Siga-nos

Perfil

Expresso

Iniciativas e Produtos

O Meu Futuro: os objetivos deste projeto

  • 333

"O Meu Futuro" é um projeto que pretende ajudar as pessoas a refletir neste início de um novo ciclo político e económico para o país nas áreas centrais para os portugueses. Daremos respostas em áreas centrais para os portugueses ao longo do próximo ano nas diversas plataformas do Expresso e do grupo Impresa

Intitulado “O Meu Futuro”, o projeto pretende ajudar as pessoas a pensarem no seu futuro, ajudar a refletir e a dar respostas nas áreas centrais para os portugueses: saúde, (como vamos envelhecer?) competências (que valências teremos de desenvolver nos próximos anos?), reforma (que modelos garantirão rendimento?), orçamento (que novos impostos e mudanças fiscais nos esperam?) e alimentação (que novos alimentos vão marcar a diferença?), entre outras prioridades. Acompanhe “O Meu Futuro” ao longo deste ano nas páginas do semanário e no site do Expresso.

  • Quem ganha o salário mínimo livra-se dos impostos... no Dia do Trabalhador. Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa em agosto. Os presidentes das grandes empresas uns dias antes do outono. E você?

  • Governo promete Simplex na Saúde

    Mudança: o novo rumo político chega a Portugal com promessas de um ciclo renovado nos cuidados assistenciais garantidos pelo Estado. Acessível, informatizado e humanizado são traços do perfil proposto para o Serviço Nacional de Saúde. Dirigentes no terreno dão voto de confiança ao novo ministro

  • População quer tratamento a tempo, afável e acessível

    Os portugueses que utilizam
o sistema público de saúde querem o mesmo que qualquer pessoa que necessita de assistência: rapidez, qualidade
e pagar pouco. As unidades do Estado não satisfazem em pleno e os utentes que economicamente podem optam cada vez mais pelo privado,
até mesmo quando a doença é muito grave

  • Ajuda reforçada para quem toma mais medicamentos

    Confiança: portugueses acreditam na qualidade dos fármacos e já não receiam os genéricos. Falta divulgar os biossimilares e incentivar maiores poupanças para ter como pagar a inovação. Responsáveis do sector afirmam que chegou o tempo de rever os regimes de comparticipação para melhorar o apoio aos doentes que mais precisam

  • Ao longo dos próximos meses, analisaremos nas páginas do semanário as principais variáveis que condicionam a carga e as escolhas fiscais dos portugueses com o projeto “O Meu Futuro, o meu orçamento”

  • Novo simulador: o que muda no meu salário

    Como será o meu salário se tiver mais filhos ou mudar de estado civil? E se for aumentado? Experimente o simulador do Expresso e da EY - que integram o projeto O Meu Futuro - e veja o que pode esperar do seu orçamento