Anterior
Cameron pede desculpa a famílias das vítimas do desastre de Hillsborough
Seguinte
Obama promete Justiça
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >  Gaspar admite atenuar austeridade anunciada para 2013...

Gaspar admite atenuar austeridade anunciada para 2013...

Ministro das Finanças diz que tudo depende dos cortes na despesa. Anúncio da Gaspar no Parlamento é mais uma tentativa para acalmar o parceiro de coligação
|

O ministro das Finanças admitiu esta tarde, na Assembleia da República (AR), que algumas das medidas de austeridade ontem por si anunciadas podem ser atenuadas, caso o Governo consiga maiores poupanças do lado da despesa. Uma possibilidade aberta por Vitor Gaspar durante o debate sobre a quinta avaliação da troika, que está a decorrer na Comissão Permanente da AR.

O líder parlamentar do CDS, Nuno Magalhães, tinha defendido, minutos antes, que a definição das medidas definitivas "está em progresso até ao final do processo orçamental" e que "deve ser feito um esforço redobrado do Governo para encontrar reduções na despesa orgânica do Estado com empresas públicas, institutos públicos e parcerias público-privadas".



Na resposta, Gaspar garantiu que isso "é inteiramente verdade", reafirmando uma possibilidade que já tinha admtido de manhã, na reunião à porta fechada com as bancadas do PSD e do CDS. "Faremos todos os esforços para diminuir a despesa da Administração Pública e procuraremos atenuar o conjunto de medidas de agravamento fiscal ou redução de despesas sociais que estão neste momento previstas. Esse é um esforço da maior importância", admitiu o governante.

O CDS gostou do que ouviu. João Almeida, porta-voz do CDS, que na reunião da manhã foi muito crítico das opções orçamentais de Vítor Gaspar, insistiu na importância de "substituir aquilo que é mais pesado e mais gravoso pelo corte na despesa pública". Esse é o caminho, disse o dirigente do CDS, para "permitir que a coesão social se mantenha e concertação social não se desfaça".


Leia tudo sobre a crise política em que Portugal mergulhou na edição de sábado do Expresso


Opinião


Multimédia

Edwin. O rapaz que aprendeu a sonhar

O que Edwin sabia sobre a vida era sobreviver. Na cabeça dele não cabiam sonhos e os dias eram passados à procura de comida para ele e para a mãe e para o irmão. A fome espreitava nos cantos da barraca de palha no Quénia e ele escondia-se dela como podia - chupar as pedras era uma forma de a enganar. Mas a sorte dele mudou porque alguém viu nele outra coisa. E tudo começou numa dança. Agora, os mesmos dedos que agarravam as pedras tocam hoje teclas de um piano Bechstein. E os pés dele já não estão nus mas calçados. Com chuteiras. Primeiro no Benfica, agora no Estoril, o miúdo de 15 anos que fala como gente grande descobriu que tinha um sonho: ser futebolista. Como Drogba.

Todas as ilhas têm a sua nuvem

Raul Brandão chamou-lhe 'A Ilha Branca'. Como viajante digo que tem um verde diferente das outras oito que com ela formam o arquipélago dos Açores. É tenra, mansa, repousante e simultaneamente desafiante. Esconde segredos como a lenda da Maria Encantada e um vulcão florestado a meio do século passado que nos transporta para uma dimensão sulfurosa e mágica. Obrigatória para projetos de férias de natureza.

Em três quartos de hora não se esquece só a idade. "Esquece-se o mundo"

Maria do Céu dá três voltas ao lar sempre que pode. Edviges vai a todos os velórios, faz hidroginástica e sopas de letras. António dá um apoio na Igreja e nos escuteiros. Tudo é uma ajuda para passar os dias quando se tornam todos iguais. No Pinhal Interior Sul, a região mais envelhecida da União Europeia, quase um terço da população tem mais de 65 anos. Os mais velhos ficaram, os mais novos partiram.

Profissão: Sniper

O Expresso foi ver como são selecionados, que armas usam, para que missões estão preparados os snipers da Força de Operações Especiais do Exército. São uma elite dentro da elite. Um pelotão restrito. Anónimo. Treinam diariamente com um único objetivo: eliminar um alvo à primeira, mesmo que esteja a centenas de metros. Humano ou material. Sem dramas morais, dizem.

Xarém com conquilhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione com esta nova receita.

O que se passa dentro da cabeça dele

O que leva um tipo a quem iam amputando uma perna a regressar ao sítio onde os ossos se desfizeram, uma e outra vez, e testar os limites do seu corpo? Resposta: a busca pelo salto perfeito, que ele diz existir dentro dele e que ele encontrará mais dia menos dia. É a fé e a confiança que o movem e o levam a pular para lá do que é exigido a um campeão olímpico e mundial que não tem mais nada a provar a ninguém - a não ser a ele próprio. Este é um trabalho que publicámos em agosto de 2014, quando o saltador se preparava para os Europeus e falava das metas que tinha traçado para 2015 e 2016: mostrar que não estava acabado. Sete meses depois, provou-o no Europeu de pista coberta em Praga, onde venceu este fim de semana.

Amadeu, que aprendeu o mundo no campo e tinha o coração na ponta dos dedos

Em Portugal, a dedicação à língua mirandesa tem nome próprio: Amadeu Ferreira, o jurista da CMVM que - quando todos diziam que "era uma loucura impossível" - arranjou tempo para traduzir "Os Lusíadas", a "Mensagem", os quatro Evangelhos da Bíblia e ainda duas aventuras do Asterix para uma língua que pertence a um cantinho do nordeste português e é falada por menos de 15 mil pessoas. No final de 2014 deu ao Expresso aquela que viria a ser a sua última entrevista. Morreu no passado domingo e esta quinta-feira foi lançada a sua biografia, "O fio das lembranças", com quase 800 páginas.

Temos 16 imagens que não explicam o mundo, mas que ajudam a compreendê-lo

O júri do World Press Photo queria dar o prémio maior da edição deste ano (e talvez das edição todas) a uma fotografia com "potencial para se tornar icónica". A primeira imagem desta fotogaleria, por ser "esteticamente poderosa" e "revelar humanidade", é o que o júri procurava. A fotografia de um casal homossexual russo, a grande vencedora, é a primeira de 16 imagens de uma seleção onde há Messi desolado, migrantes em condições indignas no Mediterrâneo, a aflição do ébola, mistérios afins e etc - são os contrastes do mundo.

Vamos falar de sexo. Seis portugueses revelam tudo o que lhes dá prazer na cama

Neste primeiro episódio de uma série que vai durar sete semanas, seis entrevistados falam abertamente sobre aquilo que lhes dá mais satisfação na intimidade. Sexo em grupo, sexo na gravidez, prazer sem orgasmo e melhor sexo após a menopausa são alguns dos temas referidos nos testemunhos desta semana. O psiquiatra Francisco Allen Gomes explica ainda a razão de muitas mulheres fingirem o orgasmo. O Expresso e a SIC falaram com 33 portugueses que deram a cara e o testemunho de como são na cama. Ao longo das próximas sete semanas, contamos-lhe tudo.

Elvis. Gostamos ou não gostamos?

Ele não é consensual, mas é incontornável. Dispunha de penteado majestoso e patilha marota, aparentava olhar matador e pose atrevida. E deixou canções: umas fáceis e outras nem tanto, por vezes previsíveis e às vezes inesperadas, ora gentis ora aceleradas. E ele, Elvis, nasceu em janeiro de 1934 - há precisamente 40 anos, ao oitavo dia. Temos quatro textos sobre o artista: Nicolau Santos, Rui Gustavo, Nicolau Pais e João Cândido da Silva explicam o que apreciam, o que toleram e o que não suportam.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Desfile de vedetas

Saiba tudo sobre os modelos concorrentes ao Carro do Ano 2015/Troféu Essilor Volante de Cristal. Conheça o essencial sobre os 20 automóveis participantes nesta iniciativa, da estética, às características técnicas, do preço ao consumo. A apresentação ficará completa no dia 3 de janeiro.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Desacelerámos a realidade para observar a euforia da liberdade

Ela, Jacarandá, é algarvia. Ele, Katmandu, é espanhol. São linces e agora experimentam a responsabilidade da liberdade: foram soltos esta terça-feira numa herdade alentejana, próxima de Mértola, eles que saíram de centros de reprodução em cativeiro. Foi inédito: nunca tinha acontecido algo assim em Portugal. Estivemos lá e ensaiámos o slow motion.


Comentários 45 Comentar
ordenar por:
mais votados
A comunicação social em Portugal nada diz do que
realmente se passa e quais os protagonistas. Porquê Passos Coelho contractou Antonio Borges ex-Goldman Sachs? por exemplo. A Goldman Sachs foi atirada para a ribalta no Outono de 2008. O Banco está em todo o lado: na falência do Banco Lehman Brothers, na crise grega, na queda do euro, na reistência da alta finança a toda a regulação, no financiamento dos défices e até na maré negra do golfo do México. A sada da Goldman Sachs é um "thriller" financeiro implacável, funciona como um feudo do dinheiro. "Eu faço o trabalho de Deus" afirmou o director-executivo da GS, como se diz em Wall Street ou na City londrina, resume a sede de poder de O Banco. Dirigem o mundo no maior secretismo. Por detrás de uma lei do silêncio que nunca ninguém ousou quebrar desde a sua fudação em 1868, podem realmente dominar o planeta. Por exemplo o presidente do Banco Cenral Europeu, Mario Draghi, foi vice-presidente do Goldman Sachs Internacional para a Europa entre 2002 e 2005. Ele era o "sócio" encarregado das "emoresas e paises soberanos", o departamento que tinha , pouco antes da sua chrgada, ajudado a Grecia a maqulhar as suas contas graças ao produto financeiro "swap" sobre a divida soberana. Antonio Borges, dirigente do Goldman Sachs entre 2000 e 2008, foi director do Fundo Monetário Internacional, em 2010, funções que o llevaram a supervisionar alguns dos maiores emprestimos da hisória da instituição: à Grecia e à Irlanda. O actual residente do Conselho Italiano, Mario Monti, foi consultor

Re: A comunicação social em Portugal nada diz do q
!
Pôrra! Alguns não devem levantar o cu da cadeira que têm junto ao computador o dia inteiro. Quanto é que o partido lhes pagará? Se algum partido me pagar eu também faço um esforço e apresento aqui mais comentários...
Re: !
Cavaco deve exigir a cabeça do Gaspar
Cavaco Silva só tem uma coisa a fazer se não quiser alinhar no último comboio para o buraco , conduzido pelo ministro das finanças.

Exigir a cabeça do ministro das finanças Vitor Gaspar , que já se viu não tem mãos para isto , pode ser muito bom em termos de finanças , mas deixa muito a desejar em termos economicos , já que não consegue antecipar qualquer cenário , nem macro , nem micro.
!
Criar empregos em vez de postos de trabalho foi fácil. Criar empresas públicas para meter lá amigos e afilhados foi fácil. Manter empresas públicas que deveriam ter sido extintas há muito, foi fácil. Fazer obras públicas a pedido dos empresários do partido foi fácil. Pedir empréstimos e criar dívidas astronómicas foi fácil. Desbaratar dinheiro para ganhar votos foi fácil. Aumentar impostos desde 1974 até agora, tem sido fácil. Mentir a um POVO de brandos costumes tem sido fácil. Criar um estado semi-comunista que gasta 50% do PIB foi fácil..............
Re: !
Continuação do comentário anterior
Mario Monti, dizia eu, foi consultor internacional do Goldman de 2005 até à sua nomeação para a chefia do governo italiano. Entre nós, Antonio Borges ex-Goldman é actualmente consultor de Passos Coeho para as privatizações, ou seja, o seguimento da linha de destruição de um País em beneficio de grandes interesses economicos e financeiros à custa do empobrecimento dos cdadãos...
Re: Continuação do comentário anterior
Valia mais saírmos do euro agora
Após um ano de corte nos subsídios , de ír alem da troika , que na prática de nada serviram alem de piorar a situação dos portugueses , o governo volta a insistir na mesma receita , apertando novamente o garrote , mas desta vez com mais força , aterrorizando os portugueses e criando um clima de terror e ansiedade no país , que já chegaram à conclusão e bem que esse novo apertar do garrote , nada irá resolver novamente , mas meramente agravar e de que maneira a situação do país.

Perante isto , como o euro continua com todas as falhas estruturais e a UE continua a funcionar de maneira deficiente , como um directorio em teoria , mas que na prática só um país dita as leis , a Alemanha , isto a não mudar , a continuar assim , o euro continuará a ser um projecto falhado e condenado a muito curto prazo.

Valerá apena , estes sacrifícios todos aos portugueses que ainda vão ser mais no próximo ano , para depois acabarmos por saír do euro ?

Mesmo que na pior das hipóteses , a saída do euro representasse uma desvalorização de 50% na nova moeda , a que sou ceptico , porque isso implicaria que os bancos centrais e os países ficassem a assistir ao contagio sem fazer nada , o que seria pior então ?

Um corte de 50% numa base de 100 , ou um corte de 50% numa base de para aí 70 no próximo ano.

Valia mais saírmos do euro que continua condenado e evitar-se-ía estes sacrificios todos para nada com os piores ainda para vir quando a saída ou implosão do euro se confirmar.
ah, ah, ah............

Finalmente...

fizeste-me rir

Ai se eu te pego!
OS IMPOSTORES A PASSAREM ... AMACIADOR ...
admitem atenuar austeridade anunciada ...

Olhem só como os trabalhadores honestos, os reformados e pensionistas ... ficaram muito mais aliviados ... quase deram pulos de alegria ...

E pensaram ...

- Nas próximas eleições (se houver próximas eleições ...) ... vou votar no PSD ou no CDS-PP ...

Até eu ...

Chiça !!!! ... estava a brincar ...

 
GASPAR, ESTÁ COM ELE APERTADO?
Podes crer que o Inverno para o vosso governo vai começar, e quer tu gostes ou não tens de gramar o Inverno! Só espero que não passasem do Inverno!
Na Argentina com os taidores que queriam tudo
privatizar, foi assim. youtu.be/NR8roBvl2eU
A indignação é geral. Rua com os traidores.....
Mário Soares defendeu hoje que "seria um desastre para todos" se a actual legislatura "fosse até ao fim".

O ex-Presidente considerou que o país pode estar perante uma crise política. "É possível que este Governo não se aguente. Este Governo está a governar muito mal", afirmou, adiantando esperar que "esta legislatura não vá até ao final". "Seria um desastre para todos se fosse até ao fim", disse ainda.
 
Soares afirmou também estar "absolutamente indignado" face às novas medidas de austeridade anunciadas pelo Governo, adiantando que participaria na manifestação de sábado se não tivesse compromissos.
 
"Estou absolutamente indignado. Se não tivesse de ir para o Algarve, que tenho lá obrigações, iria no dia 15 com certeza à manifestação", disse o ex-governante em declarações aos jornalistas à margem da cerimónia de doutoramento "honoris causa" do antigo presidente do Brasil Fernando Henrique Cardoso, em Lisboa.
 
Questionado se o PS deve votar contra o Orçamento de Estado de 2013, o líder histórico socialista disse que não existe alternativa para o partido a não ser "votar contra".
Re: A indignação é geral. Rua com os traidores....
gaspar-admite-atenuar-austeridade-anunciada
Gaspar o pistoleiro

Dispara primeiro
Pergunta quem vem lá depois.

Gaspar o merdas

Borra primeiro
Limpa depois.

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/05/victor-gaspar-e-medina-carreira.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/09/silva-lopes-acusa-governo.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/09/acorda-portugal-antonio-aleixo-sempre.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/09/austeridade-estas-medidas-sao-um-erro.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/09/pensoes-descem-35-10-por-cento.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/09/privados-perdem-2-f-publica-3-salarios.html

Re: gaspar-admite-atenuar-austeridade-anunciada
lol
Isto parece O Diário a Rum; objectivo aumentar qualquer coisa 5%, anuncia-se aumento de 10% e depois com agitação que isso provoca na sociedade negoceia-se de os 10 até aos 5% e as pessoas ficam contentes!
Re: lol
Têm mêdo um dos outros....
A coligação submerge e emerge ao sabor não dosResistente (seguir utilizador), 2 pontos , hoje às 17:49 interesses do País e dos cidadãos, mas ao sabor dos interesses obscuros dos seus protagonistas..Porque será que as divergências entre o PSD e CDS ão provocam a rotuura da coligaão? Divergem nas alterações da legislação autarquica, no rumo a dar à RTPP e agora quanto aos impostos. Seria o suficiente para em qualquer Pais haver uma rotura na coligaçao como já tem acontecido. Mas em Portugal isso é impossivel porque os dois partidos sabem muita coisa um dos outros, incluindo o boneco do presidentte da repúblca e isso torna inviável o assumir da dignidade partidària e nada acontece. Por razões patrioticas diz um dos contendores, sem assumir as divergênciase e a não rotura da coligação...

Este governo é uma fraude...
De reformas basta ouvir o que dizem os senadores do PSD, não fizeram nada, a estrutura do estado e as gorduras continuam as mesmas, a liberalização do mercado interno para haver concorrência e investimento, nada fizeram. Nas rendas e privilégios nem tocaram. Apenas atacaram os trabalhadores por conta de outrem, os funcionários públicos e os reformados…Ainda assim aumentaram em 20.000 a divida nacional, só num ano…O défice é um pretexto para dar uma golpada no regime politico/social e económico, transferindo mais de dez por cento do PIB para os tubarões do poder económico que controla o governo. Estes cortes medonhos e arrasadores da economia nacional não são necessários para cumprir o défice…Caso cortassem as gorduras nem era preciso aumentar os impostos…Calculando que 55% do PIB são cerca de 120.000milhões que são distribuídos por todos os portugas, depois da fatia do Estado ficar com o resto. Caso apliquemos a este montante um imposto de 2,5% daria cerca de 2.050 milhões, mais do que suficiente para tapar o buraco do défice em 2013, caso se mantivessem as mesmas despesas e as mesmas receitas do ano de 2012. Nem é preciso fazer muitas contas…Mentem, tratam os portugueses com uma enorme falta de respeito desde o primeiro dia em que começaram a governar, a fazer o contrário do que tinham prometido nas eleições…Tudo piorou devido ao neoliberalismo selvagem, à incompetência e à subserviência aos poderosos…Nesta altura tornou-se um governo ridiculo sem credibilidade...
Comentários 45 Comentar

Últimas

Receba a nova Newsletter
Ver Exemplo

Pub