Siga-nos

Perfil

Expresso

Mês do Ambiente 2015

Ideias Verdes: Espanha restringe emissão de carbono na capital

  • 333

RESTRIÇÕES: há uma semana os condutores foram obrigados a cumprir limites de velocidade entre os 70 e os 90 km/h nas principais vias de acesso a Madrid

Gonzalo Arroyo Moreno

Madrid impôs um plano extraordinário de controlo da circulação automóvel para enfrentar o pior período da cidade em poluição do ar. Agora discute-se o alargamento dessas medidas

Segunda-feira podia ter sido o que muitos consideravam o dia D da luta contra as emissões de carbono na capital espanhola. Ou os níveis de dióxido de carbono baixavam em Madrid ou tinha que se ativar o protocolo de contaminação, que prevê duras restrições à poluição do ar.

Graças ao trabalho dos madrilenos, reconhecido pela Câmara de Madrid, conseguiu-se minorar os efeitos do pior período da cidade no que diz respeito à poluição do ar. Além da poluição ′normal′ da cidade, os grandes problemas têm sido as condições meteorológicas e a falta de vento, que eleva os níveis de dióxido de nitrogénio.

Madrid sobreviveu à segunda-feira, depois de quinta e sexta-feira passadas os condutores terem sido obrigados a cumprir limites de velocidade entre os 70 e os 90 km/h nas principais vias de acesso à cidade. Os automobilistas foram ainda proibidos de estacionar os carros no centro e aconselhados a trocar as os seus automóveis pelos transportes públicos, apelo a que responderam em massa.

Para já manter-se-ão para proteção do ambiente e da qualidade do ar, os limites de velocidade nos acessos à cidade e os apelos para uso dos transportes públicos. Contudo esta semana continuará a ser de testes e de controlo, estando em cima da mesa a possível aplicação de mais medidas verdes.

Em novembro, de segunda a sexta, o Expresso Diário traz-lhe ideias para preservar o ambiente