Siga-nos

Perfil

Expresso

Testemunhos

Mário Vaz, presidente da Vodafone

  • 333

Alberto Frias

"Programa 2020 será, sem dúvida, pela sua abrangência e pela sua expressão, um importantíssimo catalisador para o crescimento económico continuado a que todos aspiramos – e as PME estão na primeira linha para o fazer acontecer"

"De acordo com os dados oficiais, a economia portuguesa já cresceu 0,9% em 2014, apontando as previsões para que em 2015 se venha a verificar um crescimento ainda mais expressivo – sendo o tecido empresarial português constituído, na sua esmagadora maioria, por PMEs, a visão prospetiva sobre os negócios e as em PME em Portugal tem necessariamente que ser positiva.

E, na verdade, por dois motivos: porque em larga medida às PME se deve a retoma conseguida e porque dessa mesma retoma poderão agora beneficiar, estimulando-a ainda mais.

Foi o esforço de concentração dos agentes económicos – predominantemente PME – em actividades de maior valor acrescentado, bem como o incremento da actividade de exportação daquelas entidades que para isso estavam vocacionadas, que permitiu à economia como um todo apresentar os resultados referidos. E será também com a manutenção desta dinâmica transformadora, adoptando novas metodologias, tirando partido das tecnologias disponíveis para alterar significativamente a sua forma de operar, beneficiando da optimização de processos ou da capacidade de ganhar escala e endereçar novos mercados, que darão novos passos em frente.

Nos últimos anos a necessidade foi sentida e a dinâmica foi criada. Os meios estão disponíveis e o enquadramento é favorável – quer porque todas as ferramentas necessárias a uma modernização eficaz e ao correspondente aumento de competitividade estão facilmente acessíveis, nomeadamente no que diz respeito às tecnologias de informática e telecomunicações, peças-chave para uma maior digitalização e aceleração de crescimento, quer porque as eventuais barreiras decorrentes de um menor conhecimento das oportunidades daí resultantes serão fortemente reduzidas com o lançamento progressivo do conjunto de iniciativas do Programa Portugal 2020.

Cobrindo áreas como as de capital humano, competitividade e Internacionalização, inclusão social e emprego e utilização eficaz e sustentável de recursos, este programa será, sem dúvida, pela sua abrangência e pela sua expressão, um importantíssimo catalisador para o crescimento económico continuado a que todos aspiramos – e as PME estão na primeira linha para o fazer acontecer.

Em suma, estão presentes todos os ingredientes para que não sejam apenas dados passos em frente mas sim para que sejam dados verdadeiros saltos em frente!"