29 de janeiro de 2015

A novela de Ricardo Salgado e do contabilista que não fugiu

Henrique Monteiro |
A novela do BES está a tornar-se interessante. Como nas novelas a sério, perdemos uns episódios devido a assuntos mais urgentes - os ataques terroristas em Paris - mas estamos a tempo de retomar o fio à meada. O célebre contabilista que começou por ser responsabilizado por tudo, o 'Comissaire aux comptes', foi à Comissão Parlamentar e, segundo ...

A perseguição ao Dr. Salgado

Comendador Marques de Correia |
A Coluna de Alterne, sempre atenta ao lado oculto dos problemas e aos problemas ocultos pelos lados, descobriu algo que estava à vista de todos: há uma perseguição em curso ao Dr. Ricardo Salgado, aos seus amigos, aos seus familiares e até aos seus políticos preferidos. Eis algo que não pode acontecer numa democracia!

O nome Espírito Santo é hoje um "produto tóxico"

Elisabete Tavares |
Na comissão de inquérito ao caso BES, José Manuel Espírito Santo diz que o maior sacrifício do que sucedeu caiu sobre os clientes e os colaboradores do grupo mas também foi sacrificado o nome Espírito Santo que é hoje um "produto tóxico". "É muito duro para mim", afirmou.

Salgado: cometeu crimes ou não sabe contar

Henrique Raposo |
Só há dois caminhos para Ricardo Salgado: ou cometeu crimes, ou não sabe contar pelos dedos. Ou Salgado liderou os crimes financeiros cometidos no GES, a começar nos balcões do BES, ou estes crimes foram cometidos debaixo da incúria inconcebível e amadora de Salgado. E sabem que mais? O facto maravilhoso da defesa em curso ...

Centros de Decisão Nacionais - alguém pede desculpa?

Henrique Monteiro |
Ninguém pode adivinhar o futuro, mas qualquer pessoa sensata sabe que as ideias têm consequências e, por estas não serem absolutamente previsíveis, as ideias devem basear-se em regras que devem ser plasmadas na Lei ou fundamentadas na ética.

A novela BES

Este humilde escriba abre o word em branco para começar a sua crónica semanal. Que turbilhão que sobe logo à cabeça. Escrever em Portugal, todas as semanas sobre a actualidade, é um caso de equilíbrio e de antiguidade. Assim que é publicada a crónica entra a realidade em movimento, os factos, os contra-factos e as novelas que desmentem, ...
Ver mais
Receba a nova Newsletter
Ver Exemplo

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador

PUBLICIDADE

Pub