Siga-nos

Perfil

Carro do Ano 2016

Inscritos

Forma e função

  • 333

Mais leve, ágil e económico e com mais espaço a bordo o novo Mazda2 é a aposta da marca japonesa para o concorrido segmento B do mercado europeu. O citadino da Mazda integra uma série de novos sistemas de auxílio à condução e funções de comunicação, conectividade e infortainement que aumentam a segurança passiva e ativa e prometem uma melhor experiência de condução. O Mazda2 concorre nesta eleição com a sua versão equipada com o novo motor Diesel SKYACTIV -D de 105 cv e com médias de consumo anunciadas de 3,4 l/100 km. O citadino nipónico concorre ainda à classe Citadino do Ano, onde defronta modelos como:Hyundai i20, Honda Jazz, Nissan Pulsar, Opel Karl e Skoda Fabia

Dose tripla para a Mazda nesta edição do Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal. O construtor nipónico inscreve três modelos nesta eleição, demonstrando a vitalidade de um ciclo de produto com que pretende atacar diversos segmentos do mercado europeu.

Para o segmento B - o dos citadinos - o ariete é o novo Mazda2, que incorpora a tecnologia SKYACTIV e a filosofia de design KODO, comuns aos novos modelos da marca. Trata-se de um modelo compacto que recebe uma nova plataforma com uma maior distância entre eixos, com projeções mais curtas que conferem espaço adicional para os passageiros e mecânicas, melhorando a estabilidade e a segurança passiva.

A dinâmica de condução foi uma das preocupações centrais da Mazda que recorreu a materiais de construção leves e a diversas soluções para poupar peso. A aerodinâmica e a rigidez torcional foram substancialmente melhoradas, por forma a tornar o Mazda2 mais eficaz, ágil e económico.O chassis SKYACTIV foi concebido para oferecer um maior prazer de condução e um comportamento dinâmico refinado e inclui elementos como "uma suspensão mais leve e mais rígida, com geometria otimizada e amortecedores aprimorados" que inclui pela primeira vez em modelos da marca controlo de frição nos amortecedores.

Para combinar agilidade e resposta dinâmica com baixos consumos, a Mazda recorre a uma completa e renovada gama de motorizações, com destaque para o novo bloco Diesel SKYACTIV-D 1.5, um motor de 105 cv que, segundo a Mazda, garante baixos consumos e emissões - média de 3,4 l/100 km e emissões de 89 g/km. A versão a concurso conjuga este motor com uma caixa manual de seis velocidades.

A segurança passiva e ativa foi outro dos temas chave no desenvolvimento do novo Mazda2 que integra uma série de equipamentos invulgares neste segmento, como sejam o Hill Launch Assist - que trava o veículo, impedindo que a viatura descaia em arranques de plano inclinado, ou o High Beam Control - sistema que ajusta de modo automático a altura dos faróis, passando por um sistema autónomo de travagem de emergência ou pelas óticas full Led de quatro lâmpadas. Conectividade e funcionalidade estão, segundo a Mazda, asseguradas por um conjunto de sistemas que melhoram a interatividade do condutor com a tecnologia.

O sistema Active Driving Display "projeta em tempo real os dados de condução mais importantes diretamente no campo de visão do condutor enquanto as restantes informações de condução surgem no novo cluster, mais desportivo. "O Mazda2 tem um ecrã de 7 polegadas, através do qual se controlam as funções de comunicação e infortainement, por comando vocal ou diretamente no ecrã táctil.

O Mazda2 concorre também à classe de Citadino do Ano onde enfrenta adversários como: Hyundai i20, Honda Jazz, Nissan Pulsar, Opel Karl e Skoda Fabia.

Mazda2 SKYACTIV-D (105cv) MT Excellence HS Navi

Motor: Quatro cilindros em linha Diesel, 1499 cc

Potência: 105 cv/4000 rpm

Aceleração 0-100 km/h: 10,1 s

Velocidade Máxima: 178 km/h

Consumo Médio: 3,4 l/100 km

Emissões CO2: 89 gr/km

Preço: 23 482 euros