Siga-nos

Perfil

Expresso

Notícias

70 mil euros em prémios para boas ideias de negócio

  • 333

Mais do que um conjunto de ideias, o Energia de Portugal incentiva o empreendedorismo no país desde 2012. Nesta edição quer aumentar a ligação ao Brasil. E recompensa: o projeto mais inovador ganha €20 mil e a EDP oferece à melhor startup na área de energia um investimento até € 50 mil

Aí está a 4.ª edição do Energia de Portugal - projeto conjunto do Expresso e da EDP que fomenta o empreendedorismo no país desde 2012. Após o sucesso da internacionalização o ano passado, com a entrada de equipas brasileiras e chinesas, em 2015, o Energia reforça a sua aposta no mercado brasileiro. E o pontapé de saída é dado já este sábado, em São Paulo, no Experimenta Portugal, evento organizado pelo consulado português no Brasil e que promove o que de melhor podemos levar para aquelas paragens.

Mas o Energia de Portugal também promove boas ideias brasileiras como aconteceu na edição 2014. Foi no Brasil que selecionou aquela que seria a grande vencedora do ano passado, a Me Passa Aí! (um site de ensino universitário à distância, com pequenos vídeos de resumos de matérias educativas), com a equipa brasileira a garantir o prémio principal de €20 mil euros.

O valor monetário nesta edição mantém-se para a equipa que se sagrar a melhor das 15 finalistas. A grande diferença em 2015 está no prémio EDP. No ano passado, a distinção para o melhor projeto na área da Energia coube à equipa Pknoa, que garantiu seis meses de incubação na EDP Starter. Já nesta edição, o prémio passa por um investimento que pode chegar aos €50 mil euros.

Aceitam-se candidaturas a partir de sábado
O Energia de Portugal nasceu com a missão de promover a veia empreendedora dos portugueses, ajudando-os a criar negócios. É um programa de aceleração de startups que estão na fase inicial de implementação da sua ideia de negócio. Nesta edição a fase de candidaturas decorre de 20 de junho a 27 de setembro de 2015. Basta preencher o formulário no nosso site a partir de sábado. O investment pitch marcará o ponto final desta edição (em que as equipas vão apresentar as suas ideias perante um painel de especialistas e investidores) a 13 de novembro.

Tal como o ano passado, o Energia de Portugal estará focado nas ideias inovadoras e globais, nomeadamente nas áreas da tecnologia, cidades, produtividade, energia, mobilidade, inovação, ambiente, comunidade e clean tech. A organização e realização dos bootcamps (sessões de trabalho em que as equipas vão estar juntas para acelerar o seu modelo de negócio) é da responsabilidade da Fábrica de Startups.

Cada uma das 15 equipas terá que ser composta por um mínimo de dois elementos e o máximo de quatro. Não é permitida a participação individual e não podem concorrer marcas comerciais ou pessoas coletivas. 18 anos é a idade mínima para os participantes, que têm que ser residentes em Portugal ou no Brasil.

Após a vitória dos OstraLusa em 2012, da BetApp em 2013 e dos já mencionados Me Passa Aí! em 2014, está tudo ainda em aberto para este ano. A sua ideia pode ser a próxima a entrar para este ‘panteão’.

Carregue aqui para ler atentamente o regulamento

Clique na imagem em baixo para se inscrever no Energia de Portugal