Anterior
Vítor Gaspar abre conferência em Berlim
Seguinte
Dívida: Espanha coloca 3,2 mil milhões no mercado
Página Inicial   >  Economia  >   Governo vai criar duas linhas ferroviárias rápidas entre Portugal e Espanha

Governo vai criar duas linhas ferroviárias rápidas entre Portugal e Espanha

O Governo vai criar duas linhas ferroviárias rápidas de Sines a Madrid e de Aveiro a Salamanca. (Veja vídeo no final do texto)

O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, disse no programa Prós e Contras na RTP1, que o Governo vai criar duas linhas ferroviárias rápidas entre Portugal e Espanha.

A estratégia passa por aproveitar os portos marítimos e as ferrovias de bitola europeia, com linhas de passageiros e mercadorias de Sines a Madrid e de Aveiro a Salamanca.

A União Europeia confirmou que os fundos alocados ao comboio de alta velocidade (TGV) poderão ser aplicados às novas linhas ferroviárias, que deverão ligar Portugal à Europa e aumentar a competitividade.


Opinião


Multimédia

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola, em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Costeletas de borrego com migas de castanhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Strogonoff de peixe espada preto

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Caril de banana

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Cantaril com risotto de espargos

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.


Comentários 46 Comentar
ordenar por:
mais votados
Em vez de alta velocidade vai ser velocidade alta
E os contractos serão adjudicados às mesmas empresas ou empresas diferentes? Bruxo!...
Não vamos ter nenhum TGV
Afinal vamos ter duas linhas de alta velocidade em lugar de uma o que merece o meu apoio. Que se lixem os que votaram no PSD e no CDS por serem contra o comboio de alta velocidade pois vão ter o contrário daquilo que queriam, nisso como em muitas outras coisas. O que vale é que são fáceis de convencer pelos respectivos líderes.
A solução Sines-Madrid em lugar de Poceirão Madrid é mais um embuste para que os votantes não se considerem tão descaradamente enganados mas na verdade a linha desde Madrid só fará sentido quando chegar a Lisboa. Falamos de Sines-Madrid e, já agora que passa tão perto de Lisboa seria uma parvoice não aproveitar. (Ahahahah)
Quanto ao eixo Aveiro-Salamanca (falando de prioridades) muito me admiraria (e aplaudiria) se Portugal conseguisse convencer Espanha a inverter as suas próprias prioridades em favor de uma ligação que interessa quase exclusivamente a Portugal.
No final disto tudo não vamos ter nenhum TGV, pois TGV é uma marca comercial francesa. A questão está em saber se utilizaremos a marca AVE (como em Espanha) ou se utilizaremos a marca portuguesa RAVE que é mais divertida pelo duplo sentido.
Re: Não vamos ter nenhum TGV
Re: Não vamos ter nenhum TGV
Governo duas linhas rápidas
TGV: dinheiro desviado para ligar 2 linhas a Espanha
Estudam-se duas linhas de bitola europeia que vão ligar os portos de Sines e Aveiro a Espanha
O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, anunciou na segunda-feira à noite que o Governo pretende desviar dinheiro do projecto de TGV para duas linhas de bitola europeia que vão ligar os portos de Sines e Aveiro a Espanha. Estas duas linhas serão de velocidade alta.
Note-se que o Governo está a estudar cenários de redução de despesa para o TGV. O projecto da alta velocidade será mesmo para avançar, porque, se não o fizer, o Estado estará sujeito ao pagamento de indemnizações e perda de fundos comunitários.
A pressão internacional, por parte de Madrid e Bruxelas, influenciou, igualmente, na decisão de prosseguir com o comboio de alta velocidade.
Nota: Artigo Agência Financeira

Novo projecto do Governo liga Lisboa a Madrid em 3h49
A substituição das linhas de alta velocidade por de alta prestação aumenta em mais de uma hora o tempo de viagem entre as duas capitais ibéricas.
A alta velocidade saiu do discurso do Governo, que adoptou já a designação de alta prestação para se referir à ligação ferroviária à fronteira espanhola. Com a diminuição da velocidade a que os comboios poderão circular segundo a última avaliação do governo, a viagem entre Lisboa e Madrid vai demorar 3horas e 49 minutos.
Nota:Jornal de Negócios
Governo vai criar duas linhas
Pessoalmente sempre fui e sou a favor de uma ligação à Europa e não só a Espanha de comboios rápidos que transportem pessoas e mercadorias. Que me lembre fui aqui o primeiro comentador a defender a ligação ao Porto de Sines, pois deve ser aproveitada essa sinergia como entrada e saída da Europa e do Mundo. Não nos podemos esquecer que Portugal é periférico em relação à Europa, mas é a porta de entrada para a mesma do resto do Mundo com esta, pois encontramo-nos no centro do mesmo. Os partidos que compõem o governo que tanto atacaram a AV vêm agora dar o dito pelo não dito. É verdade que as fezes de um cavalo são diferentes das fezes de uma vaca, mas não deixam de ser fezes, ou não será assim? Podem enganar-se todos durante algum tempo, mas é impossível enganar todos durante o tempo todo. As desculpas de mau pagador, podem convencer alguns, mas não convencem todos. Se bem me parece esta é mais uma mentira tal como o aumento dos impostos e o corte das gorduras. Os portugueses foram enganados já não restam dúvidas.

http://www.youtube.com/wa...

http://www.youtube.com/wa...

http://www.youtube.com/wa...
Hipocrisia
Aqui não esta claro se quando fala em alta-velocidade se referem ao tgv, mais parece o que chamamos em Espanha média e alta velocidade.
Se assim for a linha de Aveiro para Espanha ja esta em construção desde 2009 no mínimo.

Cumprimentos.
Re: Hipocrisia
Re: Hipocrisia
Re: Hipocrisia
Re: Hipocrisia
Re: Hipocrisia
Re: Hipocrisia
Re: Hipocrisia
O SR está a falar do RAMAL de AVEIRO
1 TGV ou 2 TVGs ???
Eu não disse!?
HIPÓCRITAS!
Em vez de 1 TGV (grande velocidade, simbolo do anterior "regime"), serão 2 TVGs (velocidade grande)!
Quanto custa a mais ou a menos? Não se sabe nem interessa.
Entrada de leão e saída de cordeiro, imagem de marca deste (des)governo...
Re: 1 TGV ou 2 TVGs ???
Re: 1 TGV ou 2 TVGs ???
Re: 1 TGV ou 2 TVGs ???
Hum?!
Sines? Aveiro? Ok, continuar-se-à a usar preferencialmente o avião para deslocações dentro da Europa, é justo. O preço do comboio também excede e em muito o praticado nas companhias de aviação, se tivermos em conta o tempo perdido.
Re: Hum?!
Re: Hum?!
Uma coisa que eles não dizem....
... qual a diferença na construção de uma ferrovia de bitola Europeia para alta velocidade e de velocidade alta??????
No verdadeiro Português não há diferença nenhuma, no Português deste Governo é que pode haver uma diferença abismal e começou na campanha eleitoral quando recusavam determinantemente a construção da linha do TGV. Como também, quando em governo da mesma cor, prespectivaram-se 5 linhas de TGV.
Re: Uma coisa que eles não dizem....
O custo adicion é das linhas ou das carruagens????
Re: O custo adicion é das linhas ou das carruagens
Continua a nada explicar....
Re: Continua a nada explicar....
Re: Uma coisa que eles não dizem....
Re: Uma coisa que eles não dizem....
Agradeço a sua simpatia...
Comboio de Alta Capacidade (CAC)
Até que enfim, que alguém com a cabeça em cima dos ombros, começa a perceber que o transporte ferroviário, é melhor que o rodoviário e mais seguro. Mas atenção vejam lá onde é que começam as linhas, tem ser em locais onde nascem os produtos para transportar.
Tem toda a razão
Re: Tem toda a razão
Ja chega de estudos?
O que tem de melhor Portugal e que para fazerem uma obra fazem estudos de estudos de estudos (estudos feitos pelas empresas dos amigos, primos e tios).

Acho bem que se façam estudos, mas estudos só para dar de ganhar aos amigos.

Cumprimentos.
Afinal...
Vamos ter um TGV disfarçado??
Re: Afinal...
Re: Afinal...
Acho bem
Vai permitir o escoamento mais rápido de mercadorias e, consequentemente, aumentar a utilização de portos nacionais por transportadoras que hoje usam outros destinos. Irá certamente ajudar na recuperação da economia. O TGV não se justifica.
Será?...
Será que vou finalmente concordar com alguma coisa feita por este governo? À primeira vista parece-me correcto construir duas linhas de velocidade elevada para ligar os portos de Sines e Aveiro à Europa, permitindo vir a captar uma fatia interessante de transbordo de contentores para a Europa do norte e central. A linha de passageiros em alta velocidade não servia para nada. Estas duas já servem e podem ser uma fonte de rendimento para a nossa economia. A ver vamos se tudo se passará assim.
AVEIRO - SALAMANCA - MADRID
Esta será, por várias razões como a imigração, transporte de mercadorias desde o porto de Aveiro, turismo - as parias de Aveiro são as mais próximas de Salamanca e Madrid, uma linha que será AUTO-SUSTENTÁVEL... provavelmente a única delas.
O TGV mudou de nome
mas continua.
E uma imposição da europa da direita.
Este PSD é mesmo coerente, não é ?
Antes das eleições é preto, depois desta é branco.
Bravo....
Re: O TGV mudou de nome
Re: O TGV mudou de nome
Comentários 46 Comentar

Últimas


Pub