Siga-nos

Perfil

Expresso

Actualidade

Argentina: Último presidente da ditadura condenado a 25 anos de prisão

Buenos Aires, 21 abr (Lusa) - O último dos militares que dirigiram a Argentina em regime de ditadura, entre 1976 e 1983, Reynaldo Bignone, de 82 anos, foi hoje condenado a 25 anos de prisão por vários crimes contra a humanidade, como raptos e tortura de presos políticos.