97
Anterior
Toque do sino pelas mulheres
Seguinte
Inovação e empreendedorismo
Página Inicial   >  Multimédia  >  Expresso TV  >   "Há sectores com uma proteção inaceitável"

"Há sectores com uma proteção inaceitável"

Em entrevista ao Expresso, o ministro da Economia Álvaro Santos Pereira diz que vai negociar contratos com a EDP e que combaterá os sectores que em Portugal têm uma excessiva proteção.
Não perca amanhã na edição impressa do Expresso.


Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 97 Comentar
ordenar por:
mais votados
Há, mas ninguém tem coragem de mexer neles
É mais fácil "castigar" e carregar de impostos os "suspeitos do costume".
Agora, medidas a sério para controlar a despesa ...vai lá vai!

Ainda não se viram mexidas na TAP, CGD...etc.
Mas na Carris mexeram...suprimindo carreiras e aumentando os passes.

Nos combustíveis, há décadas que há cartel, que todos sabem que há...e toca a pagar! Pudera! A Galp absorve muito bom ex-político, é melhor deixar os lugares reservados...

As comunicações...igual. Qual concorrência, qual mercado livre! Nós pagamos o que pedem.

Não me apetece escrever mais.
Só sei que tudo vai ficar na mesma.
As mexidas são sempre iguais : aumentos & mais aumentos para o consumidor pagar, menos serviços e greves sazonais garantidas.

É assim.
Re: Há, mas ninguém tem coragem de mexer neles
Re: Há, mas ninguém tem coragem de mexer neles
Desobediencia civil pacifica
Re: Desobediencia civil pacifica
Re: Desobediencia civil pacifica
Re: Há, mas ninguém tem coragem de mexer neles
TRETAS!
Pelo que nos foi dado a ver em relação ao ex-secretário de estado, ninguém neste governo tem realmente força para lutar contra os abusos de poder que são cometidos por determinadas pessoas em sectores chave como a EDP, por exemplo.
São tretas o que agora se diz, apenas para ficar bem no retrato. As palavras de nada valem se as acções são totalmente contrárias a elas!
Re: TRETAS!
Re: TRETAS!
Re: TRETAS!
Re: TRETAS!
Re: TRETAS!
Re: TRETAS!
Re: TRETAS!
TRETAS!
Re: TRETAS!
Afinal sempre cá veio, fazer uma visita!
Re: TRETAS!
Re: TRETAS!
Re: TRETAS!
Re: TRETAS!
Re: TRETAS!
Re: TRETAS!
Re: TRETAS!
Re: TRETAS!
Re: TRETAS!
Re: TRETAS!
Re: TRETAS!
Re: TRETAS!
Re: Os game changers!
Re: Os game changers!
Re: Os game changers!
Re: Os game changers!
Re: Os game changers!
Re: Os game changers!
Re: Os game changers!
Re: Os game changers!
Re: Os game changers!
Re: Os game changers!
Re: Os game changers!
Re: Os game changers!
Hó Sr. Goodwaves!!!
Re: TRETAS!
Re: TRETAS!
Ora nem mais, caro!!!
O ministro diz... Com muita sabedoria...

O ministro diz...

- Há setores da economia portuguesa com uma proteção inaceitável.

E diz mais: “temos que abri-los...”

Ora, isso deixa muita gente com os cabelos em pé... Quem será? É fácil imaginar... Os amigos dos governos anteriores que tivemos : os políticos e mais os seus compinchas...

“Compagnon de Route”... A começar pelo Sócrates nas renováveis...

Para essa gente... Urge derrubar o ministro, antes que faça maiores estragos em seus interesses de camarilha, que, certamente, não são os de Portugal
Re: O ministro diz... Com muita sabedoria...
Os anteriores, os posteriores...
Re: Os anteriores, os posteriores...
O mar de merda
Re: O mar de merda
Re: O mar de merda
Há sectores com uma proteção inaceitavel
Bem necessita este ministro de reanimar a sua imagem, porque de promessas já está o País farto. Se acontecer o mesmo que aconteceu com os estudos e proposta que apresentou antes de ser ministro, estamos na presença de mais um embuste. Depois não se admire que haja por ai quem o considere o pior ministro da economia desde 74.

http://viriatoapedrada.bl...

http://viriatoapedrada.bl...
Re: Há sectores com uma proteção inaceitavel
A troika de Sócrates
Re: A troika de Sócrates
Re: Há sectores com uma proteção inaceitavel
O alvaro e ministro de que ??????????
O alvaro tu vais negociar e combater o que ?????
Se for como a promessa do investimento de 5 mil milhoes de euros em MONCORVO que tanta propaganda fez e era tudo bluff...
Nem para vender pasteis de nata serve
Re: O alvaro e ministro de que ??????????
Como? Já cheira a Vale e Azevedo este!
Depois do que fizeram ao Sec. Estado que trabalhou para isso, mudar as coisas e retirar parte das regalias da EDP - e demitiram-no! - vem este rapaz afirmar que "vai...."?!?!!
Isto está tudo doido!
Acabei de ler a notícia aqui do expresso sobre o Vale e Azevedo, e, ao ler esta, parece-me que este rapaz aqui deve ser da família Azevedo! Só pode, não?
Primeiro põem o outro a andar, e depois é que vão fazer?
Revejam programa da SIC onde participaram 3 elementos que têm acompanhado este caso EDP, um deles é da DECO!
Eu mandava este Ministro para Inglaterra, para junto do seu "primo"!
Cpts.

Re: Como? Já cheira a Vale e Azevedo este!
A PUBLICIDADE QUE ANTECEDE O VIDEO ...
Nem de propósito ...

Talvez John Carter consiga acabar com essa "protecção inaceitável e excessiva" ... e mesmo assim não sei ...

O resto é conversa ... conversa de ficção ... científica ...l
Caro Ministro... Sua tarefa é hercúlea...

Caro Ministro... Sua tarefa é hercúlea... Digna de um verdadeiro Hércules...

Entenda-se o porquê:

A excessiva proximidade e promiscuidade entre o poder político e econômico remetem as forças vivas da nação ao silêncio, no que toca a defesa de causas de interesse da nação.

As elites intelectuais, na situação em que estamos, teriam uma responsabilidade acrescida, se não fossem também corruptas e incompetentes.

Por falta de independência e competência, as nossas elites apenas ficam a espreita de possíveis medalhas ou outras prebendas que o sistema em vigor pode lhes oferecer em troca do silêncio ou da caneta que oferecem a uns e outros... A que der mais...
Re: Caro Ministro... Sua tarefa é hercúlea...
Re: Caro Ministro... Sua tarefa é hercúlea...
Re: Caro Ministro... Sua tarefa é hercúlea...
Re: Caro Ministro... Sua tarefa é hercúlea...
Re: Caro Ministro... Sua tarefa é hercúlea...
Re: Caro Ministro... Sua tarefa é hercúlea...
Re: Caro Ministro... Sua tarefa é hercúlea...
Re: Caro Ministro... Sua tarefa é hercúlea...
Re: Caro Ministro... Sua tarefa é hercúlea...
Re: Caro Ministro... Sua tarefa é hercúlea...
De palavras e intenções está o inferno cheio
Promessas está o inferno cheio.

O governo no que toca a estes grandes interesses não tem sido piegas , tem sido um completo mãos no ar.

Palavras não chegam , é preciso acção , principalmente tratando-se de um governo que foi rapido e em força alem da troika a roubar subsídios , a cortar apoios sociais e a impôr sacrificios alem da conta aos mais fracos.
Sr ministro
Mas isso é ir lutar contra os seus colegas políticos pois eles é que têm o monopólio das negociatas.
Uma cartada inteligente
ASP sabe que é uma carta fora do baralho. Ao autoproclamar-se paladino contra os privilégios da EDP, colocou PPC entre a espada e a parede. Agora, depois da demissão do SE, se PPC avançar para a remodelação, fica com o ónus de provar que não está a servir os interesses da EDP, o que não vai ser nada fácil. Tentaram fazer-lhe o ninho atrás da orelha e ASP decidiu pôr os trunfos em cima da mesa.
Bravo!
QUER ATACAR OS LOBYS?
MAIS UM A ABATER...
Álvaro e os lóbis
Eu até tinha esperança neste ministro, por não ser político...

Mas tem lutar contra lóbis muito fortes.

Esta e outras opiniões em
http://notasdealgibeira.blogspot.com/" target="_blank">http://notasdealgibeira.b...
Re: Álvaro e os lóbis
Álvaro e os lóbis
Agora sem "lixo".

Peço desculpa pela repetição.

A minha opinião em:
http://notasdealgibeira.b...
PROTEÇÃO INACEITÁVEL
Todo o cidadão já sabe que Portugal é de meia dúzia de "Mamíferos" que sugam 90% da riqueza gerada todos os anos em Portugal.
A revolução dos cravos não foi para acabar com esta roubalheira, mas sim para forçar promoções que há muito o Salazar e Marcelo iam protelando, e com isso o aumento de privilégios e regalias.
Agora que novas promoções estão a ser congeladas, lá vem o "psicopata" do Otelo Saraiva de Carvalho a ameaçar com um golpe de estado. Se calhar saía-lhe o tiro pela culatra e quem acabava por ser golpeado seria as próprias FA que tinham de fugir para África e trabalhar lá como mercenários para derrubar goveros...
Comentários 97 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub