Siga-nos

Perfil

Carro do Ano 2016

Inscritos

Design, espaço e equipamento

  • 333

A nova geração do Hyundai i20 recorre a uma nova plataforma que lhe permite reduzir o peso,aumentar o espaço a bordo e ser mais ágil na estrada. O citadino da marca coreana foi pensado e desenvolvido na Europa a pensar nos europeus e recorre a um motor tricilindrico Diesel de 75 cv com médias de consumo anuncidadas de 3,8 l/100 km. O Hyundai i20 concorre ainda ao prémio Citadino do Ano onde defronta outros cinco candidatos - Honda Jazz, Mazda2, Nissan Pulsar, Opel Karl e Skoda Fabia

O novo Hyundai i20 é um citadino de quatro portas que vem substituir a anterior edição de 2012, que foi um dos campeões de vendas da marca.
Esta nova geração foi totalmente desenvolvida e construída na Europa, incorporando as principais exigências e tendências do público no que respeita a padrões de qualidade de construção, design, habitabilidade e conteúdo tecnológico.

Segundo a Hyundai "a nova geração i20 encerra três atributos-chave para responder às necessidades dos consumidores europeus: espaço interior ao nível dos melhores da classe, equipamento de alta tecnologia e conforto e um design requintado."

Mais comprido, mais baixo e mais largo que o modelo anterior, a nova geração i20 foi desenhada no Centro de Design Europeu da Hyundai Motor em Rüsselsheim, na Alemanha e melhora as cotas de habitabilidade, oferecendo mais espaço a bordo, graças a uma maior distância entre eixos oferecida pela nova plataforma. A capacidade da bagageira também aumentou para os 326 litros, o que melhora a versatilidade e a utilização quotidiana deste citadino.

Outra das apostas fortes da Hyundai é o nível de equipamento, quer de segurança e de sistemas de auxílio à condução, quer de conforto e infoentretenimento. Destaque para elementos como: sensores de estacionamento, volante aquecido, luzes de curva (estáticas), sistema de assistência de alerta de desvio da faixa de rodagem ou o tecto panorâmico (opcional).

Para motorizar este seu modelo a Hyundai recorre a uma diversificada gama de motores a gasolina e um Diesel, precisamente a versão que inscreve nesta edição do Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal. Trata-se de um triclindrico Diesel com 75 cavalo de potência com um consumo médio anunciado de 3,8 l/100 km.
O recurso a materiais mais leves na construção do chassis e da carroçaria garantem um baixo peso, que conjugado com uma maior rigidez torcional se traduzem em maiores competências dinâmicas em parâmetros como a agilidade e o comportamento em curva.

O Hyundai i20 concorre ainda ao prémio Citadino do Ano, uma das classes mais concorridas do ano, com um total de seis candidatos: Hyundai i20, Honda Jazz, Mazda2, Nissan Pulsar, Opel Karl e Skoda Fabia.

Hyundai i20 Comfort CRDi 1.1, 75 cv

Motor: Três cilindros Diesel, 1120 cc

Potência: 75 cv/4000 rpm

Aceleração 0-100 km/h: n.d.

Velocidade Máxima: 160 km/h

Consumo Médio: 3,8 l/100 km

Emissões CO2: 99 gr/km

Preço: 20 417 euros