Facebook compra Face.com

Mark Zuckerberg voltou a abrir os cordões à bolsa e comprou a startup Face.com por um valor que pode ter chegado aos 100 milhões de dólares. Segundo rumores que remontam a 2011, o Facebook já usava os algoritmos da startup para o reconhecimento facial das fotos partilhadas na rede.

|
Facebook compra Face.com

É oficial. O Facebook comprou a Face.com, uma startup cujo site e aplicação (KLIK) permitem fazer o reconhecimento facial. O que não é oficial é quanto a empresa de Mark Zuckerberg terá desembolsado. Fala-se em 100 milhões de dólares, mas ainda nenhuma das partes confirmou o valor, apesar de a compra ter sido anunciada no blogue oficial da Face.com.

Esta era uma compra que Zuckerberg já tinha tentado anteriormente, mas sem sucesso. No entanto, desde 2011 que existem rumores de que o Facebook usa os algoritmos da Face.com para fazer o reconhecimento facial de fotografias partilhadas na rede. Por outro lado, e tendo em conta que o Facebook já registara a marca Face, faz todo sentido ser dona do domínio Face.com.

Trata-se de mais uma compra de peso feita pelo Facebook, a juntar à recente aquisição da aplicação de fotografia Instagram, pelo incrível valor de mil milhões de dólares. É de salientar o que estas compras têm em comum: ambas são compras por inteiro de aplicações móveis ligadas à fotografia, o que parece dar a entender que o Facebook está interessado em reforçar a sua área móvel e capacidades fotográficas, dois dos problemas que lhe são mais comummente apontados.