5
Anterior
Especialistas alertam para a necessidade de repovoar área ardida na Madeira
Seguinte
Detido suspeito de atear incêndio na Madeira
Página Inicial   >  Dossiês  >  Dossies Atualidade  >  Fogo na Madeira  >   Incêndios destruíram 40 casas em Santa Cruz

Incêndios destruíram 40 casas em Santa Cruz

Os incêndios da última semana na Madeira deixaram cerca de 120 pessoas desalojadas no concelho de Santa Cruz. Declaração de situação de calamidade é uma possibilidade.
Lusa |
Cerca de 120 pessoas, do concelho de Santa Cruz, viram as suas casas ficarem totalmente destruídas pelas chamas que invadiram a ilha na passada semana
Cerca de 120 pessoas, do concelho de Santa Cruz, viram as suas casas ficarem totalmente destruídas pelas chamas que invadiram a ilha na passada semana / HOMEM DE GOUVEIA/LUSA

Quarenta casas, onde viviam cerca de 120 pessoas, ficaram destruídas na sequência dos incêndios da última semana no concelho de Santa Cruz, na Madeira. A gravidade da situação está a ser avaliada, havendo a possibilidade de se avançar com um pedido de declaração de calamidade ao Governo Regional.

A informação foi avançada hoje em conferência de imprensa pelo presidente da câmara municipal, José Alberto Gonçalves. "Isto é uma situação que se verifica mais nas freguesias de Santa Cruz, Gaula e Camacha,", afirmou, adiantando que seis famílias do concelho ainda se mantêm no Regimento de Guarnição n.º 3, do Exército, enquanto outras foram acolhidas por amigos ou familiares.

Na conferência de imprensa no quartel dos Bombeiros Municipais de Santa Cruz, o autarca adiantou que a prioridade é o realojamento das vítimas, trabalho que está já em curso.

Sobre as casas parcialmente consumidas pelas chamas, cujo número ainda não está apurado, José Alberto Gonçalves declarou que esta situação "faz com que haja necessidade de apoio". Nesse sentido, apelou à doação de materiais de construção, portas, janelas, eletrodomésticos, móveis ou equipamentos de cozinha.

Água formecida por autotanques


O autarca esclareceu que não existem neste momento estradas encerradas no concelho e que "todo o município está com energia elétrica", embora decorram ainda trabalhos de substituição de postes de eletricidade.

O responsável acrescentou que a corporação de Machico "anda com autotanques a fornecer água, sobretudo a cisternas coletivas", para que "possam ser repostos os níveis de água".

Sobre o abastecimento de água, José Alberto Gonçalves assegurou que as pessoas que foram atingidas pelos incêndios e que tiveram de consumir muita água vão pagar apenas o equivalente ao consumo médio que tinham antes dos fogos.

Neste momento, no concelho, além do levantamento dos danos, prosseguem os trabalhos de limpeza, com o apoio de várias entidades, incluindo os militares.


Opinião


Multimédia

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 5 Comentar
ordenar por:
mais votados
ISTO É UMA LOUCURA ...
Santa Cruz foi um dos concelhos da Madeira mais atingidos pelos incêndios que arrasam a Ilha desde terça-feira. José Alberto Gonçalves (PSD), presidente da autarquia e presidente da Proteção Civil municipal, admitiu ao DN do Funchal ter estado no Porto Santo, no fim de semana, confirmando que só interrompeu as férias na quinta-feira, para estar no terreno, e que na sexta voltou a viajar para a ilha porque, segundo disse, a "situação acalmou".

Na realidade, os fogos em Gaula, Camacha e Caniço tiveram os piores momentos a partir desse dia em que o autarca se ausentou.
Hoje presidiu à reunião extraordinária da câmara com as juntas de freguesia onde foi feito o balanço aos incêndios.

Isto é ou não é uma loucura ?
Re: ISTO É UMA LOUCURA ...
Re: ISTO É UMA LOUCURA ...
SAIBAM COMO O RESISTENTE CHEGOU AOS 200 PONTOS
A FAZER COPY/PASTE

AUTO PONTUANDO-SE COM OS SEGUINTES NICKS

RESISTENTE

POVOPRIMIDO

MORDAKIQUESAILEITE

AUKISTOXEGO

O parasitava aproveita-se do trabalho alheio e leva os incautos a pensar que é um grande pensador,quando na realidade não passa de um miserável analfabeto funcional.

DIVULGUEM E REPUDIEM!!
arderam as casas...
mas o vara-pau com a bandeira do PSD hasteada isso concerteza não ardeu !!! Agora o Ti Alberto joão da-lhes uma barraca nova ... não se sabe é quando !!! enquanto isso podem habitar nos furados e servem como portageiros !!! Tá na altura da madeira começar a pagar o ke deve !!!
Comentários 5 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub