11
Anterior
Afegã libertada após promessa de casamento com violador (vídeo)
Seguinte
O passado sombrio de Lady Gaga em vídeo (vídeo)
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Ferraris para a sucata (vídeo)

Ferraris para a sucata (vídeo)

Oito Ferraris, um Lamborghini e três Mercedes envolveram-se num choque em cadeia numa autoestrada japonesa.

Prejuízos estimados do choque em cadeia foram avaliados em 2,87 milhões de euros
Prejuízos estimados do choque em cadeia foram avaliados em 2,87 milhões de euros / Getty Images
Acidente que obrigou ao encerramento da autoestrada durante seis horas terá sido causado por excesso de velocidade
Acidente que obrigou ao encerramento da autoestrada durante seis horas terá sido causado por excesso de velocidade / Getty

A polícia japonesa investiga um acidente de trânsito na zona oeste do país que envolveu 14 carros de luxo, entre eles oito Ferraris, um Lamborghini e três Mercedes, que provocou 10 feridos ligeiros.

O acidente ocorreu quando o primeiro de um grupo de duas dezenas de carros de luxo que viajavam em conjunto embateu no separador central de uma autoestrada da província de Yamaguchi.

Segundo as primeiras investigações, a causa do acidente, que obrigou ao encerramento da autoestrada durante seis horas, está relacionada com o excesso de velocidade.

Os prejuízos deste choque em cadeia foram avaliados em 300 milhões de ienes (2,87 milhões de euros).

O grupo de apaixonados por carros de luxo viajava desde Kyushu até à cidade de Hiroshima.



Veja o vídeo SIC:

Opinião


Multimédia

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 11 Comentar
ordenar por:
mais votados
Carros seguros.
Acidente sem mortos nem feridos graves. obviamente que, quando se anda em carros bons, as probabilidades de morrer ou ficar inválido são bem menores.
É pena o povo só poder comprar carros que quando chocam, é morte quase certa. Os políticos e os restantes corruptos estão livres deste perigo.
é o que se chama ....
....uma notícia de pôr "os olhos em bico" ou não fosse no Japão .
É o que se chama brincar com a fome e a miséria ... deveriam ser obrigados a pagar a dívida externa Portuguesa .
Re: é o que se chama ....
Sucata? Oh lá lá.....
Isso é connosco. Há sucata e Mercedes. Só faltam os robalos.
Onde é que anda o ICEP? Há aqui negócios para fazer!
tamagochis d´um raio
isto é publicidade enganadora!! o que esta rapaziada queria era saber os planos de construção da marca do cavalinho sem recurso a espionagem industrial

Agora que os desmontaram não tarda vão aparecer novos modelos de " Felalis" made in japan..esperem pra ver

 
"carros de luxo"
Mãe de deus... carros de luxo... a este nível, antes de tudo não falamos de carros mas sim de automóveis (é como a diferença de burro para cavalo) e depois não são de luxo (só um completo idiota que não sabe o que é o luxo e afirma que um automóvel desportivo e espartano é luxo...) são despotivos... caros.. muito caros... mas isso não é luxo ... é ter dinheiro para estragar... diferente..
"Vocês sabem lá " o que é um "cavalo de corrida"...
Re:
Temos pena
A mimha opinião é que os proprietarios dos automoveis, já estavam enjoados da cor deles e resolveram manda los em série para a sucata, mas não é grave compram outros num abrir e fechar de ollhos.

Deviam estar atrasados para picar o ponto, por isso iam tão depressa. COITADINHOS.
Re: Temos pena
Re: Temos pena
Inveja
Já li e reli a notícia e não vejo em lado algum dizer que o dinheiro com que compraram os ferraris tinha sido roubado.

Se se trata de empresários de sucesso e o dinheiro proveio dos lucros das suas empresas, para quê tanto resmungo?

Isto não é o "sentimento de justiça" a manifestar-se. É o sentimento de inveja.
Comentários 11 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub