16 de abril de 2014 às 23:53
Página Inicial  ⁄  Atualidade / Arquivo   ⁄  EUA: os anúncios durante o maior espetáculo desportivo

EUA: os anúncios durante o maior espetáculo desportivo

Carros, bebidas, trailers e aperitivos atingiram recordes de audiência. Foram estes os temas principais dos 66 anúncios exibidos durante o Super Bowl, o maior evento desportivo nos Estados Unidos. Veja os anúncios que por cada 30 segundos, custaram 2,2 milhões de euros.
Jorge Fonte (www.expresso.pt)

No passado domingo realizou-se a 45ª edição do Super Bowl, o maior evento desportivo dos EUA, que coloca frente a frente as duas melhores equipas de futebol americano. Este ano voltou a ser batido o record da audiência: 111 milhões de telespectadores viram a partida .

O jogo decorreu no Texas, estado onde existe o ditado "tudo é maior no Texas", mas que se adequa perfeitamente ao Super Bowl, onde cada marca teve de pagar entre 2,5 a 3 milhões de dólares (cerca de 1,8 a 2,2 milhões de euros).

O preço poderia afastar algumas marcas, mas a audiência compensará o investimento. Foram ocupados 66 blocos publicitários, a maioria de 30 segundos, mas por exemplo a Chrysler comprou dois minutos para o mesmo anúncio.

Tendo em conta o público, maioritariamente masculino, as marcas pareceram querer valer os estereótipos. Isto porque grande parte da publicidade consistiu em anúncios a bebidas, carros, trailers de filmes e aperitivos.

Os anúncios foram exibidos durante os quatro períodos de jogo entre os "Green Bay Packers e os Pittsburgh Steelers, onde a equipa de Green Bay venceu pela quarta vez o Super Bowl ".

Veja a seguir alguns dos melhores anúncios, bem como a lista completa dos 66 exibidos, a preço de ouro, publicada na revista "Time ".


Doritos

Exibido ainda no primeiro período de jogo, este anúncio mostra que os aperitivos Doritos podem ser revitalizadores. Talvez até demasiado.


Volkswagen

A marca alemã de automóveis mostra que a Força está presente, até nos mais pequenos Darth Vader.


E-Trade

O bebé e-Trade já é conhecido. No domingo apareceu com o seu alfaiate, que parece ser italiano.


Stella Artois

Adrien Brody, vencedor de um Óscar, canta elegantemente para uma plateia de mulheres, mas quem parece ser o alvo do ator é a cerveja belga Stella Artois. Talvez não seja a melhor forma de vender a cerveja ao público feminino.


Chrysler

Com dois minutos, o anúncio da marca de automóveis norte-americana, foi o que teve maior tempo de exibição. A Chrysler mostra orgulho nas suas origens em Detroit, mas foi o segundo anúncio de fabricantes de automóveis a enaltecer o facto de produzirem nos EUA. A primeira, estranhamente, foi a não tão americana, BMW.



NFL

Este foi um prémio para os fãs do futebol americano. A NFL exibiu vários momentos de séries emblemáticas desde "Quem Sai aos Seus", "Seinfeld", "Alf" até à mais recente "Os Sopranos", mas com as imagens alteradas com símbolos deste desporto


Coca-Cola

A Coca-Cola parece conseguir unir, mesmo que por momentos, até estes dois inimigos que guardam uma fronteira.


Chevrolet

Este é um meta-anúncio a um carro onde ouvimos as vozes de dois "criativos" a imaginarem como poderão fazer o anúncio. Assim, "naquele deserto" surge o Chevrolet Camaro a alta velocidade, conduzido por "uma mulher. Uma boa, totalmente boa. Que é loira... ou talvez ruiva". É preciso lembrar que o anúncio não é real... apenas está a ser imaginado.

Comentários 0 Comentar
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub