Siga-nos

Perfil

Expresso

Economia

Crise financeira: Responsável da S&P justifica corte no 'rating' com fracas perspetivas de crescimento

Lisboa, 28 abr (Lusa) - A decisão de cortar o 'rating' de Portugal não aconteceu devido a desenvolvimentos políticos mas sim porque as perspetivas de crescimento da economia são mais baixas que o esperado, afirmou à Lusa Kai Stukenbrock, diretor da Standard & Poor's para Portugal.