20 de setembro de 2014
Tudo a postos para os Globos de Ouro

Tudo a postos para os Globos de Ouro

Já começou a contagem decrescente para a XVII Gala dos Globos de Ouro e, como já é tradição, será uma noite de inúmeras surpresas, emoções e aplausos.
'O Meu Raul': recordar Raul Solnado (vídeo)

"O Meu Raul": recordar Raul Solnado (vídeo)

Alexandre Costa (www.expresso.pt) |
Mais de dois anos depois do desaparecimento do humorista, estreia esta quinta-feira nos cinemas "O Meu Raul", o documentário de Patrícia Vasconcelos sobre Raul Solnado. 
Vídeo: uma farsa para miúdos

Vídeo: uma farsa para miúdos

Alexandre Costa (www.expresso.pt) |
"O Fidalgo Aprendiz", a farsa de D. Francisco Manuel de Melo outrora protagonizada por Raul Solnado, transformada numa peça juvenil que quebra as fronteiras entre o palco e o público. Até 15 de Maio no Teatro D. Maria II.

Raul

Inês Pedrosa |
Amigo é alguém que puxa pelo melhor de nós.

Raul

José Manuel dos Santos |
A sua morte faz-me falar da sua vida e da sua arte. No primeiro "Zip Zip", ele entrevistou Almada Negreiros, e esse foi um dos momentos míticos da televisão. O autor da "Cena do Ódio" e do "Manifesto Anti-Dantas" era um homem com um sentido instintivo do espectáculo e sabia fazer a grande afirmação e a grande negação que provocam, espantam, ...

Uns senhores

António Tavares-Telles |
O "Público" destacou a vitória do FC Porto na primeira prova do calendário português - a Supertaça - dedicando-lhe a grande foto da sua capa. E até "A Bola", apesar de colocar-lhe o anúncio de uma entrevista com César Peixoto por cima, também o fez. Tal como "O Jogo", se bem que, no caso deste último, ocupando com Bruno Alves e companhia o ...
Aplausos na hora da despedida

Aplausos na hora da despedida

Lenços brancos, lágrimas e muitos aplausos. Foi assim que mais quinhentas pessoas se despediram de Raul Solnado à entrada do cemitério dos Olivais. A cerimónia fúnebre foi restrita à família e amigos próximos. (Vídeo no fim do texto) Visite o especial dossiê Raul Solnado (1929-2009) .
O funeral realizou-se ao fim da tarde, no cemitério dos Olivais
António Cotrim/Lusa

Meio milhar de pessoas despedem-se com aplausos

Lusa |
Lenços brancos, lágrimas e muitos aplausos. Foi assim que mais quinhentas pessoas se despediram hoje de Raul Solnado à entrada do cemitério dos Olivais. A cerimónia fúnebre foi restrita à família e amigos próximos. (Vídeo no fim do texto) Visite o especial dossiê Raul Solnado (1929-2009) .
Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub