31 de outubro de 2014

Nem só de ouro são as gaiolas

Marta Ramalho (Sapato N.º 40) |
É já em cima da hora, mas falta-me a mim falar da "Gaiola Dourada". O filme que anda a arrebatar bilheteiras e a dividir opiniões. Não querendo usar este meio como veiculo privilegiado de opinião pessoal, não posso deixar de o usar para falar daquela que me parece ser a característica mais marcante do retrato escolhido. Para lá do ...

As escolhas do Irão

Miguel Monjardino (www.expresso.pt) |
Escolha uma das opções para ler o artigo inteiro Compre o Expresso na banca Assine o Expresso no site Clique para aceder à zona das assinaturas. Aceda ao Expresso no iPad ...

Precisamos de médicos colombianos?

Perante isto, a pergunta é simples: nós precisamos de importar médicos da Colômbia ou da Cochinchina? Não era mais simples voltar a contratar os médicos portugueses que entraram na reforma? O argumento de que "x não pode voltar a trabalhar para o Estado depois da reforma" ...
A vida de saltos altos - Saber dizer N-Ã-O!

Saber dizer N-Ã-O!

Raquel Pinto (sapato nº37) (www.expresso.pt) |
De que nos vale o "Sim", se excluímos o "Não"? Nada. Somos homens e mulheres sem limites e pouco respeitados.

A ilusão da liberdade

Luís Carmelo |
O que comanda as escolhas no Facebook não é uma súmula de interesses ou critérios e muito menos a liberdade. Existe um fluxo bem anterior a tudo isso, espécie de voragem cega que manipula vontades, desejos e opções tal como se manipulam marionetas. 
Os vinhos da década

Os vinhos da década

João Paulo Martins |
Que grande complicação! Escolher apenas dez vinhos para representarem uma década é uma maldade. Os nossos vinhos cresceram tanto em qualidade durante este período que a lista merecia ter 100 ou 500 ou 1000 vinhos. Mas vamos às escolhas. Subjectivas? Claro que sim...

Cardápios eleitorais

António de Almeida |
Dia 27 de Setembro, o povo terá de fazer escolhas difíceis. Entre o egoísmo do que conseguiu em anos de certo descontrolo, ou o abdicar de alguma qualidade de vida. Entre a miopia do curto prazo, ou uma visão de futuro. A responsabilidade dos partidos é enorme. Também eles têm de fazer escolhas. Conquistarem votos através de promessas ...

As Nossas Escolhas

Com 79 concertos em três dias, não dá para ver tudo. Mas dá para ver muita coisa. Aqui fica um dos muitos caminhos que pode seguir.

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub