16 de abril de 2014 às 22:48
Página Inicial  ⁄  Economia  ⁄  Golden Broker  ⁄  Comentário Diário  ⁄  Índices europeus recuam, commodities depreciam e o dólar americano valoriza face ao euro

Índices europeus recuam, commodities depreciam e o dólar americano valoriza face ao euro

Os índices americanos terminaram o dia em alta, impulsionados pelos dados económicos positivos. As encomendas de bens duradouros aumentaram em maio, depois de terem recuado nos dois últimos meses. Além disso, os contratos de promessa de compra e venda de casas aumentaram perto de 6% em maio (as estimativas apontavam para um aumento de 1,2%). O S&P 500 terminou o dia com um ganho de 0,90%. Nove dos dez setores que compõem o índice terminaram em alta. Os ganhos foram mais significativos no setor energético e financeiro. O setor de consumo discricionário foi o único a terminar ligeiramente negativo.

Os índices europeus iniciaram a sessão de quinta-feira em baixa, no dia em que começa a cimeira europeia. Mariano Rajoy apelou aos líderes europeus para tomarem medidas com vista a controlarem os custos da dívida dos países da Zona Euro. As yields das obrigações espanholas a 10 anos ultrapassaram o nível psicológico de 7% (novo máximo histórico observado no dia 18-06-2012 nos 7,285%). Os receios de que a Itália siga o mesmo rumo (ajuda externa) levaram as yields a 10 anos para valores superiores a 6%.

O índice Euro Stoxx segue com uma perda de 0,92%, com os dez sectores em terreno negativo. AS perdas são mais significativas no setor de cuidados de saúde e no de materiais. A moeda única europeia desvaloriza lface à moeda americana, negociando nos 1,2430 dólares (mínimo do dia nos 1,2405 dólares e máximo do dia nos 1,2524 dólares). A maioria das commodities acompanha o pessimismo dos mercados acionistas.



Teresa Pereira
Departamento de Consultoria e Research da Golden Broker

Comentários 0 Comentar
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub