Siga-nos

Perfil

Click Portugal

Click Portugal

Dez coisas que vão mudar no retalho: o desejo de elementos visuais

  • 333

Xolitos

A criação de ligações mais afetivas com os produtos está a ser perseguida por muitos retalhistas. É o oitavo de 10 artigos que ao longo desta semana vão apresentar as mudanças que se avizinham no retalho

De onde veio a maçã que está tirar da secção de fruta? Qual a sua origem, como foi colhida, com que cuidados? São algumas das questões a que os supermercados vão conseguir responder de forma muito mais intuitiva no futuro. Ver, tocar e experimentar os produtos é razão apresentada por 60% para continuar a ir às lojas, e os retalhistas querem maximizar este fator para fazer face aos desafios do digital.

Tendo em conta o seu histórico de compras, vai receber na app do seu telemóvel informações sobre os produtos em que está interessado tais como o seu processo de criação, o caminho que fizeram até à prateleira ou os seus benefícios. Tudo complementado por painéis visuais que, de forma visualmente atrativa, também mostram estes dados.

Segundo a Accenture, 36% das pessoas inquiridas num estudo estão completamente dispostas a partilhar parte dos seus dados privados para terem uma experiência e compras mais imersivas. E é claro que os clientes, com acesso a cada vez mais informação, olham para este fator como algo que pode definir onde gastam o seu dinheiro. É o tipo de interação que vai marcar as idas futuras às lojas.