Siga-nos

Perfil

Click Portugal

Click Portugal

Dez coisas que vão mudar na banca: funcionamento multicanal

  • 333

A presença de um banco em diferentes plataformas, sempre com a mesma eficácia, é um dos grandes desafios do futuro. É o último de um conjunto de dez artigos que nestas duas semanas apresentamos sobre as mudanças que se avizinham na banca

Banco Inteligente Multicanal. É assim que a Accenture define a próxima geração de serviços bancários. Numa fase em que há cada vez mais plataformas que permitem comunicar e realizar operações, cabe aos bancos conseguir fazer o melhor uso de cada um delas, sem perder qualidade no serviço. E como o devem fazer? Com uso alargado de ferramentas analíticas para perceber a melhor forma de interagir com os clientes.

Deve-se, por isso, definir uma arquitetura integrada, que tenha pontos muito bem estruturados relativamente ao que se pode oferecer em cada um dos canais. Vai-se também acentuar a capacidade dos bancos na gestão de relações, para ter acesso a solicitações em tempo real. Opções que vão permitir a criação de micro segmentos que respondam mais diretamente às necessidades dos clientes. Com combinação e optimização de processos online e offline será possível adaptar preços imediatamente a partir de recomendações, por exemplo.

São algumas das razões pelas quais 57% dos executivos reunidos num trabalho da PWC estão centrados no desenvolvimento de interfaces para os clientes e 53% em mecanismos de identificação para melhorarem estas plataformas.