16 de abril de 2014 às 16:12
Página Inicial  ⁄  Atualidade / Arquivo   ⁄  Falso alarme de terrorismo fecha auto-estrada em Londres

Falso alarme de terrorismo fecha auto-estrada em Londres

Atos suspeitos num autocarro que obrigaram as autoridades inglesas a encerrar a auto-estrada M6, perto de Birmingham, não passaram de falso alarme.
Polícia cortou a auto-estrada onde se encontrava o autocarro Polícia cortou a auto-estrada onde se encontrava o autocarro

O autocarro que foi interceptado pelas autoridades inglesas na auto-estrada M6, perto de Birmingham, afinal não continha quaisquer materais perigosos, revelou a polícia de Sttafordshire à BBC.

"Podemos confirmar que ninguém ficou ferido e que não há qualquer perigo para os passageiros ou para os veículos que passaram pelo local. Não estamos a considerar nenhum indíviduo como suspeito".

Depois de serem retirados do autocarro, os passageiros foram interrogados pela polícia, mas ainda não se sabe o que terá estado na origem da denúncia de um ato suspeito.

A polícia tinha sido avisada que um dos 48 passageiros do autocarro da companhia Megabus - que seguia de Preston para Londres - tinha vertido um líquido num recipiente que terá provocado fumos no interior da viatura, lançando o pânico.

Vários quilómetros de fila formaram-se à entrada da auto-estrada, mas a via entretanto já foi reaberta.

Polícia prende seis pessoas por alegada atividade terrorista


Também hoje, cinco homens e uma mulher foram detidos em Londres por alegada atividade terrorista, mas as detenções não estarão relacionadas com o incidente na auto-estrada M6 - nem com os Jogos Olímpicos, informou a Scotland Yard, que qualificou a operação de "importante".    Os detidos, alguns de nacionalidade britânica, foram levados a uma esquadra de polícia do leste de Londres depois de serem detidos numa operação que contou com a participação dos serviços secretos do Reino Unido.    A polícia indicou que o caso está relacionado com um complô para atacar o território britânico, mas não especificou os potenciais alvos dos terroristas. Segundo a BBC, crê-se que os detidos poderiam pertencer a algum grupo de terrorismo islâmico. 

Suspeitos têm entre 18 e 30 anos


As seis pessoas, que têm entre 18 e 30 anos, foram presas em vários locais da capital britânica e as forças de segurança tem referenciado oito casas no leste, oeste e norte de Londres.    Segundo a polícia, um homem de 29 anos foi preso numa rua do oeste de Londres, outro homem, de 21 anos, e uma mulher de 30 anos foram detidos nas suas respetivas casas no oeste da capital. Três rapazes, de 18, 24 e 26 anos, foram presos numa casa no leste da capital britânica.    Os agentes utilizaram uma arma taser (que lança descargas elétricas) para forçar a detenção do homem de 24 anos.    As forças policiais reforçaram a segurança em Londres antes dos Jogos Olímpicos e dos Jogos Paralímpicos, que começam no final deste mês.
Comentários 0 Comentar
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub