Siga-nos

Perfil

Expresso

Caminho da Internacionalização

Duas perguntas a Leonardo Mathias

Secretário de Estado-adjunto e da Economia

Quais são os últimos números das relações bilaterais? Estão melhores?

Espanha continua a ser o principal mercado de destino das exportações portuguesas, com um peso de 23%. Assistimos à recuperação das exportações em 2013, revelando um forte crescimento, na ordem dos 9,5%. São exemplos desse crescimento as exportações nos sectores agroalimentar, químicos, papel e madeira. O Investimento Direto Estrangeiro (IDE) de Espanha em Portugal representa 20% do total de Investimento em Portugal. Na direção inversa, as empresas portuguesas voltaram a investir de forma significativa em Espanha, tendo, de janeiro a setembro de 2013, investido ¤1060 milhões em termos brutos, e ¤630 milhões líquidos.

O que podem esperar os portugueses da economia espanhola?

Perante os dados oficiais, Espanha vai voltar a crescer depois de dois anos de recessão pelo que vai ser um mercado destino em recuperação para as exportações portuguesas (crescimento do mercado de 1,5% em 2014 e 4% em 2015). O mercado espanhol será mais dinâmico na parte empresarial e em particular nas vendas ao sector transacionável que continuará a estar em grande expansão nos próximos dois anos.

 Publicado no Caderno de Economia do Expresso de 14 de dezembro de 2014