Siga-nos

Perfil

Carro do Ano 2016

Inscritos

Versatilidade e dinâmica

  • 333

O Mazda CX-3 é um crossover compacto que recorre à mesma plataforma do citadino Mazda2, incorporando os princípios da filosofia de design KODO e das tecnologias Skyactiv, nomeadamente o motor 1.5 Diesel de 105 cavalos e médias anunciadas de consumo de 4 l/100 km. É precisamente a versão de tração dianteira equipada com este motor que concorre ao Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal e ao prémio reservado ao Crossover do Ano, onde enfrentará os seguintes adversários: Audi Q7, Hyundai Santa Fe, Honda HR-V, KIA Sorento e Volvo XC90

O Mazda CX-3 é o novo crossover compacto da marca japonesa e um dos membros do seu triunvirato que concorre a esta edição do Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal 2016, conjuntamente com o Mazda2 e o Mazda MX-5. O novo Mazda CX-3 compartilha com a nova geração de modelos da marca os mesmos valores, identidade visual e tecnolgia SKYACTIV - a filosofia de construção e mecânica que está incorporada no seus novos produtos.

Com 4,28 metros de comprimento e baixo peso, graças ao recurso a materiais leves na sua construção, o CX-3 é um crossover compacto baseado na plataforma do citadino Mazda2 e que acrescenta versatilidade e novas funcionalidades para concorrer num dos segmentos em maior expansão no mercado europeu.

A filosofia de design KODO imprime nas linhas do Mazda CX-3 um cunho dinâmico e moderno, que privilegia a aerodinâmica, sem sacrifício da habitabilidade e da funcionalidade.

O habitáculo foi concebido em conformidade com essas linhas de força do design, com destaque para a elevada linha de cintura, para as superfícies vidradas e os pilares não obstrusivos, que segundo a Mazda, garantem uma ampla sensação de espaço. O espaço para os ombros e as pernas dos ocupantes estão, segundo a Mazda no topo do seu segmento. A bagageira flexível com capacidade de 350 litros é expansível até aos 1260 litros com os bancos traseiros rebatidos.

A qualidade de vida a bordo foi outra das preocupações centrais no desenvolvimento deste crossover e por isso a Mazda dotou o CX-3 de uma completa gama de equipamentos e funcionalidades de conectividade, orientadas para o condutor. Destaque para os seguintes elementos: Active Driving Display, um dos primeiros ecrãs heads-up neste segmento, apresentando dados da condução em tempo real (ex.: velocidade, direcções, avisos de segurança activa) directamente no campo de visão do condutor "; ecrã táctil de 7 polegadas para controlo das funções de infotainemt e comunicação; sistema MZD Connect de conectividade via smartphones "garantindo um acesso mais fácil e seguro à internet."

As tecnologias de auxílio à condução também não foram esquecidas e elementos como a câmara de estacionamento, as ópticas full LED com tecnologia de direcionamento de luz fazem parte do equipamento do Mazda CX-3.

No capítulo mecânico, o CX-3 está disponível em versões de tração dianteira ou integral, conjugado com caixas manuais de seis velocidades ou automática e com uma gama de motores onde pontifica o novo bloco Diesel 1.5 Skyactiv-D de 105 Cv, que se distingue pelos seus baixos consumos, com médias anunciadas de 4l/100 km. É precisamente com este motor que o Mazda CX-3 concorre ao Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal e à classe reservada aos Crossover, onde se irá bater com: Audi Q7, Hyundai Santa Fe, Honda HR-V, KIA Sorento e Volvo XC90.

Mazda CX-3 1.5 SKYACTIV-D (105 CV) MT 2WD Excellence Navi

Motor: Quatro cilindros em linha Diesel, 1499 cc

Potência: 105 cv/4000 rpm

Aceleração 0-100 km/h: 10,1 s

Velocidade Máxima: 177 km/h

Consumo Médio: 4 l/100 km

Emissões CO2: 105 gr/km

Preço: 25 620 euros