Siga-nos

Perfil

Click Portugal

Click Portugal

Dez coisas que vão mudar na banca: inovação

  • 333

Hersson Piratoba

Os bancos não são vistos tradicionalmente como locais de práticas inovadoras, mas a realidade está a mudar. É o oitavo de dez artigos que ainda esta semana apresentamos sobre as mudanças que se avizinham na banca

Poucos fatores assumem tanta importância para a sustentabilidade futura de uma organização como a inovação. E os bancos estão a deixar de ser excepção. O modelo de negócio na banca nunca foi conhecido por ser propriamente vanguardista, mas as coisas estão a mudar. 97% dos executivos ouvidos pela PWC consideram a inovação como uma prioridade de topo e mais de 50% estão a promover mudanças internas para conseguir mais 'rasgo'.

Os bancos desdobram-se em esforços para atrair o tipo de talento que geralmente vai para empresas tecnológicas, por exemplo. Pessoas que tenham uma visão distinta. Por isso, alguns bancos já estão a criar laboratórios de inovação junto das suas instalações para que esta cultura esteja sempre presente para funcionários e clientes. Parcerias com startups ou instituições académicas serão práticas comuns para oferecer ideias alternativas.

Numa altura em que se prevê que as empresas mais inovadoras cresçam 62% nos próximos cinco anos, ao contrário da média de 35% estabelecida no estudo da PWC, é mais essencial do que nunca olhar para a atração de inovação.