Anterior
BCP não quer Estado como acionista
Seguinte
AMI lança marca de produtos alimentares SOS Pobreza
Página Inicial   >  Economia  >   Ex-sócio de secretário de Estado lidera empresa que gere rendas sociais

Ex-sócio de secretário de Estado lidera empresa que gere rendas sociais

Norfin pertence a gestor que ajudou a lançar ex-empresa do secretário de Estado-adjunto do primeiro-ministro e gere o Campus de Justiça.
|

A sociedade escolhida pelos bancos que aderiram ao programa Mercado Social de Arrendamento para gerir o fundo Solução Arrendamento - a Norfin - é presidida por João Brion Sanches, ex-sócio do atual secretário de Estado-adjunto do primeiro-ministro, Carlos Moedas.

Miguel Pais do Amaral, Alexandre Relvas e Filipe de Botton, que lideram a Logoplaste e são sócios não-executivos da Norfin, também ajudaram Carlos Moedas a criar a Crimson Investment Management, em 2008, que hoje tem uma atividade diferente e é 100% detida pela mulher do governante, Céline Abecassis-Moedas.

Com escritórios em Lisboa e Madrid, a Norfin dedica-se à gestão de ativos e fundos imobiliários e tem cerca de mil milhões de euros sob gestão.

O Solução Arrendamento tem um ativo de 72 milhões de euros, a que correspondem já 613 imóveis escriturados.

Leia mais na edição do Expresso deste sábado, dia 30 de junho


Escolha uma das opções para ler o artigo inteiro


Compre o Expresso na banca
Assine o Expresso no site
Aceda ao Expresso no iPad

Opinião


Multimédia

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.


Comentários 73 Comentar
ordenar por:
mais votados
Mudança de fisionomia
www.youtube.com/watch?v=8rqXzIK3O9A
Re: Mudança de fisionomia
Re: Mudança de fisionomia
Re: Mudança de fisionomia
Re: Mudança de fisionomia
Re: Mudança de fisionomia
Re: Mudança de fisionomia
Re: Mudança de fisionomia
Re: Mudança de fisionomia
Re: Mudança de fisionomia
Re: Mudança de fisionomia
Re: Mudança de fisionomia
Re: Mudança de fisionomia
Desilusões
O eleitor, esperançado, ainda tenta conservar a ilusão de que os próximos serão melhores. Farto de histórias de compadrio e vigarice, muda de clube, a ver se é desta que aparece gente séria, que conduzam isto com uma certa decência.

Depois aparecem histórias destas e lá vem o balde água fria, obrigá-lo a pôr os pés no chão e a concluir que só mudam as moscas, o produto é o mesmo.

Triste sina, viver num país de esfomeados por dinheiro, que rapam tudo e não deixam nada, como diria Zeca Afonso......
Re: Desilusões
Cambada de alcoviteiras!
ex-socio-de-secretario-de-estado-lidera-empresa
O Expresso parece estar a acordar de uma nostalgia que começava a irritar alguns, que queriam um jornal mais activo e não amorfo, mas que se encontrava partidarizado. Este jornal tem responsabilidades das quais não se pode alhear. Seja qual for a cor no governo, o Expresso deve dar a arroxada onde o burro cai. Foi assim em tempos que já lá vão e ainda lembro o tempo em que era primeiro ministro Balsemão, ser aquele que mais o criticava, não por esse facto, mas porque tinha razões para o fazer. O fato de primeiro ministro não lhe ficava bem e cada um é para o que nasce, mas não deixa de ser um dos portugueses a quem o País mais deve, mas também a democracia e a liberdade. Não defender estes princípios é um atentado à sua pessoa e ao Expresso não o fazer é não cumprir aquilo pelo qual nasceu. Este governo já teve tempo que chegue para provar o que vale e do que é capaz e até ao momento tem sido uma desilusão para todos aqueles que acreditaram nas mentiras e promessas que lhe foram ditas. Espero que a Comunicação Social comece a cumprir o seu dever e antes de olhar à cor que olhe para o sofrimento dos portugueses e acima de tudo que não se iniba de criticar o que está mal, evitando assim que o País se continue a afundar e o povo a caminhar para a miséria.

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/06/transparencia-carlos-moedas.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/06/familias-falham-pagamentos-de-800.html

Re: ex-socio-de-secretario-de-estado-lidera-empres
Re: ex-socio-de-secretario-de-estado-lidera-empres
Re: ex-socio-de-secretario-de-estado-lidera-empres
Mudança de lentes
toni deixou de fazer greve
Re: toni deixou de fazer greve
Re: ex-socio-de-secretario-de-estado-lidera-empres
Re: ex-socio-de-secretario-de-estado-lidera-empres
Re: ex-socio-de-secretario-de-estado-lidera-empres
Re: ex-socio-de-secretario-de-estado-lidera-empres
Tão diferentes e tão iguais....
Os casos de compadrios, favores vários, cunhas e lobbies neste Governo já cheiram a podre. A imagem que temos de quem nos governa é de facto cada vez negra e o descrédito e a desilusão vai-se instalando nas pessoas, no cidadão comum a quem só são pedidos sacrificios e mais sacrificios quando os exemplos que vêm de quem deveria dar sempre boa imagem são aquilo que vemos. Ele é os sucessivos perdões aos amigos, a Justiça que absolve os memsos sempre da mesma côr, ele é o ministro Miguel Relvas que parece que tem 4 motoristas, isso mesmo estão a ler bem, 4 motoristas e um deles contrato por ajuste direto pelo próprio ministro e que ganha 70.000€ ano!!! Enfim para quando a revolta deste povo? Se fosse na Grécia, em Espanha ou em Itália já tinha havido muitas mortes e muito sangue. Mas neste jardim á beira mar nada se passa porque o povo está adormecido. E eles, os políticos aproveitam bem a mansidão deste povo para irem roubando, pilhando e vendendo o País por grosso e a retalho conforme lhes convém. Não passaremos nunca do povo da sardinha assada e do bacalhau á brás. Que País vou eu deixar para o meu filho? Dá-me náuseas tudo isto....perdoem-me a franqueza mas só temos vontade de fugir!
Nunca fui comunista e nunca serei
Tenho sido um crítico acérrimo sobretudo das arruaças promovidas pelo braço armado do PCP.

Porém, perante o quadro dramático a que assistimos diariamente como o aumento do desemprego para números nunca antes pensados, o aumento da fome e da miséria a um ritmo galopante... não deixo de reconhecer que os deputados do PCP são aqueles que ainda vão lutando - e ficando a falar sozinhos - pelos interesses do povo. Serão honestos (entre os políticos portugueses tenho dúvidas de que haja algum honesto) ? Já nem me interessa, a verdade é que são os únicos que lutam perante a passividade de uma população que é tratada pelo governo pior do que animais e que nem resiste! O que se vai lendo nos comentários produzidos neste jornal é sintomático... a culpa é do Sócrates e do PS (a intoxicação - propaganda - funciona), estes que lá estão, há já um ano, são uns anjos apesar de lançarem o caos no país.
Trapalhices e trapalhões
Estes governantes bem anunciaram, aliás anunciam todos, serem diferentes, só não disseram que era para pior, muito pior do que os antecessores, dando continuidade à regra de sermos conduzidos por trafulhas e trapalhões.
Re: Trapalhices e trapalhões
VÃO PARA A POLITICA PARA SUGAR O POVO E SE SEVIREM
Os casos graves são diários há decadas ... muitos vão para deputados e montam logo escritório e sociedades de advogados etc. etc.
Vão para a politica para sugar o povo e se servirem, a eles, as empresas, familias e amigos ...
Isto assim é desde o feudalismo ...
Só com um tsunami ou kamikazi ...
É SÓ MAFIAS, CORRUPÇÃO, LOBYS, TRAFICO DE INFLUÊNCIAS, CUNHAS, E MUITO MAIS ... SEJA NA POLITICA, FUTEBOL, EMPRESAS ETC. ETC.
NÃO HÁ SOLUÇÃO PARA O PAÍS COM ESTAS CLASSES POLITICAS E DE MAL FEIORES E ASSIM É HÁ MUITAS DECADAS ... ISTO SÓ À PAULADA É QUE PODE LEVAR UM RUMO DE DIGNIDADE, HUMANISMO, MORAL E ÉTICA, POIS OS DESTE TIPO, SÃO POUQUISSIMOS E MUITO RAROS, INFELIZMENTE ...
DEPOIS E PARA SUSTENTYAR TUDO ISTO, MAIS E MAIS IMPSOTOS E AS VERGONHOSAS E IMORAIS REDUÇÕES DE SALÁRIOS, PENSÕES, SUBSIDIOS DE FÉRIAS E DE NATAL DE QUEM TRABALHOU E DESCONTOU UMA VIDA X 14 MESES, MÊS A MÊS ...
ENFIM SÓ IMORALIDADE, DIVERSAS REFORMAS, QUANDO DEVIAM DE TER UMA REFORMA AO FIM DE NO MINIMO 600 MESES DE DESCONTOS E NINGUEM SE PODER REFORMAR SEM ATINGIR ESSE LIMITE, SEJAM COM FOR, MESMO OS POLITICOS, AUTARCAS E GESTORES PUBLICOS E PRIVADOS ...
PESSOAS QUE NUNCA DESCONTARAM REFORMADAS, OUTRAS QUE SÓ DESCONTAM 15 ANOS E SUSPENDEM DESCONTOS À ESPERA DOS 65 ANOS ... OUTROS REFORMADOS COMO INVALIDOS E QUE CONTINUAM A TRABALHAR E A PREJUDICAR QUEM QUER TRABALHAR ETC. ETC.
VERGONHA DE GENTE E DE PAÍS ...
cedo ou tarde, a corda vai partir
Promiscuidade, nepotismo e tráfico de influências. E ainda há quem ache isto normal, acusando o Expresso de má-língua. Se o Expresso peca é por defeito, não por excesso.
CONJUGAÇÃO DO VERBO GAMAR ... NO PORTUGAL ESPECIAL
Pretérito perfeito composto
ele tem gamado
vós tendes gamado
eles têm gamado

Pretérito perfeito simples
vós gamastes
eles gamaram

    Presente
ele gama
vós gamais
eles gamam
PS/PSD
O CHEIRO É DIFERENTE MAS O CONTEÚDO É IGUAL
Ângelo Correia
Está nas movimentações.
DIZ-ME
com quem andas e direi quem és.
É tudo tão previsível que nem vale a pena argumentar.
Quem poder que fuja aos impostos pois não são para a recuperação da economia nacional mas para os bolsos de quem nós sabemos.
lol
Negociatas? Nós? Nós somos diferentes dos outros, nós sabemos ao que vamos!! Muitos de nós sempre soubemos ao que vós iam!!
O Expresso continua a ser um jornal de referência!
Li a notícia e pergunto-me o que pretende o jornalista. Certamente dirá que pretende informar. Eu só posso entender que pretende enviesar. Ainda com pouco sucesso porque só houve 3 comentários do tipo pretendido. Em boa verdade não é de hoje que o Expresso está a mudar. Já tem bastante tempo. O jornalismo de referência para o Expresso está algures no Correio da Manhã. É uma pena.
Re: O Expresso continua a ser um jornal de referên
Re: O Expresso continua a ser um jornal de referên
o expresso passou a ser um candidato a pasquim..
Salazar
voltaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
Re: Salazar
Re: Salazar
Comentários 73 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub