24 de abril de 2014 às 11:57
Página Inicial  ⁄  Economia  ⁄  Ganhar um MBA

Ganhar um MBA

24 jovens participam este fim-de-semana, em Peniche, na penúltima fase de selecção do Primus Inter Pares, que distingue os líderes do futuro. Os três vencedores ganham um MBA.
Liliana Coelho
Os finalistas do Primus Inter Pares, uma iniciativa conjunta do Banco Santander Totta e do Expresso
Os finalistas do Primus Inter Pares, uma iniciativa conjunta do Banco Santander Totta e do Expresso
Nuno Botelho

Vontade de vencer é o denominador comum entre os finalistas dos cursos de Mestrado de Gestão de Empresas, Economia ou Engenharia que passaram à segunda fase do Primus Inter Pares, uma iniciativa conjunta do Banco Santander Totta e do Expresso, que visa distinguir os empreendedores do futuro.

O objectivo é "contribuir para o desenvolvimento do profissionalismo e da excelência na gestão de empresas, através de oportunidades privilegiadas na formação académica complementar, internacional e nacional", explica Amândio da Fonseca, administrador executivo da Egor e responsável pela equipa de observadores do concurso.

Depois de avaliada a parte cognitiva - todos os finalistas terminaram os cursos com média mínima de 14 e submeteram-se a entrevistas e testes psicotécnicos - falta pôr à prova a inteligência emocional através de apresentações orais e provas físicas que decorrem neste fim-de-semana num hotel em Peniche.

"Em provas de orientação e rappel testam-se, por exemplo, as capacidades de liderança, de trabalho em equipa e de ultrapassar obstáculos - características essenciais para gestores de topo", sublinha Amândio da Fonseca.

No final serão seleccionados cinco finalistas que serão entrevistados por um júri presidido por Francisco Pinto Balsemão e Nuno Amado - composto ainda por António Borges, António Vitorino e Estela Barbot.

Os três vencedores ganham a oportunidade de frequentar um MBA à escolha no IE, IESE, ISCTE e Universidade Católica Portuguesa - Universidade Nova de Lisboa (MBA conjunto). Junta-se ainda a atribuição de uma bolsa de estudo de €7500, para o caso de um MBA internacional.

Comentários 1 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
O júri que trabalha com o Estado...
e que meritoriamente têm conduzido este país...
Muito se aprenderá a partir desta escolha...
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub