16 de abril de 2014 às 23:53
Página Inicial  ⁄  Atualidade / Arquivo   ⁄  França aprova lei que proíbe véu islâmico em espaços públicos

França aprova lei que proíbe véu islâmico em espaços públicos

Promulgação da lei aprovada hoje no Parlamento está ainda dependente do parecer do Conselho Constitucional. É o primeiro país europeu a proceder a esta interdição.
Lusa
Quem violar a lei arrisca uma pena de multa de €150 ou estágio de cidadania David Vincent/AP Quem violar a lei arrisca uma pena de multa de €150 ou estágio de cidadania

O parlamento francês aprovou hoje definitivamente, com o voto do senado, o projeto de lei que interdita o uso do véu islâmico integral em espaços públicos, a entrar em vigor na primavera de 2011.  

A promulgação da lei está ainda dependente da emissão de um parecer do Conselho Constitucional, que se deverá pronunciar dentro de um mês. 

França, onde o véu integral é usado por cerca de 190 mulheres, segundo estimativas oficiais, torna-se assim o primeiro país europeu a proceder a esta interdição generalizada. 

Uma medida similar está em curso de adoção na Bélgica. 

Multa e estágio de cidadania


O texto não visa expressamente o véu integral, mas sim "a dissimulação do rosto no espaço público", o que inclui as ruas, mas também "os lugares abertos ao público", como estabelecimentos comerciais, transportes, parques ou cafés, ou "lugares afetos a um serviço público", como autarquias, escolas e hospitais. 

O texto proibirá de facto o uso do 'niqab', que só deixa ver os olhos, e da ´burca´, que cobre todo o corpo, sob pena de uma multa de 150 euros ou de um estágio de cidadania. 

A interdição só entrará em vigor na primavera de 2011, depois de seis meses de "pedagogia". 

Qualquer pessoa que obrigue uma mulher a cobrir-se da forma que agora é proibida incorrerá na pena de um ano de prisão e de 30 mil euros de multa, segundo um novo delito, efetivo assim que a lei for promulgada. 

O Conselho de Estado, a mais alta jurisdição administrativa, emitira reservas sobre uma interdição generalizada do véu integral, recomendando que fosse limitada a apenas alguns espaços públicos.    


Comentários 19 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
É NECESSARIO ARREPIAR CAMINHO!
O islão é a maior ameaça á civilização cristã. O laxismo decorrente das ditas teses progressistas, o relativismo com q tudo é encarado e o politicamente correcto levaram os europeus a deixar d cuidar do q é seu. Não me estou a referir a um qualquer bem mas sim aos valores q nos diferenciam d todas as outras culturas e q vão buscar a sua origem aos valores judaicos cristãos. Tudo tem sido teorizado no sentido do enfraquecimento. Este exercício suicida é promovido por muitos d nós. Os princípios e regras das nossas democracias são exaustivamente interpretados permitindo a sua subversão por parte das minorias em detrimento d imensas maiorias. Deixamos d ter os limites q qualquer civilização q queira sobreviver tem q saber ter e preservar. Nem tudo pode ser relativo pois se tudo for negociável perde-se a essência e no presente tema a essência é a matriz cultural q se manifesta no Ser e Estar d toda uma população q habita um continente e q ao longo dos seus séculos d historia discutiu, lutou, reformou e evoluiu. Hoje somos ameaçados, todos, por um crescente perigo q se chama islão. Á conta do negligente sindroma do “deixa andar” instalaram-se nas nossas sociedades comunidades q sob a capa do ser diferente e da procura d uma vida melhor querem, uma vez instalados, subverter o sistema q os acolheu e jamais os questionou. Abusam da tolerância da ainda maioria, subvertem as regras alterando os compromissos e equilibrios e silenciosamente vao mantando a nossa liberdade e pluralismo.
Re: É NECESSARIO ARREPIAR CAMINHO! Ver comentário
Muito bem.
Acho muito bem este tipo de medidas. A Europa peca pelo seu excesso de liberdade. Existe falta de controlo sobre os cidadãos. E faltam regras para garantir a nossa soberania.

Se não vejamos.

Em muitos países árabes as mulheres sejam muçulmanas ou não são obrigadas a usar o véu ou até a burca.

As leis islâmicas são muito mais rígidas que as nossas e não têm qualquer respeito pela vida humana. Ora vejamos os recentes casos das sentenças de apedrejamento de mulheres fundamentadas apenas em uma acusação, ou dos americanos detidos no irão sobre acusação de espionagem.

Os islâmicos queimam bandeiras e figuras de políticos ocidentais e não têm receio das manifestações nos países ocidentais em relação a isso. Mas o contrário!!! Ai meu Deus, vejam o que fizeram quando o pastor baptista no EUA na semana passada ameaçou queimar 200 corões! Toda a gente deu importância e condenou esta ideia!

Vejamos os ataques suicidas que ocorreram em N.I. em 11/9/01, em Madrid 2004 e em Londres em 2006. Foram todos perpetrados por muçulmanos residentes nestes países em que alguns deles até eram naturais.

Temos que fazer um exercício de reflexão e ver até que ponto podemos dar a nossa rica liberdade e deixar de defender os nossos ideais, para que outros mal intencionados se aproveitem da nossa liberdade.

Quem sabe se um dia um terrorista usando uma burca não pode passar despercebido sem qualquer hipótese de ser identificado e realizar um ataque terrorista!

Pensem...
Re: Muito bem. Ver comentário
Re: Muito bem. Ver comentário
Não misturar as coisas!!! A Turquia não!! Ver comentário
Re: Não misturar as coisas!!! A Turquia não!! Ver comentário
Continua equivocado!!! A Turquia não e não!! Ver comentário
Re: Continua equivocado!!! A Turquia não e não!! Ver comentário
Falta de bom senso!! Ver comentário
Re: Muito bem. Ver comentário
Re: Muito bem. Ver comentário
Estágio de Cidadania
Estas mulheres devem ser educadas e obrigadas a aceitar o modo de vida ocidental, sob pena de não poderem viver na Europa. Isto porque estas vestes podem abrigar bombas e como nós sabemos que todos os muçulmanos são potencialmente recrutáveis, por uma questão de segurança, devem ser proibidas em toda a Europa.

Quando é que há coragem para aprovar uma norma europeia neste sentido?
Portugal tinha lei que proibia tapar a cara
Tanto quanto me lembro, Portugal tinha uma lei que proibia andar na rua de cara tapada. Mesmo no Carnaval só se podia andar de máscara em determinados locais. Não sei se essa lei ainda se encontra em vigor. Se assim for o problema das mulheres muçulmanas está resolvido no nosso país.
Gostaria que alguém me elucidasse sobre este assunto.
Islão = Fascismo = Comunismo
Logo, há que acabar com o islão, antes que o islão acabe connosco.
Se se conseguiu derrotar o fascismo e o comunismo, também é possível acabar com islamismo e o próprio islão.
Se houver que defender a liberdade com violência, use-se.
De acordo e ponto!!
Estou de acordo e a norma deveria ser Europeia. sinto muito que possa parecer pouco de acordo com o ideal de liberdade mas honestamente já chega de tanta liberalismo e para mais nem é reciprocuo porque se uma mulher portuguesa ou de qualquer outro pais europeu quiser visitar ou ir em trabalho à Arabia Saudita têm que sair à rua de cabeça coberta então porque não podemos nós obrigar-los também a vestir-se ao nosso modo.
cá devia ser igual
para pirilampos já temos o "pirilampo mágico", este sim é por uma boa causa.
Parabéns à França...
por ter a coragem que tanto faz falta aos restantes países da Europa.
Muito bem, apoiado
Muito bem, apoiado a proibição de andar mascarado o ano todo isto não é carnaval todos os dias é uma vez por ano:Que usem no seu país não tenho nada a ver com isso embora não goste dessa proibição da liberdade das mulheres mas na Europa têm que cumprir com as nossas leis senão RUA,OUT,GO HOME!
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub