2 de agosto de 2014

Taxa de emprego em Portugal mantém-se nos 62%

Joana Madeira Pereira |
No primeiro trimestre deste ano, a taxa de emprego em Portugal manteve-se nos 62%, um valor idêntico ao registado nos últimos três meses de 2013. Em relação ao período homólogo, o emprego cresce 1,7 pontos percentuais, diz a OCDE.

Pátria ou Morte?

Paulo Barradas |
Longe vai já o ano de 1964 mas o discurso de Che Guevara nas Nações Unidas em Nova Iorque ficará para sempre na história, incluindo a proclamação das palavras de ordem da revolução Cubana e de outras revoluções na América do Sul: Patria o Muerte! A crescente globalização ocorrida desde então e a actual crise têm feito aumentar os ...

O melhor emprego do mundo

Comendador Marques de Correia |
Apesar de tudo, Portugal demonstra ter condições de trabalho invejáveis até para suíços ou noruegueses
A Teixeira Duarte conta fechar este ano com uma produção superior face a 2013
DR

Teixeira Duarte contratou 700 desde janeiro

Abílio Ferreira |
Nos últimos 12 meses, a Teixeira Duarte recutou 1347 empregados, 700 dos quais desde o início do ano. Mas todas as contratações foram feitas nos mercados externos.

E que tal uma Constituição para o sector privado?

Paulo Barradas |
Já estamos habituados ao papel que o Tribunal Constitucional tem tido na governação de Portugal e nas nossas vidas, do sector público e do sector privado. Os investidores e credores internacionais também já se habituaram, após anos de grande surpresa e estranheza quanto ao funcionamento peculiar deste jardim à beira mar plantado, mas ...

Crescimento, emprego... e já agora um unicórnio

Alexandre Abreu |
No rescaldo das eleições europeias, os líderes europeus anunciaram uma aposta reforçada no crescimento e no emprego. Vão pô-la em prática através de reformas estruturais e do recurso à política monetária. Não vai resultar.

Emprego para todos

Paulo Barradas |
Somos cada vez mais cidadãos europeus de Portugal. Quer gostemos ou não e para o bem e para o mal. E parece que cada vez menos gostamos de ser. De facto, sabemos desde 1989 (segundas eleições europeias já com abstenção de 48,9%, tendo as primeiras em 1987 registado "apenas" 27,58%) que as eleições europeias são as que despertam menos ...
Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Últimas


Pub