19 de abril de 2014 às 10:26
Página Inicial  ⁄  Atualidade / Arquivo   ⁄  Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes de guerra

Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes de guerra

Lazlo Csatary andou fugido no Canadá e era atualmente o "homem mais procurado" pelos caçadores de nazis
Lusa
Lazlo Csatary encontra-se em regime de prisão domiciliária desde hoje de manhã, tendo-lhe sido confiscado o passaporte
Lazlo Csatary encontra-se em regime de prisão domiciliária desde hoje de manhã, tendo-lhe sido confiscado o passaporte
Laszlo Balogh/Reuters
Lazlo Csatary tenta esconde o rosto dos repórteres fotográficos, depois de ter sido ouvido esta manhã pelas autoridades da Hungria Laszlo Balogh/Reuters Lazlo Csatary tenta esconde o rosto dos repórteres fotográficos, depois de ter sido ouvido esta manhã pelas autoridades da Hungria

Laszlo Csatary, 97 anos, húngaro suspeito de crimes de guerra durante a ocupação nazi na Hungria, e que foi detido hoje, afirma estar inocente e que apenas "cumpriu ordens", revelaram os procuradores na capital do país.

Csatary "foi acusado de colaboração na organização da deportação de 15.700 judeus húngaros para o complexo de Auschwitz, na Polónia, entre 1941 e 1944", durante a II Guerra Mundial, disse à agência AFP o advogado de defesa, Gabor Horvath, adiantando que o seu cliente já se declarou "não culpado" dos crimes de que é acusado.

"Ele nega qualquer culpa dos crimes de que é acusado", confirma o procurador Tibor Ibolya, acrescentando que Lazlo Csatary argumenta que "apenas cumpriu ordens". De acordo com o procurador, "o suspeito está em boas condições físicas e mentais. Está a cooperar e ficou surpreendido por ter sido detido mas espera ser interrogado".   

Lazlo Csatary era há muito alvo do Centro Simon Wiesenthal, organização judaica que investiga os crimes de guerra nazis, e seguramente o "homem mais procurado" pelos caçadores de nazis.  

Prisão domiciliária


Antigo oficial de polícia na cidade de Kosice, Eslováquia, quando os judeus húngaros começaram a ser deportados para os complexos de extermínio nazis de Auschwitz, na Polónia, Csatary fugiu para o Canadá após a guerra e trabalhou como negociante de arte sob identidade falsa, antes de regressar à Hungria nos anos 1990 após ter perdido a nacionalidade canadiana.

A Justiça da Hungria começou as investigações em setembro de 2011, após o Centro Wiesenthal ter fornecido informações sobre crimes de guerra.  

Lazlo Csatary encontra-se em regime de prisão domiciliária desde hoje de manhã, depois de ter sido acusado de crimes de guerra pelo Tribunal Militar da Hungria,  tendo-lhe sido confiscado o passaporte.

O advogado de Csatary não revelou à imprensa a localização da residência do suspeito, que foi presente ao Tribunal Militar de Budapeste e posteriormente conduzido a casa. À saída do edifício do tribunal, Csatary vestia um fato cinzento, transportava um saco de plástico numa das mãos e, apesar da idade, apresentava-se em boa forma física, de acordo com o jornalista da AFP no local. 

Comentários 26 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
É pena...
É pena que a justiça só tenha esta memória de longo prazo para estes crimes do nazismo.

Embora o Holocausto Judeu seja o maior de todos os crimes alguma vez cometidos pela humanidade. Muitos outros esperam também por justiça. No Iraque, Irão, Israel, Palestina, Sri Lanka, Tchetchenia, China, toda a América do Sul e Central, etc.

Enfim.... crimes de guerra. se fossem levados a sério, muitos dos líderes do mundo iam ver o sol aos quadradinhos...

oreivaivestido.blogspot.pt/2012/02/crimes-de-guerra.html
Re: É pena... Ver comentário
Re: É pena... Ver comentário
Re: É pena... Ver comentário
Re: É pena... Ver comentário
Re: É pena... Ver comentário
FOI APANHADO?
Pena máxima nele! Cá se fazem cá se devem pagar!
Justiça e vingança
Acho que a grandeza das democracias é manterem a necessidade de justiça e evitarem a vingança.
Como se vão julgar as condições da época, como se vão saber os medos, as ameaças, as chantagens a que foram sujeitos muitos destes criminosos ??

Como saberemos que , muitos deles, se não executassem as ordens seriam imediatamente fuzilados ? E as pressões e chantagens sobre as mulheres ou filhos ???

Por isso, vejo esta caça, muito mais como uma vingança, de acordo com ordens divinas, de olho por olho, dente por dente, do que o normal funcionamento da justiça, numa sociedade civilizada.

Gostariam os judeus, que participaram na destruição e morte de todos os habitantes, em algumas aldeias da Palestina, quando da formação do estado, serem agora perseguidos como cães ??
  Nessa altura intitularam-se soldados, numa operação militar de terror, para fomentar a fuga, como os próprios descrevem em livros sobre o Irgun e o Palmach.
E se os palestinos os considerarem criminosos, que invadiram a sua aldeia, queimando e matando tudo à sua volta ??

Que responderiam ????
Re: Justiça e vingança Ver comentário
Re: Justiça e vingança Ver comentário
Quanto à eventual condenação:
5 Anos ou prisão perpétua, "tanto se lhe dá, como se lhe deu".
Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guerra
Muito sinceramente acho que, atendendo aos selvagens atos de crueldade de Israel, na faixa Gaza e por quase todo médio oriente, devidamente apoiados por americanos, estes tem também não são exemplo nenhum de civismo nem respeito pela dignidade dos povos e nações, são apenas temidos pelo potencial bélico absurdo, se eu mandasse, mandava o homem para casa, pois há que por limites, a quem se movimenta por ódio, vingança e ajuste contas, por odiar é facil, dificil é saber perdoar, e este planeta dito moderno, não sabe, nem nunca o saberá fazer, como demonstram estes exemplos.
Re: A IGNORANCIA É UM MAL TERRIVEL Ver comentário
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer Ver comentário
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer Ver comentário
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer Ver comentário
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer Ver comentário
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer Ver comentário
Re: Prezado Carlos: Ver comentário
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer Ver comentário
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer Ver comentário
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer Ver comentário
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer Ver comentário
Re: Húngaro nazi de 97 anos acusado de crimes guer Ver comentário
Criminoso de Guerra ???
O homem estava a cumprir com a missão dele ...
Os Sionistas que enfrentam crianças com pedras de Uzi, IMI Galil , Tanques e misseis também deviam ser punidos ou esses já não porque estão a fazer o seu trabalho ???
Continua-me a chocar o facto da Religião estar por detrás de todos os Conflitos desde o Inicio da mesma .
Humanidade não aprende ....
Bomba neles todos que já Rammsés andava atrás deles .
Re: Tu és imbecil, nao és ? Só podes ser Ver comentário
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub