25 de abril de 2014 às 2:49
Página Inicial  ⁄  Economia  ⁄  Homem mais rico de Portugal com dificuldades de financiamento

Homem mais rico de Portugal com dificuldades de financiamento

Alguns bancos estrangeiros recusaram financiar a compra de acções da Galp que os italianos da ENI acordaram vender à Amorim Energia, mas Américo Amorim diz que vai comprar estas ações antes do prazo terminar
J. F. Palma-Ferreira (www.expresso.pt)

O empresário Américo Amorim, acionista maioritário da holding Amorim Energia, que controla 33,34% da Galp e presidente ("chairman") da Galp, tem sentido "dificuldade em obter financiamento para comprar as ações da Galp" que os italianos da ENI acordaram vender-lhe até ao final de agosto, referem fontes do sector financeiro.

No entanto, Américo Amorim confirmou ao Expresso que a aquisição pela Amorim Energia de 5% do capital da Galp - vendidos pela italiana ENI - "será realizada antes do prazo fixado e muito provavelmente até ao final do mês de julho".


Escolha uma das opções para ler o artigo inteiro


Compre o Expresso na banca
Assine o Expresso no site
Aceda ao Expresso no iPad
Comentários 70 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
A Caixa favoreceu Amorim
Em vez de apoiar as pequenas e médias empresas.É por essas e por outras que o País foi ao tapete,as pequenas empresas faliram e o desemprego atingiu números assustadores.
É uma vergonha estas negociatas com o banco do Estado:em vez de estar ao serviço da economia portuguesa está ao serviço do lucro de meia duzia!
Re: A Caixa favoreceu Amorim Ver comentário
A Caixa de Sócrates favoreceu Amorim Ver comentário
Re: A Caixa de Sócrates favoreceu Amorim Ver comentário
Re: Orange Submarine Ver comentário
Re: A Caixa de Sócrates favoreceu Amorim Ver comentário
Re: A Caixa de Sócrates favoreceu Amorim Ver comentário
Re: A Caixa de Sócrates favoreceu Amorim Ver comentário
O BPN do Loureiro e sócios PSD's.. Ver comentário
Re: O BPN do Loureiro e sócios PSD's.. Ver comentário
Fraca memória a sua... Ver comentário
Fraca memória a sua também... Ver comentário
Re: Fraca memória a sua também... Ver comentário
Re: Fraca memória a sua também... Ver comentário
Re: A Caixa favoreceu Amorim Ver comentário
Re: A Caixa favoreceu Amorim Ver comentário
Re: A Caixa favoreceu Amorim Ver comentário
É pá, isto preocupa-me mesmo
E não é hipocrisia, é mesmo preocupação: é uma inversão dos valores, é a destruição das expetativas.

Que diabo: quando o gajo mais rico, perde crédito (aquilo que o Relvas tem a sobrar), é cumprimento da Constituição, sobre a equidade: passarmos todos a pelintras

O tal Amorim pode, a partir de agora, passar a ser uma preocupação do PCP nas suas políticas contra a pobreza… e contra os ricos. Se deixar de haver ricos, o que será do PCP. E do BE.

É urgente que o português mais rico, seja realmente rico e, não um rico à Lusófona, em que faz de conta que é rico.

E o que faremos dos milhares de cartazes, com “abaixo os ricos”? Além do risco de passarmos todos a ricos. Eu próprio, receio passar a ser considerado o pelintra mais rico do país.

Amorim, por favor, mantém-te rico

Obrigado
Re: É pá, isto preocupa-me mesmo Ver comentário
Re: É pá, isto preocupa-me mesmo Ver comentário
Re: É pá, isto preocupa-me mesmo Ver comentário
Re: É pá, isto preocupa-me mesmo Ver comentário
Re: É pá, isto preocupa-me mesmo Ver comentário
Re: É pá, isto preocupa-me mesmo Ver comentário
Fale com o Relvas. O Relvas resolve...
Juntamente com o gajo que saiu do FMI..
A Sra Lagarde é "socialista",ó resistente! Ver comentário
Re: A Sra Lagarde é Ver comentário
Ele nem sequer é neo-liberal, nem Ver comentário
Sr Amorim
Não será qua aí ande uma mãozinha dos angolanos?
Camarada Amorim : Aqui nem os RICOS se safam ! Ver comentário
Re: Camarada Amorim : Aqui nem os RICOS se safam Ver comentário
Se o homem precisar de "algum" é só dizer
O povo abre s bolsos generosamente....
Bem lhe podiam dar o subsidio de inserção social Ver comentário
Que tipo de dificuldade?

O empresário Américo Amorim, acionista maioritário da holding Amorim Energia, que controla 33,34% da Galp e presidente ("chairman") da Galp, tem sentido "dificuldade em obter financiamento para comprar as ações da Galp"

Re: Que tipo de dificuldade? Ver comentário
ESTE PORCO CAPITALISTA!
Há uns meses quando confrontado com a hipótese de se chegar à frente com algum para a austeridade que o povo está a passar, disse: Eu só só um trabalhador.
Agora quer então que o dinheiro que está nos bancos financiados pelo povo lhe emprestem dinheiro, levavas mas era um pontapé no traseiro.
Lamento...
... mas não tenho trocos!...
Mas que tipo de dificuldades?

O empresário Américo Amorim tem sentido "dificuldade em obter financiamento para comprar as ações da Galp"?

Mas que tipo de dificuldades? Quer pagar quanto de juros? Pouco? Quanto lhe querem cobrar?

Bom, se for esse tipo de dificuldades tem que negociar... Talvez aumentando as garantias ou arrumar alguém que o avalise... Quem sabe o Belmiro de Azevedo?

Américo Amorim e Cavaco Silva...
... ambos com problemas de subsistência, estão a organizar um jantar para angariação de fundos.

Entre os convidados encontra-se o ganda águiadois que já confirmou a sua presença.
Re: Américo Amorim e Cavaco Silva... Ver comentário
Re: Américo Amorim e Cavaco Silva... Ver comentário
ESTAMOS NUMA DE HUMOR NEGRO ? ...
Então aqui vai o meu contributo ...

- Mãe, o que há para jantar? - perguntou o miúdo ...

- Cala a boca e volta pro forno. - respondeu a mãe ...

No país das maravilhas
O financiamento no país das maravilhas esta resolvido, um qualquer banco empresta o dinheiro ao homem, ele não paga e o Estado perdoa-lhe a dívida e pagamos nós.
Pois é...
Então os ricaços julgavam que a crise também não lhes batia à porta?
Coidatinho do Amorim
Tenho tanta pena!
Coitadinho. O Berardo da Vila da Feira não tem crédito!
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub