Anterior
Razia no aparelho de segurança sírio
Seguinte
Morreu Justino Mendes de Almeida
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes de guerra

Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes de guerra

Lazlo Csatary andou fugido no Canadá e era atualmente o "homem mais procurado" pelos caçadores de nazis
Lusa |
Lazlo Csatary encontra-se em regime de prisão domiciliária desde hoje de manhã, tendo-lhe sido confiscado o passaporte
Lazlo Csatary encontra-se em regime de prisão domiciliária desde hoje de manhã, tendo-lhe sido confiscado o passaporte /  Laszlo Balogh/Reuters
Lazlo Csatary tenta esconde o rosto dos repórteres fotográficos, depois de ter sido ouvido esta manhã pelas autoridades da Hungria
Lazlo Csatary tenta esconde o rosto dos repórteres fotográficos, depois de ter sido ouvido esta manhã pelas autoridades da Hungria / Laszlo Balogh/Reuters

Laszlo Csatary, 97 anos, húngaro suspeito de crimes de guerra durante a ocupação nazi na Hungria, e que foi detido hoje, afirma estar inocente e que apenas "cumpriu ordens", revelaram os procuradores na capital do país.

Csatary "foi acusado de colaboração na organização da deportação de 15.700 judeus húngaros para o complexo de Auschwitz, na Polónia, entre 1941 e 1944", durante a II Guerra Mundial, disse à agência AFP o advogado de defesa, Gabor Horvath, adiantando que o seu cliente já se declarou "não culpado" dos crimes de que é acusado.

"Ele nega qualquer culpa dos crimes de que é acusado", confirma o procurador Tibor Ibolya, acrescentando que Lazlo Csatary argumenta que "apenas cumpriu ordens". De acordo com o procurador, "o suspeito está em boas condições físicas e mentais. Está a cooperar e ficou surpreendido por ter sido detido mas espera ser interrogado".   

Lazlo Csatary era há muito alvo do Centro Simon Wiesenthal, organização judaica que investiga os crimes de guerra nazis, e seguramente o "homem mais procurado" pelos caçadores de nazis.  

Prisão domiciliária


Antigo oficial de polícia na cidade de Kosice, Eslováquia, quando os judeus húngaros começaram a ser deportados para os complexos de extermínio nazis de Auschwitz, na Polónia, Csatary fugiu para o Canadá após a guerra e trabalhou como negociante de arte sob identidade falsa, antes de regressar à Hungria nos anos 1990 após ter perdido a nacionalidade canadiana.

A Justiça da Hungria começou as investigações em setembro de 2011, após o Centro Wiesenthal ter fornecido informações sobre crimes de guerra.  

Lazlo Csatary encontra-se em regime de prisão domiciliária desde hoje de manhã, depois de ter sido acusado de crimes de guerra pelo Tribunal Militar da Hungria,  tendo-lhe sido confiscado o passaporte.

O advogado de Csatary não revelou à imprensa a localização da residência do suspeito, que foi presente ao Tribunal Militar de Budapeste e posteriormente conduzido a casa. À saída do edifício do tribunal, Csatary vestia um fato cinzento, transportava um saco de plástico numa das mãos e, apesar da idade, apresentava-se em boa forma física, de acordo com o jornalista da AFP no local. 


Opinião


Multimédia

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola, em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

United Colors of Gnocchi

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Strogonoff de peixe espada preto

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Caril de banana

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Cantaril com risotto de espargos

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.


Comentários 26 Comentar
ordenar por:
mais votados
É pena...
É pena que a justiça só tenha esta memória de longo prazo para estes crimes do nazismo.

Embora o Holocausto Judeu seja o maior de todos os crimes alguma vez cometidos pela humanidade. Muitos outros esperam também por justiça. No Iraque, Irão, Israel, Palestina, Sri Lanka, Tchetchenia, China, toda a América do Sul e Central, etc.

Enfim.... crimes de guerra. se fossem levados a sério, muitos dos líderes do mundo iam ver o sol aos quadradinhos...

oreivaivestido.blogspot.pt/2012/02/crimes-de-guerra.html
Re: É pena...
Re: É pena...
Re: É pena...
Re: É pena...
Re: É pena...
FOI APANHADO?
Pena máxima nele! Cá se fazem cá se devem pagar!
Justiça e vingança
Acho que a grandeza das democracias é manterem a necessidade de justiça e evitarem a vingança.
Como se vão julgar as condições da época, como se vão saber os medos, as ameaças, as chantagens a que foram sujeitos muitos destes criminosos ??

Como saberemos que , muitos deles, se não executassem as ordens seriam imediatamente fuzilados ? E as pressões e chantagens sobre as mulheres ou filhos ???

Por isso, vejo esta caça, muito mais como uma vingança, de acordo com ordens divinas, de olho por olho, dente por dente, do que o normal funcionamento da justiça, numa sociedade civilizada.

Gostariam os judeus, que participaram na destruição e morte de todos os habitantes, em algumas aldeias da Palestina, quando da formação do estado, serem agora perseguidos como cães ??
  Nessa altura intitularam-se soldados, numa operação militar de terror, para fomentar a fuga, como os próprios descrevem em livros sobre o Irgun e o Palmach.
E se os palestinos os considerarem criminosos, que invadiram a sua aldeia, queimando e matando tudo à sua volta ??

Que responderiam ????
Re: Justiça e vingança
Re: Justiça e vingança
Quanto à eventual condenação:
5 Anos ou prisão perpétua, "tanto se lhe dá, como se lhe deu".
Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guerra
Muito sinceramente acho que, atendendo aos selvagens atos de crueldade de Israel, na faixa Gaza e por quase todo médio oriente, devidamente apoiados por americanos, estes tem também não são exemplo nenhum de civismo nem respeito pela dignidade dos povos e nações, são apenas temidos pelo potencial bélico absurdo, se eu mandasse, mandava o homem para casa, pois há que por limites, a quem se movimenta por ódio, vingança e ajuste contas, por odiar é facil, dificil é saber perdoar, e este planeta dito moderno, não sabe, nem nunca o saberá fazer, como demonstram estes exemplos.
Re: A IGNORANCIA É UM MAL TERRIVEL
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer
Re: Prezado Carlos:
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer
Criminoso de Guerra ???
O homem estava a cumprir com a missão dele ...
Os Sionistas que enfrentam crianças com pedras de Uzi, IMI Galil , Tanques e misseis também deviam ser punidos ou esses já não porque estão a fazer o seu trabalho ???
Continua-me a chocar o facto da Religião estar por detrás de todos os Conflitos desde o Inicio da mesma .
Humanidade não aprende ....
Bomba neles todos que já Rammsés andava atrás deles .
Re: Tu és imbecil, nao és ? Só podes ser
Comentários 26 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub