Siga-nos

Perfil

Expresso

FB Instant Articles

PSD-Lisboa: “Um ato criminoso para a cidade”

Em reação à decisão do tribunal arbitral, Mauro Xavier, líder da concelhia do PSD, considera que se trata de um “desastre” para Lisboa. “Com as obras farónicas em curso, mais estes 138 milhões, a cidade vai ficar endividada nos próximos 10 anos”

"Hoje o PSD percebe para o que foi o brutal aumento de impostos para os lisboetas iniciado no orçamento de 2015", afirma ao Expresso Mauro Xavier, presidente da concelhia social-democrata da capital.

Em declarações ao Expresso, Xavier usa termos particularmente duros, e pouco habituais, para avaliar o comportamento da Câmara de Lisboa no acordo com a Bragaparques, que dei-xou de fora questões agora dirimidas pelo tribunal arbitral.

"Foi um ato de má gestão, uma péssima negociação e um ato criminoso para cidade. Com as obras faraónicas em curso, mais o custo destes 138 milhões de euros, Lisboa vai ficar endivi-dada nos próximos 10 anos", diz o líder da concelhia do PSD.

"Fernando Medina faz mal à cidade", afirma Mauro Xavier. "Andavam a apregoar aos lisboetas que a Câmara é de contas certas, mas isso não é verdade, pois agora temos um desastre", conclui.