Siga-nos

Perfil

Expresso

Energia de Portugal 2014

Aceleras em grandes manobras

Miguel Matos, João Ferro e Alexandre Lourenço no palco do Energia para mais uma intervenção numa sessão de trabalho

Luís Faustino

A equipa 17 mexe-se bem: a U-Scoot tem o "selo de garantia" da Comissão Europeia, uma parceria com a Greenfest e Rita Guerra como embaixadora.

Maria Martins

Querem convencer os portugueses a andar de scooter através de um portal que mostra as inúmeras vantagens deste meio de transporte. Alexandre Lourenço, João Ferro e Miguel Matos aproveitam a boleia da legislação que permite conduzir motociclos até 125 cc apenas com carta de automóvel para acelerar com a U-scoot. A crise joga a favor. "Hoje vendem-se cerca de 700 scooters por mês, há quatro anos vendiam-se pouco mais de 100", dizem.

A equipa, constituída por um professor universitário, um estudante de Engenharia Aeroespacial e um jornalista de moda, formou-se no Energia de Portugal e acredita que está no caminho certo. "Queremos mostrar as vantagens das scooters para ajudar a economia do país, das famílias, o ambiente e as cidades", explicam. Vão fazê-lo através de uma plataforma integradora de todos os intervenientes neste mercado e com serviços, eventos e conteúdos ligados à mobilidade, que lhes garantirão a sustentabilidade financeira.

No início do ano deram nas vistas na exposição Lisboa e as Scooters, e no Scooter Day, que reuniu quase 300 scooters no Parque das Nações. E já têm a agenda preenchida para o resto do ano, em parte graças ao Energia de Portugal, que permitiu estabelecer uma parceria com o Greenfest, por exemplo, além de os ajudar "a evitar erros", como o que poderiam vir a cometer caso lançassem "uma revista integralmente dedicada às scooters".

No currículo exibem também o facto de serem o primeiro projeto nacional a ser aceite pela Comissão Europeia pra a Campanha para a Mobilidade Urbana Sustentável. Este "selo de confiança" facilitou-lhes o acesso a entidades ambientais com quem querem construir mais parcerias, e o convite da Associação Industrial Portuguesa para diversas palestras e para organizar o scooter day do Lisboa Motoshow, e uma embaixadora de peso, a cantora Rita Guerra.

Texto publicado no Caderno de Economia do Expresso de 29 de junho de 2013