Siga-nos

Perfil

Expresso

Energia de Portugal 2014

O grande êxito de um livro sobre Silicon Valley

O livro da brasileira Bel Pesce, 24 anos, onde conta o que aprendeu em Silicon Valley, é uma inspiração para os espíritosempreendedores e está a bater recordes na net: já vai em 350 mil downloads.

Maria Martins (www.expresso.pt)

Em menos de um mês, o livro "A Menina do Vale", escrito pela brasileira Bel Pesce, 24 anos, foi descarregado gratuitamente por 350 mil pessoas, e o vídeo sobre o livro já ultrapassou um milhão de visualizações. "O meu objetivo é transmitir algumas das coisas que aprendi em Silicon Valley", explica Bel, que se formou no Massachusetts Institute of Technology (MIT), já trabalhou na Microsoft, Google e Deutsche Bank e criou várias startups. A mais recente é a Lemon, uma aplicação que ajuda a gerir finanças pessoais e que, em 3 meses, já conta com mais de 1 milhão de utilizadores. O seu livro tem 18 capítulos e é distribuído gratuitamente no site de Bel.

Algumas das dicas que Bel partilha no livro:

O valor do plano de negócios é obrigá-lo a pensar na ideia. Para o escrever precisa pesquisar o mercado, compreender os concorrentes, testar algumas das hipóteses e avaliar diferentes estratégias para o negócio. Depois disso, tem de analisar os planos de um ponto de vista financeiro. Tudo isto ajuda-o a compreender melhor o seu negócio.

Só não erra quem não corre riscos.  Como empreendedor terá de aprender a lidar com alguns fracassos. Quando tem verdadeira paixão por aquilo que está a fazer, as falhas não o derrotam - antes aprende com elas.

Escolha pessoas com quem consiga trabalhar dia e noite. Precisa confiar nos seus sócios de olhos fechados. Uma startup é como um casamento: você passará por momentos maravilhosos juntos com a sua equipa, mas também terá que sobreviver a tempos tenebrosos. Precisa de escolher pessoas com quem consiga trabalhar longas horas, sempre com respeito, admiração e confiança.

Nunca contrate alguém abaixo dos seus padrões. Além de ter paciência a validar o seu produto, também precisa de ser extremamente paciente ao criar a sua equipa inicial. Pode demorar tempo até encontrar o sócio ideal e contratar os seus primeiros colaboradores. Não se apresse. Se quiser acelerar o processo, dedique mais tempo à procura dessas pessoas.

A humildade ajuda a crescer, a arrogância atrasa. Ser humilde significa ser honesto consigo próprio. É ter consciência de que pode sempre melhorar e tirar o máximo proveito de cada uma das suas experiências. A humildade faz com que você cresça. A arrogância só o atrasa.

Fale com quem já passou pelo mesmo. Vale muito a pena procurar pessoas que passaram por algo semelhante ao que você está a viver. Encontre-se com essas pessoas, conte-lhes a sua história e alguns dos seus planos. Peça conselhos. Não tenha medo de mandar e-mails para pessoas que você ainda não conhece pessoalmente. Além disso, certifique-se que mantém o contacto e cuida muito bem desses seus mentores.

Aprenda rapidamente e siga em frente. As empresas que têm sucesso não são aquelas que criam rapidamente o produto que têm em mente, mas as que aprendem o mais rapidamente possível. Muitas vezes, são necessárias várias tentativas até encontrar um produto que os clientes realmente queiram. O segredo é aprender rapidamente com cada tentativa e seguir em frente.

A paixão tira-o da zona de conforto. Quando está apaixonado pelo que faz, de repente tem uma energia infinita para trabalhar dia e noite. É uma sensação quase mágica. As startups exigem trabalho. Muitas vezes, precisa usar toda a sua energia nastartup - passará o dia todo com a sua equipa, a tentar aprender o máximo sobre vários tópicos. A paixão mantém-no focado na sua missão de longo prazo e também torna o trabalho divertido.

Foque-se no projeto. É fascinante como um grupo de pessoas apaixonadas pelo que faz pode transformar ideias em produtos que acabam por mudar o mundo para sempre. Algumas pessoas pensam que abrir uma empresa é algo glamoroso. Desculpe desapontá-lo: não é. Geralmente, dorme-se menos do que pensou ser humanamente possível, come-se pessimamente e passa-se mais tempo no escritório do que em qualquer outro lugar. No entanto, essa também pode ser a melhor época da sua vida, especialmente se você estiver a construir algo que realmente o entusiasma.

Ouça os clientes. É importante ler mesmo os comentários mais duros. Ver que as pessoas dedicam parte do seu tempo para ajudar a criar um produto melhor é sensacional e deve incentivá-lo a trabalhar o máximo possível para oferecer aos clientes uma boa experiência.

Descubra o que lhe dá pica. Encontre as pequenas coisas que o energizam. Essas coisas, muitas vezes extremamente simples, podem fazer uma enorme diferença no que consegue produzir a cada dia. Tempos difíceis, de repente, não parecerão tão difíceis.