Siga-nos

Perfil

Entrepreneur Of The Year

Entrepreneur Of The Year

Quem é Murad Al-Katib, o milionário das lentilhas

Em 15 anos, Al-Katib completou 17 aquisições e passou a empregar mais de 2000 pessoas em todo o mundo

Empresário do Canadá foi o Empreendedor do Ano de 2017. Em junho, será conhecido o sucessor do homem que criou na garagem de sua casa a empresa que se transformaria na AGT, uma das maiores fornecedoras de produtos alimentares do mundo

Rute Barbedo

Presidente executivo da AGT Food and Ingredients, Murad Al-Katib foi distinguido em 2016 como Empreendedor do Ano no Canadá e, este ano, pisou o palco de Monte Carlo, no Mónaco, para arrecadar a distinção máxima de empreendedorismo da EY ao nível internacional. 2017 foi também o ano em que recebeu o Prémio de Negócios para a Paz de Oslo, um título partilhado com Elon Musk e Durreen Shahnaz.

Mas qual foi a proeza deste homem? Filho de imigrantes turcos no Canadá, Al-Katib começou por criar na garagem de sua casa, no Canadá rural (em Regina), a SaskCan Pulse Trading, que haveria mais tarde de tornar-se na AGT, uma das maiores – e milionárias – fornecedoras de produtos alimentares do mundo. Mas não foram apenas os dólares que contaram na apreciação do júri que, este ano, elevou Al-Katib à figura de Empreendedor do Ano. O desenvolvimento de modelos de agricultura sustentável – dando protagonismo à proteína vegetal em detrimento da carne – foi utilizado não só com fins comerciais mas também para alimentar milhões de refugiados afetados pela crise síria. Para o canadiano, “uma causa social não é apenas importante para um negócio; é essencial”, declarou este ano em Monte Carlo, na cerimónia de atribuição do prémio EY Empreendedor do Ano.

O empresário soube como capitalizar a crescente procura de proteína pelo mercado global, construindo um processador de lentilhas, grão-de-bico, ervilhas e feijões (e mantendo o seu valor nutricional integral) que o colocou na linha da frente da produção de leguminosas. A AGT é hoje responsável por cerca de 20% do comércio mundial de lentilhas e tem crescido 100 milhões de dólares ao ano (em receita). Em 15 anos, Al-Katib completou 17 aquisições e passou a empregar mais de 2000 pessoas em todo o mundo.

Apesar da fasquia elevada do painel finalistas do Prémio EY Empreendedor do Ano (eram 59 gestores de 49 países), o presidente do júri, Jim Nixon (da Nixon Energy Investments), não teve dúvidas em qualificar Al-Katib como um “empreendedor incrível que demonstrou uma criação de valor excecional, alcance organizacional e expansão”.