Anterior
Relatório sobre estado mental de Breivik é entregue hoje
Seguinte
Polícia alemã deteve quarto suspeito de integrar grupo terrorista neonazi
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   França: pai mata filho na máquina de lavar roupa (vídeo)

Opinião


Multimédia

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 6 Comentar
ordenar por:
mais votados
ATERRADOR ...
Na verdade ... não somos todos Seres Humanos ... no que deveria ser entendido como a verdadeira acepção da junção de duas palavras ... Seres- Humanos ...
Um bom exemplo de retrocesso mental agudo
Por uma criança numa máquina de lavar não é o mesmo que dar um tiro na mesma criança. Ambos são actos deploráveis mas um tiro pode ser uma coisa do momento, um acto de loucura. Por um filho na máquina de lavar demora... e como tal, não é loucura temporária mas sim crueldade pura. O bom exemplo de que a evolução humana não inclui todos e que em certos casos como este, a diferença entre um ser humano e um animal é pouca ou mesmo nenhuma.
Não acredito em vinganças mas claramente estas são pessoas que não podem viver em sociedade. Deveriam ficar em isolamento para o resto da vida para que possam viver, muitos anos e se lembrem este dia, todos os dias do resta das suas vidas infelizes, nas suas cabeças insanas.
O outro lado do problema!
Provavelmente é uma família disfuncional, que como as demais, não terá tido licenciamento para procriar. Trata- se duma circunstância nova com a qual não saberiam lidar. Os filhos surgem muitas vezes sem que deles se espere e esta nova circunstância perturba a vida das pessoas, que já de si, vivem stressadas e com dificuldades.
É fundamental, nestes casos, ver o que se pode fazer pelo resto do agregado com apoio psicológico, afectivo e de acompanhamento. Saber as causas e atacá-las é um bom princípio para evitar casos semelhantes.
Chocante
Mas se fosse na noruega, veredito = inocente
Vide:
Noruega: Breivik é psicótico e não pode ser condenado

Acho chocante que a nossa sociedade, perante qualquer crime tão hediondo que não o conseguimos perceber, decrete inocência por razões de demência, psicopatia e afins.
Não me choca que um tipo destes seja dados como demente.
O que choca é ele ser internado num hospital psiquiátrico confortável, até um psicólogo qualquer com a mania que é Deus decidir que o curou e mandá-lo cá para fora outra vez.

Já um tipo que apenas matou outro numa rixa ou num assalto vai anos e anos para a cadeia.
Re: Chocante
2 coisas
Comentários 6 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub