machado também pediu testes ao kiwis produzidos na sua plantação, cujos resultados aguarda. O sonho é ver o fruto mais conhecido e nas prateleiras dos estabelecimentos comerciais portugueses.

Até 26 de julho de 2016, acompanhe de segunda a sexta um caso nacional de inovação agrícola, com o apoio do Prémio Produção Nacional, um projeto do Expresso e do Intermarché