19 de setembro de 2014

'Nem nem' e 'nem nem nem': desculpas para quê?

Aurora Teixeira |
Os chamados nem nem (em inglês, NEET - neither in employment, education nor training) são jovens (15-24 anos) que nem estudam nem trabalham. Segundo os dados publicado num relatório recente da OCDE (Education at a Glance 2014), Portugal tem das taxas mais elevadas de 'nem nem': 15% dos jovens com idades entre os 15 e os 24 anos não ...

Falemos então de emprego

Alexandre Abreu |
O discurso em torno da suposta recuperação do emprego tem vindo a subir de volume e de entusiasmo. Mas que dizem os factos quando olhamos mais de perto?
O vício dos salários baixos tem custos

O vício dos salários baixos tem custos

Os baixos salários em Portugal, a OPA sobre a Espírito Santo Saúde e a queda das ações da Apple após a eventual falha de segurança na iCloud na análise de Elisabete Tavares, jornalista do Expresso/Exame, na SIC Notícias.

A Economia e os ladrões ... de bicicletas

Aurora Teixeira |
Dado o stress pós traumático que a 'BESificação' do país tem representado, não é de estranhar que os dados, recentemente publicados pelo INE, do  Emprego/Desemprego  e do  Produto Interno Bruto  (PIB) não tenham merecido um maior destaque/debate por parte dos meios de comunicação. ...

Taxa de emprego em Portugal mantém-se nos 62%

Joana Madeira Pereira |
No primeiro trimestre deste ano, a taxa de emprego em Portugal manteve-se nos 62%, um valor idêntico ao registado nos últimos três meses de 2013. Em relação ao período homólogo, o emprego cresce 1,7 pontos percentuais, diz a OCDE.

Pátria ou Morte?

Paulo Barradas |
Longe vai já o ano de 1964 mas o discurso de Che Guevara nas Nações Unidas em Nova Iorque ficará para sempre na história, incluindo a proclamação das palavras de ordem da revolução Cubana e de outras revoluções na América do Sul: Patria o Muerte! A crescente globalização ocorrida desde então e a actual crise têm feito aumentar os ...

O melhor emprego do mundo

Comendador Marques de Correia |
Apesar de tudo, Portugal demonstra ter condições de trabalho invejáveis até para suíços ou noruegueses
A Teixeira Duarte conta fechar este ano com uma produção superior face a 2013
DR

Teixeira Duarte contratou 700 desde janeiro

Abílio Ferreira |
Nos últimos 12 meses, a Teixeira Duarte recutou 1347 empregados, 700 dos quais desde o início do ano. Mas todas as contratações foram feitas nos mercados externos.
Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub