24 de abril de 2014 às 8:49
Página Inicial  ⁄  Economia  ⁄  Grécia ameaça sair da zona euro

Grécia ameaça sair da zona euro

Ministros das Finanças da zona euro reunem-se esta noite, secretamente, no Luxemburgo.
Lusa
Grécia ameaça sair da zona euro
Petros Giannakouris/AP

A Grécia admite retirar-se da zona euro, avançou a edição eletrónica do "Der Spiegel ", que cita fontes do governo alemão e adianta que os ministros europeus das Finanças e representantes da Comissão Europeia se vão encontrar secretamente no Luxemburgo, esta noite.

Os porta-vozes dos governos alemão e grego e o porta-voz do presidente do eurogrupo já desmentiram a notícia.

O "Der Spiegel" sublinha que os protestos contra o governo grego devido aos problemas económicos são quase diários e que o primeiro-ministro George Papandreou, sente que não tem outra opção a não ser abandonar o euro e reintroduzir a moeda nacional.

Alarmada com a situação, a Comissão Europeia terá já convocado uma reunião de emergência para hoje, com a possível saída da Grécia e a restruturação da dívida daquele país na agenda, uma informação que é desmentida pelo porta-voz do Governo alemão.

Altamente confidencial


Face à delicadeza da situação, este encontro foi considerado altamente confidencial e contará apenas com as presenças dos ministros das finanças da zona euro e dos elementos mais experientes dos respetivos gabinetes.

O ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schäuble, e Jörg Asmussen, um influente secretário de Estado vão representar a Alemanha.

Segundo as fontes do jornal alemão, Schäuble vai tentar evitar que a Grécia abandone o euro e leva um dossiê preparado pelos seus assessores avisando para as terríveis consequências destas decisão, entre as quais uma desvalorização da moeda doméstica de até 50% face ao euro que implicaria um drástico aumento da dívida grega.



EURO CEDE TERRENO FACE AO DÓLAR

O euro seguia hoje em queda face ao dólar, ao ceder 1,32% face à moeda norte-americana, num dia que a revista alemã "Der Spiegel" publicou que a Grécia pensa abandonar a moeda única.

Às 17h42 de Lisboa, o euro valia 1,4383 dólares, abaixo dos 1,4577 dólares a que negociava na quinta-feira e quase cinco cêntimos abaixo dos 1,4840 dólares a que estava cotado na terça-feira, quando bateu máximos de 16 meses contra a divisa norte-americana.

Antes de ter sido noticiado pelo Spiegel - que cita fontes alemãs - que a Grécia pretendia sair da zona euro, o euro valia perto de 1,45 dólares.

"É uma nova etapa, e estas informações são inquietantes. Não é surpreendente que o euro fique mais fraco", acrescentou.

Comentários 79 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Eheheh! A coisa está difícil de cumprir!
Gostava que isso acontecesse, para ver como se desenvencilhavam!
Sempre nos ensinariam alguma coisa!
Re: Eheheh! A coisa está difícil de cumprir! Ver comentário
Re: Eheheh! A coisa está difícil de cumprir! Ver comentário
A coisa está difícil de cumprir! Ai dói, dói!
Margaret Thatcher:

"o socialismo dura até se acabar o dinheiro dos outros".
Eles acham que o dinheiro cresce em árvore Ver comentário
Re: A coisa está difícil de cumprir! Ai dói, dói! Ver comentário
Só me dá vontade de rir! Ehehehehehehehehehehehe!! Ver comentário
A culpa é... Ver comentário
Demência ou Sectarismo puro e duro? Ver comentário
É mesmo sectarismo! Ver comentário
Continue a Adoração do QUERIDO LÍDER Ver comentário
Re: Continue a Adoração do QUERIDO LÍDER Ver comentário
Não perde tempo a responder... Ver comentário
O meu querido lider? lol Ver comentário
Re: O meu querido lider? lol Ver comentário
Ou seja... Ver comentário
Re: Só me dá vontade de rir! Ehehehehehehehehehehe Ver comentário
Lógica Ver comentário
Por HONESTIDADE adicione no seu comentário... Ver comentário
Re: A coisa está difícil de cumprir! Ai dói, dói! Ver comentário
Re: A coisa está difícil de cumprir! Ai dói, dói! Ver comentário
Re: A coisa está difícil de cumprir! Ai dói, dói! Ver comentário
Re: Grécia ameaça sair da zona euro
Qual é agora a reacção de todos aqueles que insultaram Sócrates por não ter pedido ajuda há um ano? Gostariam que estivéssemos no mesmo barco que os Gregos, à beira da insolvência e possivelmente da saída do Euro?

Facto é que Portugal aguentou um ano inteiro a pressão dos mercados, até a oposição interna no PSD obrigar PPC a rasteirar o governo. Entretanto, a troika apercebeu-se da asneira que fez com a Grécia e porventura com a Irlanda, aceitando agora um pacote de ajuda a Portugal muito menos draconiano, que permitirá a recuperação económica em poucos anos, sem graves riscos de incumprimento.

É desconcertante ver por aqui tantos "peritos" em economia a dizer barbaridades no seu cantinho seguro do anonimato, só por ressabiamento pessoal ou partidário.
Deves ser surdo Ver comentário
Burro ingénuo Ver comentário
Re: Burro ingénuo Ver comentário
Duas asneiras Ver comentário
Re: Duas asneiras Ver comentário
Re: Burro ingénuo Ver comentário
Re: Burro ingénuo Ver comentário
Re: Deves ser surdo Ver comentário
Sectarismo, demência, desonestidade ou Óculos??? Ver comentário
Papagaio Ver comentário
Re: Sectarismo, demência, desonestidade ou Óculos? Ver comentário
Re: Sectarismo, demência, desonestidade ou Óculos? Ver comentário
Ad hominem Ver comentário
Re: Ad hominem Ver comentário
Histéricos?? Ver comentário
Re: Histéricos?? Ver comentário
Re: Grécia ameaça sair da zona euro Ver comentário
Plano idêntico?? Ver comentário
Re: Grécia ameaça sair da zona euro Ver comentário
Ignorância desconcertante Ver comentário
Re: Grécia ameaça sair da zona euro Ver comentário
6,7% Ver comentário
Re: Não sou assim tão esperto! Ver comentário
Palavreado Ver comentário
Re: Ruim defunto. E faz batota. Ver comentário
Impertinente e sem lógica Ver comentário
Re:Fraude e impotência Ver comentário
Calimero ofendido Ver comentário
Re: Nunca dei para tais peditórios! Ver comentário
Inversão do ónus da prova Ver comentário
Re: A cassete e o ónus Ver comentário
lol
Uai!??..
Dizem que 2012 é um ano de grandes acontecimentos
O aparecimento do novo anticristo...
O fim do mundo...
O regresso de Cristo...
O colapso do sistema financeiro...
Bin Laden reencarna num bebé de uma família de judeus ortodoxos...

Todas um pouco exageradas, mas há duas que arrecadam apostas nos sites da especialidade...

O fim do Euro e o Benfica voltar a perder o campeonato para o Porto, Braga e mesmo para o Sporting...
Apetece-me dizer que
cães que ladram não mordem.
E já que estamos em "zoologia": os vampiros gregos não iam deixar que tal acontecesse... e logo agora!
Ameaça??? O que é isto???
Coitados dos gregos. Nem entendo a notícia! As ameaças são ameaças de um mal ...para terceiros, os ameaçados! Mas quem são os ameaçados aqui? Sairá do euro mas as dívidas permanecem! Têm de ser pagas! Em dracmas! Ou seja, a feijões. Dívidas contraídas em moeda forte a serem pagas em moeda fraca! Excelente negócio!
Se os gregos dissessem que não iriam pagar o que devem - isso seria uma ameaça. Todos os credores assim ameaçados se atirariam aos gregos. Agora, sair do euro, ameaça quem e o quê? Se alguém disser que se vai suicidar ( e esta declaração grega é verdadeiramente um acto de desespero suicida) quem é que se sente ameaçado com isso? Na reunião dos ministros vão mas é ouvir-se suspiros de alívio...
Re: Ameaça??? O que é isto??? Ver comentário
Re: Ameaça??? O que é isto??? Ver comentário
Re: Grécia ameaça sair da zona euro Ver comentário
Re: Grécia ameaça sair da zona euro Ver comentário
Re: Grécia ameaça sair da zona euro Ver comentário
Re: Grécia ameaça sair da zona euro Ver comentário
FMI Ver comentário
Desvalorização do Dracma Ver comentário
Re: Ameaça??? O que é isto??? Ver comentário
Re: Ameaça??? O que é isto??? Ver comentário
É agora que...
o BCE, os bancos alemães e franceses vão ter que mudar de fraldas, pois nesta altura devem estar todos borradinhos... é que a Grécia se sair do euro vai converter unilateralmente a dívida para a nova moeda, que irá desvalorizar até 50% resultando em perdas brutais para os acima mencionados. Isto se a Grécia não declarar bancarrota e aí é que ficam a gemer... É o que dá pôr os povos no fio de uma navalha
É agora que os caloteiros vão a vida... Ver comentário
Secretamente???

Reúnem-se secretamente??? Bem, pelo menos eu já sei, deixou de ser segredo!
Inevitavel
Inevitavel , o que me espanta é já estarem a discutir isto antes da reestruturação da divida estar feita , só se o objectivo for mesmo , declarar o default , com as obrigações da divida atingirem valores incomportaveis e com isso darem o calote e dizerem que não têm condições para pagar.

Vamos a ver se esta potencial saída iminente da Grécia da zona euro , não vai criar uma situação que inviabilize a vinda do dinheiro do resgate para Portugal na parte que cabe aos nossos parceiros europeus.
Cada um é aquilo que vale!
A ser verdade, basta o primeiro sair e lá se vai o princípio do fim de um sonho impossível; a Europa Unida. E como viver é sempre melhor que sonhar, antes fora do €uro e já, do que sonhar ser alemão, sueco, austríaco, holandes ou polaco, coisa que na realidade não somos. Estamos bem longe deles em tudo, próximo de um norte de África que se nos assemelha e bem no sul de uma Europa que agora e mais do que nunca, nos olha como proscritos. Podemos sentir alguma dor por isso e seguramente vergonha pelo que nos acusam, mas somos o que somos, cabendo-nos somente a nós toda a culpa. Talvez um dia consigamos melhorar e embora numa situação de crise, este será o melhor momento de mudar para melhor. Ponto final.
LEGALISED AND INSTITUTIONALISED CRIME !!!!!!!!!!!!
Eu fui o unico, senao dos unicos , que sempre , mas sempre me insurgi contra o TRATADO DE SCHENGEN !!!!!!! Os responsaveis pela adesao a esse maldito tratado deviam ser LEVADOS A TRIBUNAL POR CRIMES CONTRA A NACAO PORTUGUESA !!!!!!!!!!!!
A Grecia nao tinha a MINIMA CONDICOES PARA ADERIR AO EURO !!!!!!! Qualquer economista - que nao pertenca ao LEGALISED AND INSTITUTIONALISED CRIME - sabe disso muitissimo bem !!!!!!!!! Portugal - enquanto que melhor posicionado que a Grecia nesse sentido - tambem nao tinha condicoes para aderir a Zona Euro !!!!!!!!! E mais, existe uma evidencia fortissima que a zona euro nao e 'AN OPTIMAL MONETRAY ZONE' !!!!!!
O celeberrimo Antonio G. (Antonio G show) deu o golpe final quanto as minimas condicoes economicas para Portugal aderir a 'euro zone' FORAM DESTRUIDAS. O Jose - desde o principio que disse que esse fulano nao tinha as minimas condicoes para ser presidente de junta de freguesia - 'NEVER MIND PRIMER MINISTER !!!!!!!! That guy is a FRAUD !!!!!!!' AGARROU NA FOICE E CORTOU O PAIS PELA RAIZ !!!!!!!!!!
"Não sou o único", diz a canção ...
é capaz de ser verdade !
Que soluções para a crise ?
Solução 1 : o resgate da área do euro atual.
Implica modificação estatutária do BCE : empréstimos diretos e política de relance da Alemanha.
Impossível por imperativos políticos.

Solução 2 : redução do perímetro da área do euro por abandono de alguns dos países membros.
Tem os favores da Alemanha. A Grécia e Portugal saem da zona do euro e outros países (a Espanha, a Itália e a França) aplicam políticas de rigor insuportáveis. Mesma impossibilidade política.

Solução 3: a passagem gradual do euro para uma moeda comum.
Alguns países recuperam a sua soberania monetária. Desvalorizações necessárias possíveis (importante para a Grécia, Portugal e a Espanha, mais moderada para a Itália e a França). O euro seria a única moeda totalmente conversível da área com o resto do mundo, as moedas nacionais reconstruidas apenas contra o euro com paridades fixas, mas regularmente revistas.
Boa solução, melhor do que a primeira a longo prazo.

Solução 4: saída imediata do pais da área do euro
Perfeitamente possível. Deve ser acompanhada de uma desvalorização importante (variável por pais). Reestruturação da dívida. Regresso ao sistema de avanços do Banco Central e a uma política de controlo do défice orçamental para controlar a inflação.
Uma solução de último recurso. ...
Re: Que soluções para a crise ? Ver comentário
"o País está de tanga" por causa do EURO
Se ao fim e ao cabo a crise da Europa do sul começou com a entrada no Euro se calhar só a saída do Euro nos poderá fazer sair dela.
A crise portuguesa vem desde a entrada no euro, quase toda a gente sente isso, até o povo o diz à boca cheia, até as peixeiras e as avozinhas das aldeias!
Que essa crise resultou sobretudo nos países do sul, de velhas tradições católicas ou ortodoxas onde os novos políticos resolveram substituir o reino do céu pelo estado social fazendo a multiplicação dos pães à custa dos empréstimos baratos da CEE!
Enquanto os programas de ajuda correram como maná do deserto, o euro parecia ser uma nova era de terra prometida onde corria o leite e o mel.
Em Portugal foi a euforia do tempo das vacas gordas de Guterres, da expo, do Euro 2004 e da primeira crise orçamentar "o País está de tanga" usada pelo ex-presidente social-democrata Durão Barroso quando era primeiro-ministro.
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub