24 de abril de 2014 às 4:13
Página Inicial  ⁄  Atualidade / Arquivo   ⁄  Hoje não é o dia do futuro!

Hoje não é o dia do futuro!

Imagem truncada do filme "Regresso ao Futuro", de 1985, volta a enganar internautas. Afinal, na viagem realizada no tempo por Marty McFly  e Doc, o destino era 21 de outubro de 2015.
Carlos Abreu (www.expresso.pt)
Imagem truncada de "Regresso ao Futuro". Afinal ainda faltam 1211 dias para o “dia do futuro” Imagem truncada de "Regresso ao Futuro". Afinal ainda faltam 1211 dias para o “dia do futuro”

Não é a primeira vez e, provavelmente, não há de ser a última, que alguém se lembra de pôr a circular na Internet imagens truncadas. Desta feita, a escolha recaiu sobre o filme "Regresso ao Futuro", de 1985, realizado por Robert Zemeckis.

Para quem já viu a película protagonizada por Michel J. Fox (Marty McFly), então com 24 anos, e Christopher Lloyd (Doc), uma cena terá ficado gravada na memódia, a saber, aquela que em que ambos viajam no tempo aos comandos de um automóvel.

Nas redes sociais circula desde ontem uma imagem, partilhada mais de dez mil vezes, alegadamente retirada do filme, onde é possível ver a data de ontem, 27 de junho de 2012, como o dia escolhido para essa viajem ao futuro.

Basta rever a cena em causa para perceber que, afinal, hoje não é o dia do futuro. Com efeito, será preciso esperar até 21 de outubro de 2015. Já só faltam 3 anos, 3 meses e 24 dias...

Não é a primeira vez que tal acontece. Em 2010, uma imagem semelhante, com a data de 5 de julho de 2010, também circulou pela Net, dando como certo ser esse o dia do futuro.


Comentários 5 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Re: Hoje não é o dia do futuro!
Esta série de filmes tem de facto a sua piada.

Normalmente, nas viagens no tempo assumem-se dois factos: viaja o corpo todo, metido numa geringonça - neste caso um De Lorean! - e depois é só escolher a data.

Mas pode ser que a existirem essas viagens, o que viaja pode não ser o corpo, mas uma parte imaterial, por exemplo a consciência.

Depois há um pormenor curioso: se alguém viajou para o passado, essa história já está escrita! E terá, evidentemente que ser muito estranha!.

Logo, quem quiser ir à procura de viajantes no tempo é só procurar histórias bizarras no passado (incompreendidas no passado e hoje ainda, porque não se sabe o que pode acontecer a um desses viajantes e ainda menos interpretar-se o que sucedeu).

Há uns anos um autor deu-se a esse trabalho, salvo erro, Jaques Bergier, embora talvez com excessos de imaginação, que faziam parte do seu hábito.
Re: Hoje não é o dia do futuro! Ver comentário
Re: Hoje não é o dia do futuro! Ver comentário
Re: Hoje não é o dia do futuro! Ver comentário
Picuinhas
Pena que os jornalistas do Expresso não sejam tão correctamente picuinhas no que toca a algumas peças que às vezes publicam.
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub