19
Anterior
Rui Santos: "Sp. Braga tem futebol para ser campeão"
Seguinte
Benfica-FC Porto: 'clássico' entre iguais
Página Inicial   >  Desporto  >   'Gaiola' da Luz não incomoda Super Dragões

'Gaiola' da Luz não incomoda Super Dragões

Fernando Madureira, líder dos Super Dragões, já afirmou publicamente que estar fechado não lhe mete impressão, como acontecerá amnhã no derbi da Luz.
|
Pela primeira vez, as claques do FC Porto vão ficar confinadas a um espaço fechado no Estádio da Luz
Pela primeira vez, as claques do FC Porto vão ficar confinadas a um espaço fechado no Estádio da Luz  / Ana Baião

As claques do FC Porto vão assistir amanhã, pela primeira vez, ao clássico Benfica-FC Porto acantonadas na zona de segurança de vidro acrílico do Estádio da Luz, inaugurada e incendiada a 26 de novembro pelos revoltados vizinhos de Alvalade.

Embora Pinto da Costa tenha referido após a destruição da 'gaiola encarnada' que "nem os animais gostam de estar enjaulados", o líder dos Super Dragões revelou, hoje, ao "JN " que não "faz impressão" à claque portista estar fechada.

Para Fernando Madureira, o importante é o grupo ficar todo junto, apoiar a equipa e ganhar o jogo. O popular líder da mais numerosa claque portista, que participou como habitualmente na reunião de segurança da PSP, também anunciou outra surpresa: os adeptos, ao contrário da época passada, estão autorizados a entrar no Estádio da Luz com faixas de apoio à equipa, bandeiras e tambores.

Batismo de fogo para Vítor Pereira


Em igualdade pontual depois de várias jornadas a cinco pontos de distância do Benfica, os 'azuis e brancos' regressam sexta-feira a um lugar onde foram felizes na época passada e que culminou com os festejos do título, às escuras, na Luz.

Agora, mesmo que a confiança dos adeptos em Vítor Pereira não tenha o fulgor da depositada em André Villas-Boas, Pinto da Costa já afirmou que o campeão nacional vai à Luz para ganhar, independentemente de o jogo "ser na sexta, quinta ou quarta, ou à chegada do avião da seleção".

No batismo de fogo de Vítor Pereira na Luz, os portistas chegam pela terceira vez na história empatados com o Benfica na segunda volta do campeonato. A última vez foi em 2004/05, e tal como nos encontros anteriores, o frente a frente saldou-se num empate.  

Adeptos querem ídolo James a titular 


Fora das contas de Vítor Pereira estão os lesionados Danilo, Varela e Mangala. O jovem James Rodríguez, o novo ídolo dos 'dragões' e talismã da equipa, deverá ser titular, apesar só quinta-feira à noite chegar ao Porto, vindo de Miami, onde defrontou o México. 

Considerado um jogo de alto risco, a PSP vai montar um esquema de 700 agentes para policiar o Estádio da Luz e as suas imediações. Para o interior do recinto, foram contratados 500 stewards.

Os cerca de 2000 adeptos que integram as claques portistas chegarão a Lisboa de autocarro e serão conduzidos para o bairro da Horta Nova, local de onde  seguirão em grupo até à Luz sob vigilância apertada. 


Opinião


Multimédia

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 19 Comentar
ordenar por:
mais votados
Não sei !!

Ficou provado que não resistiu a lagartixas.

Será que resiste a galinhas-que-cospem-fogo ?!?!

PS: Madureira vai estranhar. As "gaiolas" que frequenta têm luz do dia vista por uma nesga.
Gaiolas milagrosas então!
Re: Gaiolas milagrosas então!
Re: Gaiolas milagrosas então!
Re: Gaiolas milagrosas então!
Re: Gaiolas milagrosas então!
Já está a habituado a ir de cana... .
Claro que estar enjaulado não lhe faz impressão!
Re: Já está a habituado a ir de cana... .
Caixa de segurança
Enfim não sei qual é o problema dos portugueses tratarem as coisas pelos seus nomes. Gaiolas, Jaulas a ver se percebem de uma vez por todas - Chama-se Caixa de Segurança!!! è assim que tratam no resto da Europa porque será que aqui é diferente?!
Já agora desde o jogo do Sporting que todas as equipas que têm visitado o estádio da luz têm usado aquela caixa de segurança portanto porque será que é notícia novamente?! Se para o Nacional, Marítimo, etc não foi porque será que tem que ser agora ?!
Re: Caixa de segurança
Qual Jaula, Qual carapuça!
Re: Qual Jaula, Qual carapuça!
Re: Qual Jaula, Qual carapuça!
Re: Qual Jaula, Qual carapuça!
Re: Qual Jaula, Qual carapuça!
É claro....
... que o FCP e seus adeptos acham normal o recurso a uma estrutura usual em muitos dos principais estádios da Europa onde frequentemente jogam.

Quanto aos actuais dirigentes e adeptos do Sporting, pouco habituados a jogar nos grandes palcos da Europa, naturalmente estranharam.

Não gostaram, partiram aquilo tudo e, além de perder o jogo ainda vão pagar cerca de 350 000 Euros referente aos prejuizos.

Assim, não admira aquela brutalidade de prejuizos que a comunicação social anunciou hoje......
Estações de serviço
é que nem lá perto
Claro que não!
Estão habituados a partir tudo nas áreas de serviço...
Que problema de maior lhes cria uma gaiolita???
Bão partir aquilo tudo!!
Derbi da luz?
A senhora jornalista por acaso sabe o que é um derbi?
Pelos vistos não.

Um derbi é um jogo entre equipas da mesma cidade. Portanto o jogo na luz, entre Benfica e Porto nunca pode ser um derbi.
Comentários 19 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub