Siga-nos

Perfil

Expresso

Economia

Crise financeira: Louçã (BE) propõe que seja a banca e não os desempregados a fazer sacrifícios

Lisboa, 28 abr (Lusa) - O coordenador da comissão política do BE, Francisco Louçã, rejeitou hoje cortes nas prestações sociais e propôs que a banca pague um mínimo de 25 por cento de IRC, uma medida "que recuperaria 600 milhões de euros".