27
Anterior
TIC mantém aposta no recrutamento
Seguinte
Ações do Facebook caem em Wall Street
Página Inicial   >  Economia  >   Greve vai parar Metro de Lisboa

Greve vai parar Metro de Lisboa

Os trabalhadores voltam a protestar esta terça-feira contra as medidas do Governo
|

O Metropolitano de Lisboa prevê a paralisação da circulação na terça-feira, entre as 6h e as 10h, devido à greve parcial convocada pela Federação de Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS).

A empresa refere em comunicado que "o serviço será normalizado a partir das 10h30".

Este é o segundo período de greve em menos de uma semana - o anterior ocorreu no passado dia 17 com adesão de 100%, de acordo com o sindicato.

A greve da FECTRANS afeta os trabalhadores em geral, entre as 5h30 e as 10h, enquanto os funcionários administrativos, apoio e técnicos superiores, têm paragem prevista a partir das 8h até às 12h.

Os trabalhadores lutam "contra os roubos dos seus salários, subsídios de férias e de natal e pela manutenção dos postos de trabalho", de acordo com uma nota do sindicato, que menciona ainda que a "luta encerra um conjunto de problemas colocados aos passageiros que assentam em mentiras sucessivas do Governo".



Opinião


Multimédia

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 27 Comentar
ordenar por:
mais votados
Então o que é que os ultras têm q dizer?..
CGTP quer taxa na bolsa a financiar subsídio de desemprego. A CGTP vai apresentar amanhã ao governo uma proposta que visa a atribuição do subsídio social de desemprego a todos os desempregados sem proteção social.
A greve é um direito inalienável numa sociedade
democratica capitalista, que mesmo que possa provocar algum desconforto devia ter a solidariedade de todos os trabalhadores, sem egoísmos...
Inalienável na "democracia capitalista" porque...
ora ai esta como se responde aos ..do antigamente
Re: A greve é um direito inalienável numa sociedad
As greves patrioticas dos "comunistas"
Começa a chegar a altura dos utentes se revoltarem contra os "comunistas" do costume.
Re: As greves patrioticas dos
Re: As greves patrioticas dos
Gozar com o pagode.
Os trabalhadores com menor escolaridade que mais recebem no país fazem greves, dia sim, dia não. Isto vai bem, vai...

É pena os políticos não precisarem de andar de metro para resolverem o assunto. É mesmo pena.
QUANDO É QUE AS TRANSPORTADORAS ACORDAM!
Os tempos dos previlégios e regalias de toda a espécie já acabaram! Não faz sentido o contribuinte continuara a sustentar esta corja de chulos. Privatize-se e depois lgo veêm como é!
Olho da Rua!!! Jááááá
Cada trabalhador do metropolitano devia ter o ordenado creditado num cartão e, ao minuto!

De cada vez que começasse a trabalhar, começava a ganhar.

Mal terminasse as suas funções, não recebia nem mais um cêntimo.

E os que lá se encontram actualmente e fazem a porcaria das greves, deviam ser despedidos, sem apelo, nem agravo e também não deviam ter direito a subsídio de desemprego!

Querem trabalhar ou brincar?

Pelos vistos ninguém manda naquela casa!

Cada um faz o que quer!

Por ali campeia a degradação imposta pelos nojentos sindicatos comunistas!

Devem querer rebentar com aquela companhia!

Devem queres rebentar com a paciência dos lisboetas!

Chega a parecer a América latina!

Está o metropolitano a concorrer com o porcalhão do Hugo Chavez!

Mas, meu Deus, porque é que não os põem imediatamente no olho da rua?

Porque é que não se usa o despedimento colectivo?

Existem muitas pessoas nesta Nação a precisar de trabalho, e os cães danados, os vermelhos, os anarquistas, a extrema-esquerda é que mandam nas empresas deste país?

E, qual multidão de cobardes, ninguém faz nada?

Ninguém toma uma atitude?

A polícia não lhes passa com o cassetete pelo lombo?

E estragam a vida a dezenas de milhares de utentes?

Mas que cavalagem anda ali à solta? Que bestas? Que montouro de bosta é aquele?

Ruaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
Re: Olho da Rua!!! Jááááá
Re: Olho da Rua!!! Jááááá
Re: Olho da Rua!!! Jááááá
Re: Olho da Rua!!! Jááááá
Greve no metro
Esta gente ainda não entendeu que, actualmente, fazer greve é hipotecar o futuro da empresa e do próprio país. De onde julgam que vem o dinheiro? Não cai do céu meus senhores! Cada greve, enquanto durar a assistêncoa "troikana" é dar tiros nos pés e, já agora, no meu bolso e dos restantes contribuintes, pois em nada se alterará o programa de assistência com a sua luta que apenas prejudica colegas trabalhadores, que tanto invocam os mentores da dita.
Se é uma questão política, respondam nas próximas eleições.
Trabalhem, que o país agradece!
Re: Greve no metro
só por cá
por acaso alguém sabe quanto aufere um maquinista do metro, entre susidios, suplementos e o raio q os parta? eu sei e digo-vos---nem queiram saber.
... e alguns nem a escolaridade obrigatória possuem
Re: só por cá
Re: só por cá
Re: só por cá
¨faz falta avisar malta¨
Mais perto da França e mais longe da Grécia!
Aqui há uns meses atrás éramos colocados no mesmo saco da Grécia, depois mudaram-nos para o saco da Espanha e hoje em dia se repararem nem falam tanto do nome de Portugal quando se fala em bancas-rotas.

O desemprego subiu em flecha é uma realidade, e é um drama catastrófico para os país que não têm apoios sociais. Deve ser horrível ver os filhos abrir o frigorífico vazio.

Mas Portugal melhorou e este governo tem mérito nisso.Porque tem.

No entanto e apesar de tudo ainda existe quem é Portugal não queira perder o estatuto de senhor feudal e todos pagamos.

Quando se fala em reformas estruturais o coro das vozes é rapidamente engrossado, mas depois quando é para colocar em prática, cada um tenta agarrar-se o mais que pode ao que julga seu por direito.

Eu não sou da cor do PSD, laranja, sou da cor verde e vermelho, Portugal, e sei que infelizmente muita gente está passando fome, porque está, mas negar a razão por clubismos políticos irá trazer custos muitos elevados.

ps:Aviso cuidado com um nic que anda por aqui chamado Ilegalalien, não lhe forneçam dados pessoas com a desculpa de encontros, não aparece, não fornece dados dele e só vos traz problemas!
São os patriotas da CGTPdopcp
São os patriotas da CGTPdopcp, apoiada pelos comunistas do PCP/Bloco: sempre “ao lado povo” mesmo que prejudiquem o País e o povo…mais necessitado!
Re: São os patriotas da CGTPdopcp
privatizaçao é a soluçao
alem de que a empresa do metro ja deveria ter feito cursos para poder de um dia para o outro substituir tecnicos e maquinistas e outros afim de evitar a paragem total do metro e minimizar o prejuizo quer a utentes de passe pago quer à empresa e a economia nacional
  para quando a lei de medidas de excepçao de um pais em pre bancarrota.......ou so uns e que pagam a crise.
  salvem a naçao das garras desta esquerda odiosa e nojenta
Nas greves quem representa os utentes?
São os patriotas da CGTPdopcp, apoiada pelos comunistas do PCP/Bloco: sempre “ao lado povo” mesmo que prejudiquem o País e o povo…mais necessitado. Nas greves além das negociações entre o patão e o trabalhadordeveria haver o representante dos utentes.
Comentários 27 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub