146
Anterior
Políticos querem registo obrigatório dos lobistas
Seguinte
"Vamos recuperar a nossa autonomia", diz Passos Coelho
Página Inicial   >  Política  >   Governo deixou o país pior
sondagem

Governo deixou o país pior

Estudo da Eurosondagem para o Expresso e a SIC mostra que dois anos depois, os portugueses não estão contentes com o Governo que têm.
|
Governo deixou o país pior

Dois anos depois da saida de José Sócrates e da vitória eleitoral que levou Pedro Passos Coelho ao poder, os portugueses entendem que o País está pior.

A sondagem da Eurosondagem mostra que 75,1% dos inquiridos entendem que a situação de Portugal é agora mais sombria do que em 2011, contra apenas 4,8% que entendem que as coisas estão melhor.

Por outro lado, e quando a Legislatura chega a meio, uma maioria (51 por cento) não acredita que o Executivo de Passos, Portas e Gaspar tenha capacidade para sobreviver até 2015.

Contra isso, 33 por cento entendem que o Governo conseguirá cumprir a Legislatura até ao final.

 


Ficha técnica

Estudo de opinião efetuado pela Eurosondagem, S.A. para o Expresso e SIC, de 30 de maio a 4 de junho de 2013. Entrevistas telefónicas realizadas por entrevistadores selecionados e supervisionados. O universo é a população com 18 anos ou mais, residente em Portugal Continental e habitando lares com telefone da rede fixa. A amostra foi estratificada por região (Norte - 20,4%; A.M. do Porto - 14,4%; Centro - 29,2%; A.M. de Lisboa - 26,3%; Sul - 9,7%), num total de 1028 entrevistas validadas. Foram efetuadas 1233 tentativas de entrevistas e, destas, 205 (16,6%) não aceitaram colaborar no estudo de opinião. Foram validadas 1028 entrevistas, correspondendo a 83,4% das tentativas realizadas. A escolha do lar foi aleatória nas listas telefónicas e o entrevistado, em cada agregado familiar, o elemento que fez anos há menos tempo. Desta forma aleatória resultou, em termos de sexo (feminino - 51,4%; masculino - 48,6%), e, no que concerne à faixa etária (dos 18 aos 30 anos - 19,6%; dos 31 aos 59 - 48,4%; com 60 anos ou mais - 32,0%). O erro máximo da amostra é de 3,06%, para um grau de probabilidade de 95,0%. Um exemplar deste estudo de opinião está depositado na Entidade Reguladora para a Comunicação Social.



Opinião


Multimédia

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola, em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Costeletas de borrego com migas de castanhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Strogonoff de peixe espada preto

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Caril de banana

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Cantaril com risotto de espargos

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.


Comentários 146 Comentar
ordenar por:
mais votados
A Questão é:
As pessoas sabem o que elegem?
Não! Porquê? O sistema foi montado para não se poder saber!
Portanto é como jogar na lotaria...
.
lol
Sim?
lol
Claro!
tem razão
Mudança de regime
Né!
eu diria
Certo
O País estava bem com o dinheiro dos OUTROS.
Vira o disco
Toca do mesmo só pode mudar a cor, mas?
O ZÉ PAGA
governo-deixou-o-pais-pior
Finalmente sabe-se hoje o que correu mal:
Um jovem diplomata português, em diálogo com um colega mais velho:
- Francamente, Senhor Embaixador, devo confessar que não percebo o que correu mal na nossa história. Como é possível que nós, um Povo que descende das gerações de portugueses que "deram novos mundos ao mundo", que descobriram o Brasil, que viajaram pela África e pela Índia, que foram até ao Japão e a lugares bem mais longínquos, que deixaram uma língua e traços de cultura que ainda hoje sobrevivem e são lembrados com admiração, como é possível que hoje sejamos o mais pobre País da Europa Ocidental?
O Embaixador sorriu:
- Meu caro, você está muito enganado. Nós não descendemos dessa gente aventureira, que teve a audácia e a coragem de partir pelo mundo, nas caravelas, que fez uma obra notável, de rasgo e ambição.
- Não descendemos? - reagiu, perplexo, o jovem diplomata - Então de quem descendemos nós?
- Nós descendemos dos que ficaram aqui...
-Foram esses que votaram em Passos e Portas.
-Os que partiram votariam em Sócrates.

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/08/qual-o-melhor-primeiro-ministro-de.html

.
Isso era para rir
O Passaroco é um dos poucos satisfeitos...
O Passaroco é um dos poucos satisfeitos...
Toni2 Socratico o Salvador da Pátria!
E O CONTRADITÓRIO?
O Viriato do Toni2
Anedotico de verdade
Vejo a TVI e a SIC às 5ªs...
Esses programas são bons para rir.
Falta o Ganda Noia...
Muito bom Toni 2, mesmo assim, quero chorar
quê ????
Correcção...
Sondagem
Uma sondagem para uma resposta obvia!!!

Só um atrasado mental diria que o país está melhor que há dois anos atrás!

A pergunta que se coloca e que não interessa colocar é: "Poderia o país estar melhor?" Ou ainda: "Algum governo poderia evitar, nos últimos dois anos, a situação a que chegamos?" Ou ainda: "Porque estamos nesta situação?". Ou ainda: "Algum politico ou força politica evitará que esta situação se mantenha ou até piore nos próximos anos?".

Estas seriam e são algumas questões bem importantes, mas que não convém colocar.

Eu considero esta sondagem mais um motivo para uma pressão mediática em aumento do frenesim politico, cujo resultado é negativo para a situação dos mais vulneráveis.

Poderá até servir para uma pressão para motivar dança de cadeiras no poder. O problema é que seria ou será apenas isso, se vier a acontecer.

Mas quem está mal, mal continuará e verá até agravar a sua situação, quem gravita na esfera do poder esfregará as mãos de contente: Ora agora mamas tu ora agora mamo eu!!!

Resumindo: esta é uma sondagem para incitar ao aumento da confusão!!! Nada mais!!!
Olhe!! Não ponho uma vírgula...
perguntas sem resposta possível
Conversa fiada...
deixa-me rir
REFORMADO ROUBADO
Ainda bem!!!
ESTÃO TODOS NESTE GOVERNO?
SÍTIO GOVERNADO (?) POR GATUNOS E ALDRABÕES, LDA.
aparagalhos
Perante a sua exposição...
É assim em Portugal...
A resposta está no voto
sim??
Pelo país
Sócrates ou Passos
Não
Ou...
PORTUGAL ESTÁ PIOR, MUITO PIOR - É MAIS QUE ÓBVIO
Volvidos dois anos de austeridade - austeridade que seria a cura de todas as doenças - o PIB cai abruptamente como nunca ... a Economia retrai cada vez mais ... o Desemprego dispara catastroficamente ... e mesmo o excedente na balança comercial é ilusório, pois deve-se ao empobrecimento generalizado das famílias e à consequente retracção do consumo interno ... e não à criação de mais produção nacional ...

Hoje Portugal está pior, muito pior ... isso é mais que óbvio ...

Não se augura nada de bom nem para o presente nem para o futuro ...

Este foi decididamente o caminho do desastre ...

E se alguém viveu acima das possibilidades não foi com certeza a esmagadora maioria dos portugueses ... esses tendem agora a viver bem abaixo das necessidades ...

Os apoiantes deste DesGoverno são tão culpados como o próprio DesGoverno ... porque são cúmplices ... e têm uma quota parte de responsabilidade na fome, na miséria, na desgraça e no assassinato Social que bateu à porta de Portugal ...

Como pode este grupelho de gatunos, embusteiros, traidores e destruidores da pátria continuar no comando do destino do País ???!!!!!
Portugal está melhor
Ahhhh?
Muitas empresas fecham,
adoro...
És um lamechas
Inércia?
Passaroco, Ldo.
Trabalho
Ahhhh (2)?
Mais credível
Encomendas
É uma sondagem encomendada pela oposição, com os resultados esperados. Não serve para nada, a não ser ficar a saber que ainda há 23,5% que acha que está tudo na mesma. Não estão desempregados, nem são funcionários, nem pensionistas, certamente.

Mas é desonesta, não pergunta onde e o quê podia ser melhor, é omissa sobre a intervenção, sobre a dívida acumulada, sobre as dificuldades e perspectivas, à partida.

Exercício para satisfação do PS, sem consequências.......

A propósito, o título está errado. O governo não deixou o país ......que eu saiba
Sondagem encomendada pelo PS?????
Pagam-te bem certo?
Carapacho
.......
O governo não deixou o país...
Aliás tudo é "encomendado" pela oposição!
APNS
Passos Coelho numa acção de propaganda
partidária para o lançamento de um candidato do PSD na Amadora mandou fechar uma rua impedindo os moradores de regressarem a casa ao mesmo tempo que como no tempo do fascismo essa rua estava cheia de "gorilas" para o proteger mesmo que nem sequer havia qualquer manifestação. Agora ergunta-se quem pagou aos "gorilas" para proteger Passos Coelho numa acção partidària e não em serviço do Estado ou do governo?.....
simples!
E diz que não tem medo.
Não é tanto assim !!

Há pelo menos 2 milhões que se revêem nesta governança e que devem hoje, dia de festança grossa, baterem os pézinhos de contentamento.

Os restantes, são a plebe de 8 milhões de "comunas" como nos chama este Governo !!
Só 2 milhões?
O amor incondicional comove-me.
Este governo "deixou" o país pior?

Calma, não "deixou" ainda, porque continua em funções.
Mas quando este governo sair, não diremos que deixou o país pior, mas que "acabou" com o país!
Isto é uma maré....

daqui a dois meses serão 80% a afirmar isso...

afinal os 80% de perigosos comunistas!
Está pior em tudo
na economia, nas finanças, na educação, na saúde, na s. social, nos biscateiros, na economia paralela, nos xicos espertos, na iliteracia, na falta de cultura, no nível, na educação, na mentalidade cinzenta, bolorenta e salazarenta que teima em não nos deixar.
O discurso da direita é patético.
Ontem na A. da república foi triste ver a figura do ministro da economia, que perante os argumentos da oposição, sobre o desemprego e a economia, debitava um rol de patetisses completamente surrealistas, acreditando no que estava ali a dizer.
A economia está no fundo, e ele, qual náufrago agarrado á tábua, debate-se contra a onda de protestos, sem nunca enxergar, que o que não fez pelo país, resultou na miséria em que nos encontramos.
É patético todo este discurso do governo.
O país arde, e nem as labaredas enxerga.
Acredita que fez tudo direitinho como mandaram os mestres de uma europa a rasgar-se dia-a-dia, e nunca pôs em causa o que lhe ensinavam.
O governo assemelha-se aqueles alunos do antigamente do quadro de honra, que lambuzavam os professores, e tinham sempre a mão no ar, sabichões de encaixe da matéria na véspera, mas que nem compreendiam o que estavam a ler ou a escrever.
Os resultados´eatão berm á vista.
23.5% de qualquer coisa
23.5% acham que estamos melhor. Em grande parte isto explica porque estamos num buraco. Aposto que Socrates qualquer dia vai passar a ter sondagens positivas, e até Salazar será relembrado com nostalgia. Povo que não aprende é povo que não evolui.

Mais vale acreditar num primeiro-ministro que mente e em ministros das finanças incapazes de fazer uma tabela de retenção de IRS do que ter trabalho para melhorar o pais. Votar e analisar, uffaaa que trabalheira.
calma...
calma...
:)
Já há exemplos passados...........
Comunicação social temos que ser nós.
"não estão contentes com o Governo"
Isso dito assim nesse português suave, brandamente, até da ideia que alguma vez estiveram. Puseram a cabeça no cepo, agora olha!
O país que o governo encontrou
É necessário ter em linha de conta que quando o actual governo chegou ao poder, o país estava praticamente falido, e ainda está. É necessário fazer muito mais e continuar a reformar, sem medo.
pois! pois!
@jpu
24 Abril
Só confeci um Pais onde vivi bem antes do 25 de Abril 74, esse Pais era Portugal onde tinha orgulho de ser Portruguês, deste dessa data os vampiros tomaram conta deste Pais, onde ja esta toda sugado, ja não tem Alma esta ja morto.
Viva a União-Nacional !!
Comentários 146 Comentar

Últimas

Passos, o Dom Casmurro

Estou convencido que caso Machado de Assis tivesse conhecido Passos Coelho, seria o ...

Ver mais

Pub