Siga-nos

Perfil

Expresso

Geral

'Jihadistas' mataram mais de 5.000 pessoas em vários países em novembro - Estudo