Siga-nos

Perfil

Expresso

Mês da Energia

Exército brasileiro ajuda na segurança… energética

  • 333

O exército brasileiro e a Fundação Parque Tecnológico de Itaipu uniramm-se para levar energia a uma comunidade isolada da Amazónia

Mario Tama

Numa rápida associação de palavras não será difícil perceber a ligação entre exército, segurança e energia. A partir deste ano o exército brasileiro mudou esta analogia sendo a segurança energética e a energia renovável

A partir de abril deste ano o exército brasileiro e a Fundação Parque Tecnológico de Itaipu unem-se para levar energia a uma comunidade isolada da Amazónia através de um sistema de geração e armazenamento de energia. Este projeto conjunto traduz-se num grande avanço nos estudos de utilização de fontes de energia renováveis.

É expectável que este projeto piloto seja replicado em várias comunidades isoladas do país. A partir do quartel general de Brasília, um sistema de armazenamento híbrido fornece energia para um eletroposto. No total foram instalados 360 painéis fotovoltaicos conectados a seis inversores solares com potência total de 90 Kw, também ligados a um inversor híbrido com potencia de 125 Kw.

Esta operação com elevada autonomia e muito económica será, por fim, ligada à rede elétrica e a baterias que fazem a gestão energética do sistema. No total as doze baterias de sódio, que usam energia solar, terão capacidade para acumular 282 kW/h. A utilização deste tipo de baterias é uma solução extremamente segura principalmente pela sua imunidade à variação de temperatura evitando, desta forma, incêndios ou explosões.

  • O sol gira mesmo à nossa volta

    No arranque do Mês da Energia, conheça a Cooperativa Coopérnico, uma comunidade que investe em energias renováveis para integrar na rede elétrica. Estão nomeados para os prémios europeus e fornecem energia equivalente à que é gasta por 130 famílias

  • O aeroporto que é uma cidade que nunca dorme

    África do Sul está a desenvolver esforços para se tornar na nação amarela, vermelha ou laranja dependendo da cor do sol. Já há um aeroporto que está quase a ser movido 100% a energia solar e o objetivo é que até 2018 haja três a funcionar

  • As histórias que dão luz

    Conheça o Mês da Energia, o projeto do Expresso e da EDP que dá a conhecer o que de melhor se faz com recursos energéticos em Portugal e no mundo

  • Vinho quente

    Na fronteira entre o Brasil e o Uruguai, uma herdade de 270 mil hectares faz toda a sua produção de vinha através de energia solar

  • A energia de Bill

    A inovação não se faz sem investimento nem pesquisa e, depois de trazer ao mundo a Microsoft, Bill Gates aposta na energia de fissão nuclear. O presidente da TerraPower espera que em 2030 já haja energia a ser produzida desta forma

  • Nas renováveis, a Índia já não está em desenvolvimento

    Em muitos assuntos, a Índia é caracterizada como país em desenvolvimento mas a definição torna-se incompatível com os esforços energéticos que o país asiático tem feito e que o estão a transformar num autêntico laboratório energético a céu aberto

  • O Sol quando nasce é para todos

    Aproveitar o melhor dos dois mundos, aquilo que sempre disseram ser impossível, torna-se agora a inspiração para o objeto fetiche daqueles que se querem libertar das energias fósseis