16
Anterior
Comunidade de Oak Creek junta-se para ultrapassar tragédia
Seguinte
Sindicalistas espanhóis 'assaltam' supermercado para abastecer cantina
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Call center reabre depois dos despedimentos

Call center reabre depois dos despedimentos

O centro de atendimento telefónico da Segurança Social em Castelo Branco volta a estar ativo esta semana, agora com apenas 50 trabalhadores e com salários mais baixos.

O centro de atendimento telefónico da Segurança Social de Castelo Branco vai voltar a funcionar esta semana com 50 posições, disse à agência Lusa fonte do Instituto da Segurança Social (ISS).

O Governo decidiu encerrar o centro no final de junho - o que levou ao despedimento de 400 trabalhadores -, considerando que o modelo de funcionamento "era insustentável financeiramente", como referiu na ocasião o ministro da Solidariedade e Segurança Social, Pedro Mota Soares.

Entretanto, o atendimento telefónico foi redistribuído por funcionários da Segurança Social noutros pontos do país, ao mesmo tempo que era anunciado que o centro reabriria em meados de julho, apenas com 50 trabalhadores, e seria entregue a uma empresa durante quatro meses, até estar concluído o concurso público internacional para novo período de concessão, que prevê uma redução de custos.

Fonte do ISS disse à Lusa que o processo burocrático para esta concessão intermédia foi concluído e os operadores iniciam funções esta semana. São cerca de meia centena de pessoas que haviam sido contratadas com apoios do Estado na anterior fase de funcionamento do centro de atendimento e aos quais "foi proposta a rescisão por mútuo acordo, sem direito a desemprego, para agora serem contratados até dezembro", referiu fonte ligada ao processo.

A mesma fonte adiantou que estes trabalhadores vão receber menos do que recebiam antes, sendo que "o salário base baixa de 520 para 500 euros e o subsídio de alimentação desce de seis para 4,27 euros". Estas 50 pessoas estiveram já a receber formação na segunda-feira e hoje.

Entretanto, os 231 ex-trabalhadores efetivos, englobados num processo de despedimento coletivo, já receberam as cartas com a indicação dos valores das indemnizações.

O vínculo à entidade patronal (a empresa de recursos humanos RHmais) termina a 15 de agosto e a partir daquela data têm acesso ao subsídio de desemprego.


Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 16 Comentar
ordenar por:
mais votados
É assim mesmo
Só os ordenados as regalias e benesses dos trabalhadores mimosos da AR é sempre a subir, e para alguns acessores nãohá cortes.
É democracia e nem Salazar se atrevia a tanto.
Heróis no mar, cobardolas na terra dos oportunistas.
Re: É assim mesmo
ESTA NOTÍCIA RESPONDE A ESTA ?
O grupo do Sindicato Andaluz de Trabalhadores entrou numa das lojas da rede "Mercadona", afirmando que estava a levar a cabo uma "expropriação forçada" de alimentos essenciais.
Cerca de 200 sindicalistas 'assaltaram' hoje um supermercado na localidade de Écija (Sevilha, Espanha) numa ação que definiram como de "expropriação" de bens essenciais para uma cantina social da zona.

O grupo, do Sindicato Andaluz de Trabalhadores (SAT,) entrou no local, da rede "Mercadona", afirmando que estavam a levar a cabo uma "expropriação forçada" de alimentos de primeira necessidade.

Durante a ação, os sindicalistas encheram cerca de dez carros de compras com produtos como azeite, açúcar, arroz, massa, leite, bolachas e legumes que passaram depois pelas caixas sem pagar.

Será que esta notícia está a responder a esta ? ...
Muito provavelmente ...
Sócrates fugiu!
Que idiota. O socras não perdeu umas eleições?
Re: Sócrates fugiu!
Re: Sócrates fugiu!
Re: Sócrates fugiu!
Re: Sócrates fugiu!
Ultra feudalismo de Passos Coelho
youtu.be/QYp3-RV9Ias
Call center
Mais uma acção deste grupo de incompetentes, que é este governo, na desclassificação dos trabalhadores, mais trabalho e ordenados mais baixos. Primeiro se a segurança social funcionasse bem não eram precisos os tais call center, mas como enchem os bolsos a muita gente, continuam. Segundo deixou de existir aquela massa de gente que sabia lutar contra os abutres, como dizia o então primeiro ministro Pinheiro de Azevedo, O POVO É SERENO,
CRIMINOSOS
ISTO NAO E NOVIDADE OS PACOTES LABORAIS DO PS,PSD ECDS FORAM SEMPRE PARA TORNAR OS TRABALHADORES EM MERCADORIA E MATERIAL DESCARTAVEL,REDUZIR A MISERIA OS TRABALHADORES,POIS E DISSO QUE VIVEM OS CAPITALISTAS E SEUS ACOLITOS,SO A LUTA E ARVOLTA DOS EXPLORADOS PODERA POR FIM A ISTO,PERCAM O MEDO E FAÇAMOS A REVOLUÇAP FUZILANDOS ESTES FARISEUS
Re: Call center reabre depois dos despedime
Tenho tanto nojo deste governo, que estou a contar os dias para as eleições!
Como é que um governo pode ter como objetivo empobrecer os seus cidadãos?
Revoltem-se!!! Deixem-se de reclamar para o vizinho do lado e passem à ação: manifestem-se!
Re: Força!
Re: Força!
SEU A SEU DONO
A NOTICIA PECA PELA MANEIRA COMO É APRESENTADA. O CENTRO ERA DE UMA EMPRESA QUE PRESTAVA SERVIÇOS POR CONTRATO PARA A S.S.. NÃO SENDO POR ISSO PROPRIEDADE DO ESTADO . O SEU A SEU DONO.
POR VEZES A COMUNICAÇÃO SOCIAL PENSA QUE ESCREVE PARA IGNORANTES , DEVENDO TER MAIS CUIDADO.,PORQUE A VERDADE ESTÁ AO ALCANCE DE UM CLIQUE.
Comentários 16 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub