Siga-nos

Perfil

Expresso

Quem Somos

Energia de Portugal: o que somos? Uma fábrica de novas empresas

  • 333

Saiba porque o projeto do Expresso e da EDP é mais do que um concurso de ideias

O projeto Energia de Portugal (EdP) é uma iniciativa conjunta do Expresso e da EDP. Nasceu em 2012 com a missão de promover a veia empreendedora dos portugueses, ajudando-os a criar negócios. É um programa de aceleração de startups que estão na fase inicial de implementação da sua ideia de negócio.

Durante dois anos, a iniciativa desmistificou as dificuldades inerentes ao lançamento de empresas em Portugal. Nesta edição 2015, além de promover o empreendedorismo no país, o objetivo é reforçar o alcance do Energia de Portugal aos mercados internacionais, com uma aposta ainda maior no Brasil, após o sucesso do alargamento no ano passado, em que a China fez igualmente parte do projeto.

Nesta edição, o Energia de Portugal estará focado nas ideias inovadoras e globais, nomeadamente nas áreas da tecnologia, cidades, produtividade, energia, mobilidade, inovação, ambiente, comunidade e clean tech. A organização e realização dos bootcamps é da responsabilidade da Fábrica de Startups.

O Energia de Portugal não é um concurso de ideias. É uma verdadeira fábrica de novas empresas. E globais: como os vencedores da anterior edição, os Me Passa Aí!, um site de ensino universitário à distância com pequenos vídeos de resumos de matérias educativas. Ou a BetApp, uma rede social de apostas. Ou os viveiros offshore da OstraLusa, os premiados de 2012.

O campo de treinos dos empreendedores
A metodologia FastStart - de desenvolvimento, teste e validação de modelos de negócio - é um conceito da FabStart - Fábrica de Startups, parceira do Energia de Portugal e organizadora dos bootcamps. Permite testar a aceitação do produto por parte dos clientes sem que ele esteja ainda desenvolvido e, por isso, dá a possibilidade de aferir do sucesso do projeto antes de se investir tempo e dinheiro.

Percebe-se, assim, quem são os clientes, aprende-se como se geram receitas e como se faz o planeamento das finanças, a melhor maneira de formar uma boa equipa e captar investimento. Trata-se de um ‘GPS para startups’: fornece conteúdos, exercícios, exemplos, ferramentas e recursos necessários para as equipas fazerem o percurso de forma sistematizada, orientada e com o ritmo necessário para que se atinjam resultados reais no fim do programa.

Cada sessão de trabalho do bootcamp tem três partes: a primeira consiste em apresentações dos responsáveis da Fábrica de Startups e seus convidados sobre o trabalho a realizar na semana. A segunda parte é a apresentação do trabalho de validação e adaptação do modelo de negócios realizado pelos membros da equipa durante a semana anterior. Já a terceira, e última parte, tem como base uma sessão de mentorship. Cada equipa de trabalho será acompanhada por mentores experientes que irão refletir com os finalistas durante os bootcamps.

Carregue aqui para ler atentamente o regulamento

Clique na imagem em baixo para se candidatar ao Energia de Portugal